BUSCAR
BUSCAR
Política potiguar
Ajude a ajudar
Redação
22/06/2020 | 03:11

Todos sabemos das dificuldades que o setor produtivo encara neste momento. Mas, empresários que pressionam o Governo do Estado pela retomada das atividades econômicas contribuiriam muito mais para o debate se concordassem em somar esforços para colocar em prática um plano de testagem em massa da população.

Sem isso, e com a taxa de ocupação de leitos beirando os 100%, não há como se falar em reabertura do comércio, mesmo que de forma gradual. Seria um tiro no escuro, uma ação temerária.

A testagem em massa daria uma real noção do alcance da pandemia no Estado e seria uma aliada, diga-se de passagem, do próprio processo de retomada da economia. Pessoas já recuperadas da Covid-19 – especialmente os que não estão no grupo de risco, poderiam, quem sabe, voltar a trabalhar, já que estariam imunizadas contra o novo coronavírus – a menos que se prove o contrário.

Países que investiram na testagem em massa colhem os frutos por, hoje, estarem com a pandemia razoavelmente controlada. Ganham todos, inclusive os empresários, que poderão ter seus negócios voltando a funcionar.

Os resultados da testagem em massa que a Prefeitura do Natal patrocinou na Arena das Dunas, na semana passada, revelam como é importante testar a população. Na ação que ocorreu na Arena, cerca de 20% dos exames aplicados deram positivo para Covid-19. Imagine se for essa a proporção da população que estiver contaminada com o novo coronavírus. Teríamos algo perto de 180 mil infectados na cidade – a maior parte já recuperada da doença.

Uma compra de testes aos milhares, dividindo os custos entre Governo do Estado e setor produtivo, baratearia a aquisição.

Setor produtivo, ajude o governo a ajudar.

Avenida Nevaldo Rocha

Ganhou corpo no fim de semana a ideia de trocar o nome da Avenida Senador Salgado Filho para Avenida Nevaldo Rocha, em homenagem ao empresário que construiu o shopping Midway Mall e que morreu na semana passada, aos 91 anos. Espera-se que o prefeito de Natal, Álvaro Dias, envie projeto para a Câmara solicitando a mudança.

Não agora

Vice-presidente da Câmara, a vereadora Nina Souza (PDT) avalia que não é o momento de os vereadores debaterem este assunto, por mais virtuosa que a proposta possa ser. Para ela, o foco da Câmara agora deve ser legislar sobre temas ligados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 e fiscalizar e acompanhar as ações do Executivo.

Vice de Taveira I

O julgamento, na Câmara Municipal, das contas do ex-prefeito de Parnamirim Maurício Marques ainda repercute. A forma como os vereadores votaram pode mudar os planos do prefeito Rosano Taveira – que já decidiu que seu vice sairá da Casa Legislativa. Assim, quem votou pela rejeição das contas de Maurício, que é adversário de Taveira, pode ganhar pontos com o prefeito.

Vice de Taveira II

Paralelo a isso, existe uma aproximação do prefeito Taveira com o PSDB, que tem dois vereadores na Câmara – Professor Ítalo e Betinho da Mala. Um fator que favorece o partido na disputa pela vaga de vice em Parnamirim é a excelente relação que o presidente do partido no Estado, Ezequiel Ferreira, tem com o presidente do Republicanos – o partido de Taveira –, o deputado federal Benes Leocádio.

Produtividade

Entre os dias 16 de março e 14 de junho, o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte produziu mais de 70 mil sentenças, quase 71 mil decisões e 171 mil despachos. Com isso, o TJRN é considerado o 5º mais produtivo neste quesito entre os 12 tribunais considerados de pequeno porte pelo CNJ.

Licitação da limpeza

No próximo dia 26 de junho, a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) realizará a primeira audiência pública para discussão da nova licitação da limpeza pública da cidade. A reunião acontecerá no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, das 9h às 11h, e terá transmissão pelo YouTube da Prefeitura.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.