BUSCAR
BUSCAR
Confusão
Justiça decreta prisão preventiva de 3 torcedores uruguaios por briga
Torcidas de Flamengo e Peñarol, do Uruguai, se confrontaram antes do jogo entre os dois times pela primeira fase da Copa Libertadores da América
Agência Brasil
04/04/2019 | 13:56

O Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos do Rio de Janeiro decretou a prisão preventiva de três dos 14 uruguaios presos na quarta-feira, 3, depois de briga com torcedores do Flamengo, na zona sul da cidade.

As torcidas de Flamengo e Peñarol, do Uruguai, se confrontaram antes do jogo entre os dois times pela primeira fase da Copa Libertadores da América.

Gianfranco Steffano, Dennis Oscar Viega Gonzalez e Fernando Segundo Carreño Tucce foram enquadrados no crime de lesão corporal com risco de morte.

Os outros 11 presos em flagrante foram apenas afastados do estádio por promover tumulto e praticar violência.

A audiência dos 14 torcedores do Peñarol com o juiz Mario Cunha Olinto Filho só terminou às 6h20 desta quinta e contou com a presença do cônsul do Uruguai, Jorge Luis Pouy.

Durante a briga, um torcedor do Flamengo, Roberto Almeida, foi ferido na cabeça e internado em estado grave no Hospital Municipal Miguel Couto.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.