BUSCAR
BUSCAR
Retorno
Campeonato Carioca pode retornar esta semana com jogo do Flamengo; Flu e Botafogo contestam
Retorno está agendado para a quinta-feira (18) e primeira partida de retorno seria entre Flamengo e Bangu
Redação
16/06/2020 | 09:31

As expectativas de retorno do Campeonato Carioca estão cada vez mais fortes. Isso porque, após uma reunião de mais de oito horas realizada na tarde da última segunda-feira (15), entre os clubes do Rio e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), a maioria dos presentes concordou que o Estadual 2020 retorne na próxima quinta-feira (18). No entanto, eles ainda precisam da autorização do governo para realizar esta volta. A primeira partida de retorno seria entre Flamengo e Bangu.

“Todos os presentes debateram, democraticamente, as sugestões das datas de reinício da Taça Rio, a ser iniciada após aval oficial do governo. Caso este não venha até o dia 17, assim que acontecer a Taça Rio será retomada no dia seguinte”, disse a Ferj, através de um post em seu Instagram.

O Estadual 2020 ficou paralisado, por causa da pandemia do novo coronavírus. Na realidade, o futebol nacional sofreu essa paralisação, já que a ideia para evitar a proliferação da doença era evitar aglomerações e manter, pelo menos, dois metros de distância de qualquer outra pessoa, o que não ocorre no futebol, que é um esporte de mais contato.

Na reunião com os clubes, a Ferj estimulou futuras datas para caso o governo confirme que o esporte poderá voltar a ser realizado já amanhã (17). Os primeiros dois clubes que se enfrentariam, segundo a entidade, seriam Flamengo e Bangu e a partida poderia ocorrer já na próxima quinta-feira (18). Vale lembrar que o Rubro-Negro foi um dos primeiros times a retornar aos treinos no CT e, por isso, pode estar em condições físicas para o desafio.

Os próximos jogos estipulados pela Ferj seriam Portuguesa x Boavista para o dia 19 (sexta), Vasco x Macaé e Madureira x Resende no dia 21 (sábado), e Fluminense x Volta Redonda e Botafogo x Cabofriense no dia 22 (domingo).

No arbitral também foram aprovadas mudanças para caso o esporte retorne. Por exemplo, agora os times poderão realizar até cinco substituições nas partidas, antes só podiam ser três, além disso, serão permitidos 12 atletas amadores, antes eram apenas quatro, e o atleta poderá defender um time mesmo já tendo disputado o Estadual 2020 em outro.

Além desses assuntos, segundo a Ferj, foram discutidos temas como: o atestado de saúde da delegação dos clubes, ideias do Torneio Extra, inscrição e registro dos atletas, assuntos sobre a conclusão do grupo Z e temas sobre partidas complementares do Campeonato Carioca.

Clubes que eram contrários ao retorno da competição como Botafogo e Fluminense permaneceram com seus posicionamentos durante a reunião e avaliaram que ainda não é o momento para o retorno das atividades, que a data ideal para isso seria em julho. No entanto, segundo o site Uol, os clubes pensaram e resolveram ceder um pouco de sua decisão e admitiram que poderiam voltar a jogar ainda no dia 29 deste mês.

Vale lembrar que o elenco do Botafogo realizou os testes do coronavírus na última semana, mas o clube ainda não voltou aos treinos. No entanto, o Tricolor carioca pretende realizar os testes nesta terça-feira (16).

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) já havia informado que a competição só poderia retornar com condições específicas para evitar a proliferação do coronavírus. A competição, por exemplo, deveria seguir as fases da curva de contágio da pandemia.

Na nota sobre o tema, o  presidente da FERJ, Rubens Lopes, afirmou que “não abre mão dos pilares preservação da saúde individual e coletiva e contribuir ao combate à disseminação da COVID-19; obediência às determinações das autoridades; e observância do Protoloco rigoroso e técnico com bases científicas”.

A ideia de que o campeonato retorne coincide com a fase 2 do projeto de flexibilização do isolamento social proposto pela Prefeitura do Rio, que permite que as partidas voltem, em um primeiro momento, sem a presença da torcida. Segundo o protocolo feito pela Ferj e pelos clubes para que esse retorno ocorra, o “Jogo Seguro”, a ideia é que os jogos inicialmente só retornem no Maracanã, Nilton Santos e São Januário.

De acordo com o prefeito do Rio Marcelo Crivella, nesta quarta-feira (17) será organizada uma reunião para definir ou não se o Carioca 2020 deve retornar. É a partir desta reunião que os clubes esperam um aval do governo para continuar a competição.

Vale lembrar que quando o Carioca foi paralisado, no dia 16 de março, ainda faltavam duas partidas do segundo turno da competição, a Taça Rio, e os jogos finais da competição. O Fluminense foi o time que mais conseguiu se destacar na competição como um todo, obtendo 24 pontos. O Flamengo, no entanto, foi o clube que conseguiu vencer a Taça Guanabara, a primeira fase da competição.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.