BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Styvenson posta vídeo ao lado da irmã que recebeu auxílio
Daniela Freire
22/06/2020 | 04:54

Live familiar

O senador Styvenson Valentim postou em suas redes sociais, neste domingo, um vídeo ao lado da família, incluindo a irmã, que está desempregada e recebendo o auxílio emergencial oferecido pelo governo federal durante a pandemia.

Para explicar

Nas imagens, o parlamentar do RN se mostra indignado com a atitude da familiar, que chora e diz não querer mais receber os recursos. “Há uma diferença entre o que é direito e o que é moral”, diz ele no vídeo.

Devolver

Valentim garante, então, que hoje mesmo entrará em contato com ministros e com a Caixa Econômica Federal para desfazer o benefício em nome da irmã. “Eu mesmo dou dinheiro a ela, não precisa de emprego em Prefeitura, em cargo comissionado”, afirmou o senador, que contou ter descoberto que a parente estava recebendo o coronavoucher porque pesquisou no portal da transparência.

Em casa

Horas antes de gravar a ‘live’ em que diz que a irmã estava recebendo sem precisar o auxílio emergencial, Styvenson Valentim havia postado outro vídeo em que criticava duramente as pessoas que estavam recebendo o dinheiro do governo sem necessidade.

Ofício

O presidente da Comissão de Educação Ciência e Tecnologia (CECT) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Francisco do PT, realizou uma reunião, por videoconferência, nesta sexta-feira (19), com o deputado federal Rafael Motta (PSB), membro da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados e líder da bancada federal do Rio Grande do Norte em Brasília.

Fundeb

O objetivo da reunião virtual foi apresentar à bancada federal um ofício, fruto de uma audiência pública em formato digital, realizada pela CECT na última quinta-feira (18), onde foram debatidos pontos considerados importantes sobre a aprovação da PEC 15/2015, que trata do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Mais recursos

“O nosso pedido é que reforce a nossa luta por um Fundeb forte e viável e que fortaleça as discussões pela aprovação da PEC 15/2015, que prevê mais recursos do Governo Federal para a Educação Básica do Brasil”, disse Francisco ao iniciar a reunião de trabalho.

Falando nisso

A Assembleia Legislativa do RN já começa a planejar a retomada das atividades presenciais. Para isso, a Divisão de Saúde e Políticas Complementares iniciou na semana passada o censo em saúde para os servidores, que constitui num formulário com diversas perguntas relativas à saúde, o que irá contribuir com a progressão do plano de retomada, que está em construção adiantada pelo Comitê dos Servidores para Prevenção e Combate à Covid-19.

Apagar de luzes?

Para a jornalista Eliane Cantanhêde o governo de Jair Bolsonaro está em clima de “fim de festa”, com o recuo de militares, a ‘fuga de Weintraub’ e a indicação de Mário Frias para a Cultura.

Conjunto da obra

“A fuga do inacreditável Abraham Weintraub para Miami e a chegada do também inacreditável Mário Frias à Secretaria de Cultura trazem ao governo um sensação de fim de festa, ou de fim do mundo, com o presidente Jair Bolsonaro catatônico, os generais aturdidos, o trio jurídico tentando um ‘respiro’ do Supremo e o pau comendo na Justiça e na pandemia”, escreveu a jornalista para o Estadão.

Sem curral

Na ‘live’ em que comentou – em 75 segundos – sobre a prisão de Queiroz, ele “contou três mentiras e confundiu desejo com realidade”, comentou o jornalista Bernardo Mello. Que analisa que “sesde que Fabrício Queiroz foi em cana, Jair Bolsonaro suspendeu as paradas no curralzinho do Alvorada”, “fugiu dos microfones” e “se mostrou abatido em dois vídeos divulgados nas redes”.

Preocupação

O temor de prejuízos com imagem negativa do governo no exterior rachou o agronegócio. Segundo o Estadão, “desentendimentos entre lideranças do setor começaram em 2019 e ganharam corpo após declaração do ministro Ricardo Salles sobre ‘passar a boiada’, interpretada como sinal para a flexibilização de controles”.

Rápidas

• Do jornalista Kennedy Alencar: “Essa ‘fuga’ de Weintraub com passaporte diplomático e exoneração do ministério ao pisar em solo americano é mais um capítulo da desmoralização internacional do Itamaraty e do Brasil. Episódio típico de república de bananas. O valentão saiu correndo por quê?”.
• A Polícia apreendeu fogos de artifício, celulares, facão e cofre numa base de um grupo bolsonarista.
• Em Lauro Jardim a notícia importante: Wassef procurou advogados para Queiroz “com Flávio Bolsonaro a tiracolo”.
• O celular em que Gustavo Bebianno registrou por um ano e meio conversas com Bolsonaro já está no Brasil e “muito bem guardado”, segundo um amigo do ex-ministro, morto em março deste ano.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.