BUSCAR
BUSCAR
Confira a coluna “Bastidores da política” deste sábado 6

06/03/2021 | 07:40

Bolsonaro lidera mesmo contra Lula e Moro

Levantamento da empresa Paraná Pesquisas indica que o presidente Jair Bolsonaro lidera as intenções de voto para a disputa à Presidência da República nas eleições de 2022. O atual chefe do Executivo está na frente em todos os cenários de 1º turno, com percentuais que variam de 31,9% a 37,6%. A pesquisa foi divulgada ontem. Foi realizada de 25 de fevereiro a 1º de março de 2021, por meio de ligações telefônicas. Foram consideradas entrevistas com 2.080 eleitores de 196 municípios, das 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança é estimado em 95%. Os dados indicam que as críticas à gestão do atual mandatário frente à crise da Covid-19 não tiveram impacto sobre a competitividade do presidente em termos eleitorais. O presidente lidera mesmo no cenário com o ex-presidente Lula e o ex-ministro Sérgio Moro.

A GOVERNADORA CHOROU

Fátima Bezerra não escondeu a emoção ao anunciar as novas medidas restritivas durante a entrevista coletiva ontem. A governadora afirmou que não é fácil voltar a prejudicar o funcionamento de setores da atividade econômica, mas ressaltou que a medida é necessária diante do aumento exponencial de hospitalizações por Covid-19.

DESABAFO

O empresário Abdon Gosson, presidente da ABIH – a associação de hotéis do Rio Grande do Norte –, fez um desabafo ontem ao avaliar o novo decreto do Governo do Estado, que antecipa o toque de recolher para 20h e estabelece um lockdown aos domingos.

SUGESTÃO

Segundo Gosson, se a medida prosseguir, será o golpe de misericórdia no turismo, que teve um de seus piores anos em 2020. “Vai acabar de destruir o setor”, diz ele. O presidente da ABIH defende que, em vez de ampliar o confinamento, restringindo atividades econômicas, o poder público endureça a fiscalização para combater aglomerações naqueles estabelecimentos que descumprem os protocolos sanitários.

CORTESIA

A declaração do ex-ministro Fernando Haddad de que a governadora Fátima Bezerra é um dos nomes considerados pelo PT para a disputa presidencial em 2022 foi interpretada na Governadoria como nada mais que um gesto de cortesia. Em entrevista concedida na “casa” da governadora, o ex-ministro não iria sob hipótese alguma descartar a governadora e dizer que Fátima não é uma opção.

DEFERÊNCIA

Fátima não quis comentar o afago do colega de partido. Nos bastidores, porém, a informação é de que a governadora agradeceu a deferência, mas reforçou que a meta para 2022 é trabalhar a candidatura à reeleição no Rio Grande do Norte.

COMISSÕES DA CÂMARA

Ficou para a próxima semana a decisão sobre quais partidos ficarão com as presidências de quais comissões na Câmara. O presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), confirmou que a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) ficará com o PSL. O partido deve indica Bia Kicis (DF). Havia resistência ao seu nome por seu perfil tido como extremista, mas ela conseguiu contornar essas dificuldades nas últimas semanas. Bia Kicis é próxima de Jair Bolsonaro.

DESISTÊNCIA DE LULA

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desistiu de dois habeas corpus que seriam julgados nesta sexta-feira (5) pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Nos dois recursos, os advogados do petista pedem suspeição dos juízes federais João Pedro Gebran Neto e Carlos Eduardo Thompson Flores, ambos do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região). O objetivo da defesa agora é adicionar novas provas ao caso.

OLÍMPIO VAI PARA A UTI

Internado desde terça-feira (2) no Hospital São Camilo em São Paulo com Covid-19, o senador Major Olimpio (PSL-SP) deu entrada ontem na unidade de terapia intensiva (UTI) após o agravamento do quadro. De acordo com a assessoria do senador, não houve necessidade de intubação.

FUTURO DE MAIA

Depois de deixar a presidência da Câmara dos Deputados no mês passado, sem conseguir eleger seu sucessor, Rodrigo Maia (DEM-RJ) vai reorganizando sua estratégia política. Abandonado nessa disputa pelo presidente nacional do DEM, ACM Neto, Maia vai deixar o partido. Ele disse ontem que deve se filiar ao MDB ou a um novo partido de Centro, embora tenha dúvidas sobre a viabilidade dessa segunda alternativa. “O MDB é um partido com quadros com quem eu tenho uma relação histórica muito importante. E me sentiria confortável”, afirma o deputado.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.