BUSCAR
BUSCAR
Destaque
Lutador potiguar André ‘Caverna’ vence Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu na Bahia
André lutou contra três competidores brasileiros, sagrando-se campeão na categoria até 76kg. Essa é a primeira vez que o lutador potiguar vence um campeonato mundial
Redação
11/06/2018 | 12:12

O lutador potiguar André Marques, mais conhecido como André Caverna venceu o Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu promovido pela Federação Internacional de Jiu-Jitsu Desportivo (FIJJD) em Feira de Santana, no Estado da Bahia. A competição foi realizada no último fim de semana (9 e 10) e trouxe para o Brasil atletas de vários países.

André lutou contra três competidores brasileiros e venceu todos eles, sagrando-se campeão na categoria até 76kg no jiu-jitsu sem kimono (No-Gi). Essa é a primeira vez que o lutador potiguar vence um campeonato mundial.

“No ano passado eu também disputei essa mesma competição e saí nas quartas de final. Dessa vez consegui bater todos os oponentes e saí daqui com meu primeiro título mundial nas mãos. É uma felicidade muito grande para mim, fruto de todo um trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo dos anos com a Família Caverna”, disse o lutador.

O lutador potiguar de 22 anos também tem em seu currículo o Campeonato Brasileiro Região Nordeste de Jiu-Jitsu, disputado em outubro do ano passado, em Campina Grande, e promovido pela Federação Internacional de Jiu-jitsu Desportivo (FIJJD) e Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Desportivo (CBJJD).

A próxima meta do atleta é vencer o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu em setembro próximo, no Estado de São Paulo. Para isso ele busca patrocinadores que possam ajudá-lo com as despesas da competição.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.