BUSCAR
BUSCAR
Números

Setor hoteleiro registra 93% de ocupação durante o Carnaval

No ano passado, a capital potiguar registrou 84% de preenchimento dos leitos, enquanto Pipa teve ocupação média de 70%
Por Redação
03/03/2017 | 08:06

O Carnaval de 2017 foi, de modo geral, positivo para os setores hoteleiro e de bares e restaurantes no Rio Grande do Norte. De acordo com informações preliminares divulgadas pela ABIH-RN (Associação Brasileira de Indústria de Hotéis do RN), a ocupação em Natal durante os dias de folia foi de, em média, 93%. Na Praia de Pipa, segundo destino turístico mais procurado do estado, a ocupação chegou a 83%.

O resultado supera a ocupação registrada nos dois pólos no mesmo período de 2016. No ano passado, a capital potiguar registrou 84% de preenchimento dos leitos, enquanto Pipa teve ocupação média de 70%.

Setor hoteleiro registra 93% de ocupação durante o carnaval

A Associação credita os bons índices ao trabalho de divulgação efetuado pela iniciativa privada em parceria com o Poder Público em outras cidades do país e também no exterior. Além disso, segundo a ABIH-RN, a implantação de diversos pólos de cultura e atividades de lazer durante os dias de festa na capital potiguar motivou a vinda de turistas para a cidade, representando ganhos para o setor hoteleiro. Natal tem cerca de 30 mil leitos para hospedagem.

Em relação ao comércio e especificamente ao setor de bares e restaurantes, ainda não há balanço nem estimativas oficiais, mas a avaliação geral é de que o período também foi proveitoso para esses segmentos.

Para Max Fonseca, presidente da Abrasel/RN (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do RN), a vasta programação cultural montada na capital do estado não só atraiu turistas para Natal como também inibiu a saída de natalenses da cidade. “Quem montou seu negócio próximo aos pólos de Carnaval organizados pela prefeitura teve um resultado bastante positivo”, ressalta.

A opinião é compartilhada por Afrânio Miranda, presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas. Segundo ele, o fato de o carnaval natalense ter ganhado fôlego nos últimos anos beneficiou o comércio de modo geral. “Por causa disso, muitos natalenses deixaram de viajar e ficaram na cidade. Isso certamente beneficiou o comércio, notadamente o turismo e o setor de bares e restaurantes. O dinheiro permaneceu na cidade e vai circular aqui”, destaca.

A CDL Natal divulgou, dias antes do início do período carnavalesco, um estudo com as estimativas dos potiguares para o Carnaval 2017. Dos entrevistados, 70,2% mencionou positivamente a cidade de Natal, revelando a intenção de ficar na cidade durante os dias de folia. Outras cidades citadas foram Caicó (15,8%) e Macau (13%), também no Rio Grande do Norte.

Os dados oficiais com a movimentação financeira durante o Carnaval, além de outras informações, devem ser divulgados pela entidade, e também pela Fecomércio/RN, em até 10 dias.

Supremo decide que FGTS deve garantir correção pelo IPCA
Proposta não será aplicada a valores retroativos
12/06/2024 às 18:41
Dólar bate R$ 5,43 após Lula criticar mercado e desgaste gerado por MP
Dólar tem maior cotação desde dezembro de 2022
12/06/2024 às 16:37
Câmara aprova e “taxa das blusinhas” agora espera sanção de Lula
Projeto do Mover foi alterado no Senado Federal, e proposta voltou para ser analisada na Câmara dos Deputados. Agora aguarda sanção
11/06/2024 às 21:47
BC planeja pagamento com Pix por aproximação com Google e Apple Pay, diz Campos Neto
Ele também defendeu o diálogo entre países para que se avance em uma integração global de sistemas de pagamento instantâneo
11/06/2024 às 18:16
Haddad proporá a Lula mudanças no formato de pisos de Saúde e Educação
Ministro assegurou que limites de crescimento real não trarão perdas
11/06/2024 às 17:07
MPRN, MPCe TCE se reúnem para debater fiscalização ao orçamento sanitário estadual
Encontro teve como objetivo fortalecer parceria entre as instituições para ampliar e qualificar a proteção e a defesa do direito social à saúde
11/06/2024 às 16:41
Governo anula leilão de arroz importado após indícios de irregularidades
Segundo Edegar Pretto, da Conab, um novo leilão será realizado, para contratar empresas 'com capacidade técnica e financeira'
11/06/2024 às 14:23
Sesc RN anuncia editais de fomento à cultura com investimento de mais de R$ 500 mil
Oportunidades são para as áreas de Audiovisual, Intervenção Urbana (Arte Grafite) e Galeria Sesc (Artes Visuais e Mediação).
07/06/2024 às 18:27
Mega-Sena: sorteio desta quinta tem prêmio estimado em R$ 100 milhões
Para concorrer, apostadores podem registrar seus jogos até às 19h
06/06/2024 às 14:52
Brasil faz acordo com China que pode aumentar exportação de café
Objetivo é vender até US$ 500 milhões do produto ao país asiático
05/06/2024 às 21:32
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.