BUSCAR
BUSCAR
Crispiniano Neto

Parlamentares querem fazer cortesia à magistratura com o chapéu do povo

Confira o artigo de Crispiniano Neto desta sexta-feira 3
Crispiniano Neto
03/05/2024 | 07:50

A experiente Mônica Bergamo pergunta: “É correto colocar na Constituição um privilégio salarial para juízes e promotores, que custará bilhões ao erário? Pois é isto que o Senado quer fazer”.

As redes sociais estão repletas de comentários indignados com este projeto irresponsável que Rodrigo Pacheco, em nome do que há de pior na alta câmara do País, quer impor ao Governo Federal, sem se preocupar com as condições em que foram herdadas as contas públicas.

decisao juiz
Será que esqueceram quantos “benefícios” os magistrados já têm?

Alguns desses senadores são daqueles que, cinicamente, exigem déficit zero e ajuste das contas públicas. Não bastasse esta sangria no cofre da viúva, ainda tem outras, como benefícios para prefeituras onde estão suas bases eleitorais, para permitirem que prefeitos continuem roubando sentindo-se desobrigados da responsabilidade fiscal que tanto se exige do governo Lula.

A mentalidade é que prefeito pode esbanjar que depois o Governo Federal tapará os rombos que eles fazem… E ainda tem a desoneração da folha de 17 segmentos empresariais. Eles empregam bem, mas a demagogia de livrá-los da responsabilidade com suas obrigações, está provado, é inconstitucional.

O que se diz sem pedir segredo é que senadores com rabo preso com a Justiça querem comprar o arquivamento dos seus processos dando essa imoralidade chamada “quinquênio da vergonha” a juízes e procuradores.

Como se não bastasse o absurdo valor das emendas que criaram a esdrúxula figura do “parlamentarismo orçamentário”, com R$ 70 milhões para cada senador e R$ 35 milhões para cada deputado federal por ano, além das emendas de bancada, as emendas de comissões e as criminosas emendas de um tal “orçamento secreto” que Lula está sofrendo horrores não por tê-las acabado, mas apenas por ter exigido que se saiba quem as está manipulando…

Estranha-se que o presidente do Senado, que sempre traz à ponta da língua o discurso de controle fiscal do orçamento, venha propor um absurdo como este que já é apelidado de “Quinquênio da Vergonha”, que monta em nada menos que R$ 48 bilhões a mais no sofrido orçamento.

O que se conclui é que Rodrigo Pacheco inventa jabutis para chantagear. Fala que está preocupado com as contas do País, mas está inventando novas contas. O que se diz é que se poderia engolir se fossem contas que ajudassem profissões que têm uma clara defasagem salarial. Mas não, são contas para beneficiar quem já detém os maiores salários do País. Os proventos mais fora da realidade brasileira.

Será que esqueceram quantos “benefícios” os magistrados já têm? Auxílio-moradia, auxílio-paletó, auxílio-livros, auxílio-alimentação, bolsas para eles próprios e ainda para a escola ou a faculdade dos filhos, além de duas férias por ano.

Entendemos que juízes devem ganhar bem para não terem o direito de se deixarem corromper. Mas não podem nem devem ser marajás.

Redução de homicídios no RN entre 2017 e 2022 é a segundo melhor do Brasil
Confira a coluna de Crispiniano Neto desta sexta-feira 21
21/06/2024 às 07:17
Cooperativismo: um novo ciclo de oportunidades
Confira o artigo de Crispiniano Neto nesta quarta-feira 19
19/06/2024 às 07:40
Uma camarilha ‘pra lamentar’
Confira a coluna de Crispiniano Neto desta sexta-feira 7
07/06/2024 às 07:37
Os Estados Unidos não são um País sério
Confira a coluna de Crispiniano Neto desta terça-feira 4
04/06/2024 às 07:44
Roubam para se eleger e se elegem para roubar
Confira o artigo de Crispiniano Neto desta terça-feira 28
28/05/2024 às 07:34
Em resposta à mediocridade bolsonarista, baixou o espírito de Flávio Dino em Haddad
Confira a coluna de Crispiniano Neto nesta sexta 24
24/05/2024 às 07:41
O arroz é o prato do dia na discussão ultra neoliberal
Confira a coluna de Crispiniano Neto desta terça-feira 21
21/05/2024 às 07:40
A insanidade dos deputados da Secretaria ‘Três nem uma’
Confira a coluna de Crispiniano Neto desta sexta-feira 17
17/05/2024 às 07:41
“Não é hora de procurar culpados”, dizem os culpados
Confira a coluna de Crispiniano Neto desta terça-feira 14
14/05/2024 às 07:26
A popularidade de Lula e sua influência nas eleições municipais
Confira a coluna de Crispiniano Neto desta sexta-feira 10
10/05/2024 às 07:44
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.