BUSCAR
BUSCAR
Confirmado
Muralha deixa o Flamengo e é emprestado a time da 2ª divisão japonesa
Seus representantes e o clube da Gávea acertaram um empréstimo de 11 meses com o clube japonês, que irá até o dia 1º de fevereiro de 2019
ESPN
23/01/2018 | 15:30

O goleiro Alex Muralha defenderá o Albirex Niigata, do Japão, na temporada 2018. A informação foi confirmada nesta segunda-feira pelo Flamengo, em sua conta oficial no Twitter.

Seus representantes e o clube da Gávea acertaram um empréstimo de 11 meses com o clube japonês, que irá até o dia 1º de fevereiro de 2019. Os asiáticos possuem a opção de compra ao final do vínculo.

O jogador tem contrato com o Rubro-Negro até o final de 2020.

O empresário de Muralha, Alexandre Aki, voltou recentemente da Ásia, onde acertou os detalhes da negociação, que foi fechada nesta semana, no Brasil, com o Flamengo e diretores do Albirex, que estão no Rio de Janeiro.

O clube disputará a J. League 2, a segunda divisão nacional, neste ano.

Os trâmites quanto a passaporte e visto de trabalho já estão sendo realizados. Muralha viajará a Niigata no dia 5 de fevereiro para assinar contrato e fazer os exames médicos.

Até lá, Muralha continuará treinando normalmente com o grupo rubro-negro na Gávea.

Pelo Flamengo, Muralha fez 77 jogos, mas conviveu com as críticas e as incertezas no clube. No fim do ano passado, ele chegou a falhar duas vezes na derrota contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro, provocando a ira da torcida.

O jogador, que foi campeão carioca em 2017, foi titular na final da Copa do Brasil e caiu sempre para o mesmo lado nos pênaltis, o que ele revelou mais tarde ter sido uma estratégia combinada com seu preparador.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.