BUSCAR
BUSCAR
Política potiguar
Queiroz pagou escola das filhas de Flávio, diz MP
Redação
19/06/2020 | 03:26

Promotores do Rio de Janeiro dizem ter obtido provas de que o ex-policial militar e ex-assessor da família Bolsonaro Fabrício Queiroz pagou mensalidades escolares das filhas do senador Flávio Bolsonaro. Queiroz foi preso nesta quinta-feira, a pedido dos Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, em uma casa em Atibaia, no interior de São Paulo, pertencente ao advogado Frederick Wassef, que representa o presidente Jair Bolsonaro e Flávio em processos. O ex-policial e o senador são investigados pela suspeita de que desviaram verbas salariais públicas de funcionários do gabinete de Flávio na Assembleia, no esquema conhecido como “rachadinha”.

Finalmente

Insatisfeitos com declarações, apoio a protestos antidemocráticos e ações de Abraham Weintraub à frente do Ministério da Educação, congressistas comemoraram, nesta quinta-feira, a saída do agora ex-ministro do governo Jair Bolsonaro. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que espera um novo ministro “de fato comprometido com a educação”.

Sem consenso

Por falar nele, Maia disse nesta quinta que ainda não há consenso entre os deputados para adiar as eleições municipais deste ano. Para o presidente da Câmara, a pressão feita pelos prefeitos para manter o pleito em outubro tem dificultado a formação de consenso entre os parlamentares da Casa. A discussão sobre uma possível mudança ocorre por causa da pandemia do coronavírus.

Perda

Morreu nesta quinta-feira o médico Adelmaro Cavalcanti Cunha Júnior, aos 62 anos, vítima da Covid-19. Ele foi secretário de Saúde do Rio Grande do Norte. Em nota, o Sindicato dos Médicos disse lamentar profundamente a perda.

Fila de espera

Cerca de 2,7 milhões de pessoas ainda aguardam na fila da Dataprev a análise dos requerimentos da primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600. Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, essas pessoas tiveram o pedido negado e solicitaram uma nova avaliação.

Apoio às empresas

Em apenas um dia de funcionamento do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), a Caixa Econômica Federal emprestou ao segmento R$ 160 milhões. O valor médio dos empréstimos contratados é de R$ 51 mil e o faturamento médio dos tomadores de R$ 180 mil.

Negócios

Devido aos efeitos da pandemia do coronavírus no País, a quantidade de abertura de empresas caiu 29,5% em abril na comparação com o mesmo mês do ano passado. Os dados são do “Mapa das Empresas”.

Investigação

O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (MP-TCU) pediu a abertura de uma investigação sobre o possível superfaturamento na compra sem licitação de matéria-prima para medicamentos à base de cloroquina e no aumento em até 84 vezes na produção desses produtos pelo Comando do Exército. Na representação, o procurador Lucas Furtado pede ainda que seja averiguada a responsabilidade do presidente Jair Bolsonaro no caso.

Representante

Ao ser nomeado para representar o Brasil no Banco Mundial, Abraham Weintraub não conseguirá apenas um exílio remunerado em Washington. Ele ocupará um cargo que já pertenceu a Pedro Malan, o respeitado ex-ministro da Fazenda. Malan representou o Brasil junto à entidade no início dos anos 1990, quando ajudou a restruturar a dívida brasileira.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.