BUSCAR
BUSCAR
Bell’s Beach
Potiguar Ítalo Ferreira vence pela primeira vez etapa do Mundial de Surfe
Ítalo derrubou cada adversário sem deixar dúvidas: Filipe Toledo, Ezequiel Lau, Gabriel Medina, até o último confronto, justamente diante do maior ídolo australiano Mick Fanning
Estadão
05/04/2018 | 08:49

Ítalo Ferreira encarou as direitas como se estivesse no quintal de sua casa em Baía Formosa, no Rio Grande do Norte. Derrubou cada adversário sem deixar dúvidas: Filipe Toledo, Ezequiel Lau, Gabriel Medina… até o último confronto, justamente diante do maior ídolo australiano e em semana de festa e reverência.

A despedida de Mick Fanning das competições já estava anunciada. Todos esperando uma aposentadoria com título, e ele não decepcionou. Chegou na decisão, deixou escapar por muito pouco o 5º sino de sua galeria, mas outra vez encheu os australianos de orgulho. O longo abraço no brasileiro ainda no mar, foi mais um gesto de grandeza e respeito do tricampeão mundial.

Com a primeira conquista na carreira, Ítalo Ferreira pulou para a co-liderança do ranking e quem conhece a fome do potiguar, não duvida: ele vai atrás do título mundial.

E como foram os outros brasileiros em Bell’s?

Ian Gouveia – Ainda não soltou seu melhor surfe em 2018 e parou pela segunda vez na repescagem

Yago Dora – Um pouco tímido na divisão de elite. Sem soltar as manobras, perdeu para Conner Coffin por apenas 0,1 e terminou de novo em 25º lugar

Caio Ibelli – Foi uma das vítimas dos confrontos entre brasileiros. Perdeu para Willian Cardoso e ficou muito longe de repetir a campanha do vice-campeonato em 2017

Michael Rodrigues – Outro eliminado em um duelo verde e amarelo. Depois das quartas de final na etapa de abertura em Snapper Rocks, não passou do round 2

Thomas Hermes – Após o terceiro lugar na estreia no WCT, não se encontrou nas direitas e acabou eliminado pelo australiano Wade Carmichael

Jesse Mendes – Chegou na fase 3 pela primeira vez na temporada, mas parou no gigante Owen Wright

Adriano de Souza – Saiu de Bell’s decepcionado. Fez confronto equilibrado no round 3 e acabou eliminado por Conner Coffin em uma decisão duvidosa dos juízes

Willian Cardoso – Provou mais uma vez que merece estar na elite. O estilo com manobras pesadas do Panda só não foi além da 13ª colocação porque encontrou Gabriel Medina pelo caminho

Filipe Toledo – Deu show como sempre. Mas na bateria mais comentada da competição, não conseguiu parar Ítalo Ferreira

Gabriel Medina – Disse que depois de vários anos, enfim entendeu a onda de Bell’s. Chegou na semifinal, conseguiu o melhor resultado da carreira por lá e pulou para o 7º lugar no ranking

Brilho verde e amarelo também no feminino. Silvana Lima foi até a semifinal e ocupa a 7ª posição na temporada após duas etapas. Filha de brasileira com um havaiano, Tatiana Weston-Webb ficou com o vice, atrás da australiana Stephanie Gilmore, nova líder do ranking.

Próxima parada do tour: Margaret River, de novo na Austrália, a partir do próximo dia 11.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.