BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Vereadores da base governista querem vice-prefeito na chapa de Álvaro
Daniela Freire
22/07/2020 | 23:27

Em alta
Não se fala em outra coisa na Câmara Municipal de Natal e nos bastidores políticos. Cresce o movimento liderado por vereadores da base governista para que o candidato a vice-prefeito na chapa de reeleição do prefeito Álvaro Dias saia do Legislativo Municipal.

Costuras
Interlocutores trabalham a proposta principalmente junto ao ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, que tem peso na composição da chapa e já estaria sinalizando para acatar um edil para a função, de preferência dos quadros do seu PDT.

Cenário
As conversas seguem avançando entre interessados da chapa majoritária situacionista, mas também nas proporcionais, que contribuirão para a reeleição do chefe do executivo municipal.
O grupo, que conta com 21 dos 29 vereadores da Casa Legislativa, atua em várias frentes de articulações.

Interação virtual
O presidente do diretório do Pros no RN, Jaime Calado, mediou, no último dia 16, a quinta live com orientações aos pré-candidatos e filiados do partido no Estado. Dessa vez, a pauta girou em torno das pesquisas eleitorais, com participação do professor universitário Daniel Menezes.

Prestígio
Além da participação da senadora Zenaide Maia, o evento virtual contou com a presença do presidente nacional do Pros, Eurípedes Júnior, que recebeu informações sobre esse projeto de interação, no formato remoto.

Fazendo balbúrdia
Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) deu início ao processo de patenteamento de um novo produto farmacêutico, substância que se apresenta como uma nova alternativa para tratamentos antiobesidade.

Conta
Um dos representantes do PT na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, o senador Jean Paul Prates vê problemas na proposta de reforma tributária enviada pelo governo ao Congresso Nacional. “No ponto em que estamos, não é possível nem fazer uma conta de padeiro sobre quem vai pagar a conta”, afirmou ele a Agência Estado.

Sem base
Na opinião do senador, “não podem os deputados e senadores, a partir de algo tão pequeno e tímido, avançar nos debates sem saber o que o governo propõe, por exemplo, para o ICMS, ISS ou mesmo para a tributação sobre grandes fortunas..

Se o problema é a data…
O deputado estadual Nélter Queiroz afirmou, durante sessão remota da Assembleia Legislativa, nesta quarta, que a data limite para votação da Reforma da Previdência estadual, determinada através de uma portaria, pode ser alterada. “Essa data foi determinada em uma portaria e uma portaria é menor que essa lei federal. Então está fechada questão”, disse ele.

Sem discussão
O parlamentar manifestou-se contrário ao prazo de votação, que se encerra no próximo dia 31 de julho. “Para mim, a reforma da Previdência do Governo Fátima Bezerra, não tem mais o que discutir. Não há esse prazo para se votar essa matéria”, afirmou.

Para os apressados…
Michael Ryan, diretor de emergências da OMS afirmou que as pessoas “não serão vacinadas no início de 2021”. Ele disse que apesar das boas notícias sobre as vacinas contra covid-19, “é necessário que as pessoas se mantenham realistas quanto a prazo e efetividade da proteção”.

Olhe o exemplo…
Deu na Exame: “4 meses de quarentena depois, SP tem recorde de casos diários de Covid-19”. Segundo a Secretaria da Saúde do Estado, foram 16.777 novas infecções nas últimas 24 horas. “Governo diz que alta pode ser de dados represados nos laboratórios”, disse a revista.

Rápidas

A velocidade de transmissão de novos casos de coronavírus no Brasil está crescendo fora de controle e esta é a 13ª semana consecutiva em que taxa de contágios está elevada. Quem afirma é o Imperial College.

O governo federal está prevendo um rombo de nada menos que “quase R$ 800 bi” nas contas públicas em 2020. Os números são explicados pelo aumento de gastos e a queda de arrecadação em meio à pandemia de covid-19.

A Unicamp cancelou o ingresso para a universidade por meio do Enem. Disse que as novas datas da divulgação do resultado do exame impossibilitam as matrículas.

Ministro do STF Luís Roberto Barroso nomeou observadores para acompanhar reunião entre índios e governo federal. No início da semana, entidade afirmou que representantes do governo humilharam indígenas.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.