Incerteza
Motoristas de Natal não sabem quanto tempo ainda terão de combustível
Nesta sexta-feira, nem o presidente do Sindispostos-RN, Antônio Sales, teve como estimar o estoque de combustíveis remanescente nos postos da capital
Por Marcelo Hollanda - Publicado em 25/05/2018 às 12:26
José Aldenir / Agora Imagens
Os caminhões tanque ficam estão demorando três dias para concluir na operação
Publicidade
n do os tanques sem parar, com medo de uma iminente falta de combustível nos postos, os motoristas de Natal ainda não têm clareza do que pode vir a acontecer nos próximos dias ou até horas a persistir os bloqueios montados pelos caminhoneiros ao longo de quatro rodovias federais e duas estaduais – as BRs 101, 226, 304. 406 e 427 e RNs 015 e 118. Nesta sexta-feira, 25, nem o presidente do Sindispostos-RN, Antônio Sales, teve como estimar o estoque de combustíveis remanescente nos postos da capital por se tratar de uma informação estratégica dos próprios estabelecimentos, cuja divulgação é vedada pela legislação. “O que sabemos até o momento é que não existe mais etanol nas principais distribuidoras. Os caminhões que carregam em Guamaré não conseguem passar por causa do bloqueios”, afirmou. Mas uma coisa é certa, segundo ele: não há mais etanol nas distribuidoras, onde ele é adicionado como mistura à gasolina. O terminal aquaviário de Guamaré, operado pela Transpetro,  serve como ponto de armazenamento e escoamento, por cabotagem ou viagens de longo curso, para a produção de petróleo oriundo dos campos de terra do estado do Rio Grande do Norte. Nesta quinta-feira, 24, a ANP soltou portaria autorizando as refinarias a venderem a gasolina sem adição de etanol. Isso – afirma Antônio Sales - pode aliviar um pouco a situação no que se refere à gasolina e ao chamado diesel S 500 (o comum revendidos nos postos) e produzido em Guamaré,  cuja matéria prima para mistura chega via navegação de cabotagem. Já com o diesel  S 10, mais ecológico, que vem por rodovia, o problema é outro – na retenção nas estradas.    
Publicidade
Publicidade