BUSCAR
BUSCAR
Solto
Conor McGregor paga fiança estipulada em US$ 50 mil e responderá em liberdade
Treinador de jiu-jítsu do irlandês, Dillon Danis efetua o pagamento no valor de US$ 50 mil. Campeão do UFC não precisará deixar o passaporte e pode retornar ao seu país
Combate.com, Nova York, EUA
06/04/2018 | 18:40

Conor McGregor foi levado para a Brooklyn Criminal Courthouse, nesta sexta-feira, para responder pelo crime de vandalismo (e três infrações de agressão) – que protagonizou, ao lado de cerca de dez amigos, na quinta-feira, quando quebrou o vidro do ônibus do UFC ao arremessar um carrinho de carga, ferindo os atletas Michael Chiesa e Ray Borg. A fiança do irlandês, estipulada em US$ 50 mil (cerca de R$ 168 mil), foi paga pelo treinador Dillon Dannis. “Notorious” não precisará entregar o passaporte e poderá retornar em liberdade ao seu país. Ele tem nova audiência marcada para o dia 14 de junho em Nova York.

Além disso, a corte anunciou o pedido de ordens de proteção nos nomes de Chiesa, Borg, Ozzy Arias e Ricardo Chico, contra McGregor e Cian Cowley, comparsa do irlandês que também se entregou nesta sexta, de acordo com o site “MMA Fighting”. Cowley também foi liberado sob pagamento de fiança no valor de US$ 25 mil (cerca de R$ 84 mil).

O Dia de Fúria de Conor McGregor

A semana de luta do UFC 223 transcorria normalmente, de acordo com a agenda divulgada previamente pela organização, até que Conor McGregor pousou em Nova York e, em um “dia de fúria”, resolveu apimentar, em excesso, a rotina da companhia.

Na tarde de quinta-feira, o campeão linear do peso-leve apareceu no Barclays Center, no Brooklyn, onde minutos antes o Ultimate realizava o “Media Day” e a encarada entre Khabib Nurmagomedov e Max Holloway, então integrantes da luta principal deste sábado, no UFC 223. O irlandês, furioso, procurou o russo – até encontrar o ônibus que transportava os atletas. “Notorious”, sem titubear, arremessou um carrinho de carga, quebrando a janela do veículo, e ferindo Michael Chiesa – que mais tarde seria retirado da luta contra Anthony Pettis devido ao ferimento provocado pelos estilhaços. O peso-mosca Ray Borg, com suspeita de fragmentos de vidros nos olhos, foi levado ao hospital e teve o duelo com Brandon Moreno cancelado. Vale ressaltar que Artem Lobov, adversário de Alex Caceres no evento, estava no grupo de ataque de McGregor, e foi removido do card, assim como seu combate.

– Foi a coisa mais nojenta que já aconteceu na história da companhia (…). Eles abriram a porta por uma entrada, invadiram o edifício, desceram até o estacionamento de cargas onde os lutadores estavam entrando nos ônibus, e começaram o ataque, jogando latas de lixo e coisas assim. Quebraram uma das janelas e cortaram o Michael Chiesa bem feio. Ele cortou a cabeça, cortou o rosto. Rose Namajunas quase foi atingida e está muito chateada agora – ela basicamente saiu e voltou a pé para o hotel. O ataque ainda quebrou uma das juntas dos dedos de um dos nossos funcionários, e obviamente todos fiaram abalados quando 30 bandidos… Esses caras estavam todos cortando peso e se preparando para uma luta – vociferou Dana White.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.