BUSCAR
BUSCAR
Automobilismo
Com pneu furado, Hamilton vence o dramático GP da Inglaterra
Inglês fica a quatro vitórias de igualar recorde de Michael Schumacher; Verstappen e Leclerc completam pódio
Terra
02/08/2020 | 13:43

Em casa, o britânico Lewis Hamilton conquistou a vitória de número 87 de sua carreira, depois de vencer o dramático Grande Prêmio da Inglaterra deste domingo (2). Valtteri Bottas teve um pneu furado na penúltima volta, enquanto caminhava para terminar na segunda posição tranquilamente. Com isso, Max Verstappen assumiu a segunda posição e Charles Leclerc subiu para terceiro, completando o pódio.

Hamilton manteve a liderança depois da largada, enquanto seu companheiro de equipe Valtteri Bottas tentava atacar. Max Verstappen largou em terceiro e perdeu a posição para Leclerc, mas recuperou a posição na curva seguinte. Carlos Sainz largou bem e assumiu a quinta posição, superando Lando Norris e Lance Stroll.

Na volta 50, das 52 programadas para o GP da Inglaterra, tudo indicava que os mesmos cinco primeiros terminariam nas posições que ocupavam já na primeira volta. Mas não aconteceria bem assim.

A corrida acontecia de certa forma tranquila até as últimas voltas, apesar dos dois Safety Car causados pelos fortes acidentes de Kevin Magnussen (Haas) e Daniil Kvyat (AlphaTauri). Mas com a degradação alta dos pneus em Silverstone, se tornaria dramática em seus últimos momentos.

Bottas foi o primeiro a ter um pneu furado. O finlandês da Mercedes tentou a estratégia de trocar para os macios e tentar a volta mais rápida da corrida. Mas não deu certo. Enquanto todos apostavam em uma dobradinha da Mercedes, Bottas foi visto se arrastando pela pista com o dianteiro esquerdo estourado e foi superado pelo grid. No fim, Bottas terminou na P11.

Hamilton, protagonista da temporada até agora, também protagonizou o final emocionante corrida – e dessa vez, não pela vitória. Na última volta, com uma vantagem de mais de 30 segundos para o segundo colocado Verstappen, o pneu do W11 de Hamilton estourou. O britânico ainda conseguiu se arrastar até a linha de chegada e recebeu a quadriculada “apenas” 5,8s à frente do piloto da Red Bull.

Carlos Sainz foi outro que teve seu pneu furado nas voltas finais. O espanhol largou em sétimo e assumiu a quinta posição na largada, superando Lance Stroll e Lando Norris. Com o furo no pneu, Sainz terminou a corrida apenas em 13º.

Daniel Ricciardo foi o quarto colocado, à frente de Norris. Ocon, Gasly, Albon, Stroll e Vettel completaram os dez primeiros.

Confira o resultado final do GP da Inglaterra de F1:

1) Lewis Hamilton (Mercedes)
2) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
3) Charles Leclerc (Ferrari)
4) Daniel Ricciardo (Renault)
5) Lando Norris (McLaren/Renault)
6) Esteban Ocon (Renault)
7) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda)
8) Alexander Albon (Red Bull/Honda)
9) Lance Stroll (Racing Point/Mercedes)
10) Sebastian Vettel (Ferrari)
11) Valtteri Bottas (Mercedes)
12) George Russell (Williams/Mercedes)
13) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault)
14) Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
15) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)
16) Romain Grosjean (Haas/Ferrari)
17) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
OUT) Daniil Kvyat (AlphaTauri/Honda)
OUT) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
OUT) Nico Hülkenberg (Racing Point/Mercedes)

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.