BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Presença de Fátima marca coletivas do governo do RN
Daniela Freire
13/07/2020 | 23:08

Mudança à vista
Um detalhe tem chamado a atenção nas últimas coletivas de imprensa do Governo do RN para apresentar números atualizados e ações de combate ao coronavírus no RN: a presença da governadora Fátima Bezerra.

Na linha de frente
Depois de “sumir” das aparições públicas nos primeiros meses de enfrentamento ao vírus, o que gerou algumas críticas, inclusive de deputados estaduais, a governadora parece ter mudado de “estratégia” e passou a dividir a agenda entre o virtual e o presencial.

Aparecendo
Ontem mesmo, ela participou da coletiva que anunciou ocupação de leitos críticos em menos de 80% e taxa de transmissibilidade abaixo de 1. “O dia de hoje expressa esperança e confiança, na medida em que estamos zerando a fila de pacientes para leitos de UTI e reduzindo a ocupação geral de leitos em todo o Rio Grande do Norte”, disse ela.

Forçados pela situação
Embora Fátima Bezerra seja do grupo de risco, as críticas pela sua ausência nas coletivas sobre coronavírus ganharam força quando o comportamento da chefe potiguar passou a ser comparado ao de outros governadores ou prefeitos pelo Brasil afora, que, mesmo estando em situação igual, não hesitam em estar na linha de frente.

Renovada
A Band Natal iniciou o segundo semestre com novidade na telinha. A emissora inaugurou no início do mês os novos cenários dos principais programas da sua grade de programação local. De acordo com diretor-geral da emissora, Carlos Basto, a repaginação foi feita com recursos próprios, dotando a emissora com estúdio e cenários entre os mais modernos da televisão potiguar.

Oxímetro
“Alert(ar)” é o nome da campanha lançada nesta segunda-feira pelo Instituto Estáter e pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) com o objetivo de estimular o uso de oxímetros no combate precoce à Covid-19.

Importante
A campanha fala sobre a necessidade de se medir frequentemente a taxa de oxigênio no sangue de pessoas com suspeita da doença, com o intuito de tratar o quanto antes os pacientes, evitando quadros graves.

Porque
“Apesar de não sentirem dificuldade para respirar, muitos infectados apresentam queda perigosa do nível de oxigenação. No jargão médico, a chamada hipóxia silenciosa pode tornar o quadro irreversível e, em pouco tempo, grave”.

Fundamental
O Projeto Alert(ar) pretende, além de conscientizar a população sobre o uso frequente do oxímetro em casos suspeitos, disponibilizar milhares de aparelhos no País a pessoas treinadas que possam monitorar conjuntos populacionais.

É fake, minha gente!
O portal de notícias UOL informou que é falsa a informação de que a pandemia de Covid-19 esteja sob controle na África por causa do uso preventivo da ivermectina. A fake news está sendo compartilhada – pasme! – por dois médicos brasileiros (um de Rondônia e outro do Paraná) no YouTube.

Ciência
“Até aqui, não há nenhuma comprovação científica de que a ivermectina seja um medicamento eficiente para tratar pacientes com Covid-19. É o que afirmam o Ministério da Saúde, a Food and Drug Administration (FDA), autoridade sanitária dos Estados Unidos, e os próprios pesquisadores que estudam o uso da droga contra o vírus SARS-CoV-2”, informa a matéria.

Falso também
E a pandemia não está sob controle na África. “Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença tem avançado numa velocidade acelerada no continente”, afirma a checagem do UOL.

Auxílio
O deputado Coronel Azevedo (PSC) apresentou projeto de lei que dispõe de medida excepcional para a proteção social dos atletas, paratletas e técnicos, em razão do enfrentamento da Covid-19. De acordo com o projeto, fica instituído auxílio emergencial no valor de R$ 600 para aqueles que estão vinculados às federações esportivas do RN.

Rápidas

O alto “platô” de casos e mortes diários do novo coronavírus ainda deve durar mais algumas semanas no Brasil antes de iniciar um processo de declínio. Esta é a previsão que faz Christovam Barcellos, sanitarista do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

“A roda de fogo para a escolha do próximo ministro do Supremo Tribunal Federal converteu-se numa gincana constrangedora e antagônica. Nela, postulantes não-declarados denunciam o interesse pela vaga numa corrida para impressionar o dono da caneta”, escreveu Josias de Souza para o UOL.

O governo Bolsonaro prevê que irá gastar R$ 30 milhões em propaganda para “renovar esperanças do brasileiro”. É preciso informar que não tem propaganda que mude a realidade.

Deu na Folha que Davi Alcolumbre, presidente do Senado, está buscando viabilizar a sua reeleição. Mas tem um problema: “Senadores cobram fatura por aproximação com o governo”. Eita!

A partir de 3 de agosto, toda a gasolina vendida no País terá que seguir novas especificações. A medida pode encarecer o produto.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.