BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Taxa de transmissibilidade da Covid-19 diminui no RN
Daniela Freire
30/06/2020 | 03:02

Com calma
A boa notícia dada nesta segunda pelo Governo do RN de redução da taxa de transmissibilidade da Covid-19 para um pouco abaixo de 1 pode ser considerada uma luz no fim do túnel, mas não pode ser sinônimo de relaxamento das medidas de combate ao coronavírus.

Sem comemorar

Esse é o ponto crucial do anúncio feito ontem em coletiva de imprensa e foi deixado muito claro pelos agentes públicos: as pesquisas apontam a diminuição da transmissão, mas o cenário atual continua grave.

Atenção

“É preciso que todos, setor produtivo, Poderes e pessoas se mantenham solidários, respeitem as medidas protetivas e cumpram o isolamento. A doença ainda é muito agressiva”, afirmou o professor Ricardo Valentim, coordenador do Laboratórios de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da UFRN e integrante do Comitê Científico de assessoramento ao Estado sobre a pandemia.

UTIs em falta

O fato é que a alta pressão por leitos de UTI se mantém, como disse o secretário adjunto da Saúde Petrônio Spinelli. “Iniciamos a semana com viés de baixa na ocupação de UTIs. Esta redução vem se configurando desde a semana passada, mas ainda é muito alta”, afirmou.

Nota baixa

Nem Rio Grande do Norte, nem Natal estão entre os quinze estados e oito capitais que passaram a contar com a avaliação “ótimo” no ranking produzido pela ONG (Organização Não Governamental) Transparência Internacional no Brasil, que divulgou a primeira atualização de seu levantamento sobre transparência com gastos no combate à covid-19.

Transparência

Segundo a ONG, a avaliação inclui os níveis de transparência sobre contratações emergenciais no enfrentamento da pandemia. A escala do ranking vai de zero a 100 pontos, e são avaliados como ótimo aqueles que atingem mais de 80 pontos.

Maioria contra

A Datafolha fez e a Folha de S.Paulo publicou nova pesquisa sobre coronavírus: a maioria é contra a reabertura do comércio e vê piora na pandemia. A sondagem mostra que 52% dos brasileiros acredita que governadores e prefeitos agem mal ao reabrir comércio e serviços fechados pela pandemia.

Lembrando que…

A reabertura tem ocorrido num momento em que o país ainda não atingiu o pico da doença e que tem pela frente, segundo projeção de cientistas, um número crescente de novas mortes.

Será?

A ala militar que indicou Carlos Alberto Decotelli para o Ministério da Educação foi pega de surpresa e está constrangida com as incoerências reveladas no currículo do ex-professor. A informação foi publicada pela imprensa nacional.

Foi sem ter sido?

O resultado é que a cerimônia de posse que estava marcada para hoje, às 16h, não deverá mais ocorrer. O que significa que Decotelli dificilmente ficará no cargo.

Prejuízo

Aliás, o Ministério Público junto ao TCU (Tribunal de Contas da União) entrou com uma representação para que o órgão adote medidas para apurar possíveis prejuízos ao erário decorrentes da nomeação do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli.

Alerta

Procuradores e promotores federais estão cobrando mais transparência nos gastos e melhoria do sistema de compras e licitações durante a pandemia. Os órgãos de controle deverão emitir alertas eletrônicos a gestores de saúde em caso de indício de irregularidade com o dinheiro público.

FGTS

Trabalhadores queixaram-se de falhas no aplicativo Caixa Tem para a liberação do FGTS emergencial e dizem que as travas têm impedido ou atrapalhado o acesso aos valores. O calendário de pagamento da grana emergencial teve início nesta segunda-feira (29), com crédito para os nascidos em janeiro.

Rápidas

O Estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) em parceria com a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab) aponta que, entre as comunidades indígenas da Amazônia, a taxa de contaminação pelo coronavírus por 100 mil habitantes é 84% acima da média nacional: de 150%.

O Brasil fechou mais de 331 mil postos de trabalho com carteira assinada em maio, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados ontem pelo Ministério da Economia. Foi o pior desempenho para o mês desde o início da série histórica, em 2010.
Indústria química atinge pior uso da capacidade em 30 anos.

Produção cai mais 2% em maio após recuo de 19% em abril.

Para quem não vê a hora de viajar, uma má notícia: a Europa ficará fechada para turista brasileiro enquanto país não controlar o coronavírus.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.