Publicidade
Dados
RN registrou 14,8 mil reclamações sobre serviços de telefonia, TV e internet em 2019
Operadora TIM teve 5.387 reclamações, tendo à frente os casos de cobrança em desacordo com o contrato, com 547.
Por Redação - Publicado em 15/01/2020 às 05:00
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Em comparação com os números de 2018, o número de reclamações caiu 7,56%
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) contabilizou 14.848 reclamações sobre a prestação de serviço de serviços de telecomunicações, telefonia móvel, telefonia fixa e TV por assinatura no Rio Grande do Norte. As empresas de telefonia lideram as estatísticas, com 12.108 casos, o que representa 81% de todas as reclamações.

Segundo os números da Anatel, que foram compilados até outubro deste ano, a operadora TIM teve 5.387 reclamações, tendo à frente os casos de cobrança em desacordo com o contrato, com 547. A operadora que aparece em segundo lugar é a OI, com 3.446 reclamações.

Em comparação com os números de 2018, o número de reclamações caiu 7,56%, quando foram contabilizadas 16.062 reclamações entre janeiro e outubro daquele ano. Uma das possíveis justificativas para isso é o início das atividades do sistema “Não Perturbe”, de julho do ano passado, que foi criado pela Anatel. Ao se cadastrar no sistema, os usuários deixam de receber ligações indesejadas de telemarketing das empresas de telecomunicações.

As reclamação sobre os serviços de telefonia, TV e internet podem ser feita pelo sistema virtual da agência, pelo site da “Anatel Consumidor”.

O registro também pode ser feito também por telefone (1331) e ainda presencialmente. A unidade de atendimento da Anatel no Rio Grande do Norte fica em Natal, na Av. Rodrigues Alves, 1187, no bairro do Tirol. Depois do registro da ocorrência, a Anatel fornecerá um número de solicitação. O consumidor deve anotar o protocolo, “ele será útil sempre que você entrar em contato com a Agência”.

Publicidade
Publicidade