Revigorar
Memorial Câmara Cascudo terá iluminação especial e espaço para eventos
Investimento de cerca de R$ 300 mil, executado pelo Governo do Estado via Secretaria de Turismo, recuperou a estrutura e dotou o prédio para a prática de atividades artísticas
Por Redação - Publicado em 13/02/2020 às 14:38

O Memorial Câmara Cascudo receberá nesta quinta-feira (13) iluminação externa especial, em ação conjunta do Instituto Neoenergia e da Fundação José Augusto para valorizar aquele que é um dos principais espaços culturais de Natal.

O prédio de estilo neoclássico, localizado na Praça André de Albuquerque, na Cidade Alta, em Natal, foi reformado e equipado em 2018 pelo Projeto Integrado de Desenvolvimento Sustentável do RN – o Governo Cidadão –, realizado com recursos do empréstimo do Banco Mundial.

O investimento de cerca de R$ 300 mil, executado pelo Governo do Estado via Secretaria de Turismo (Setur), recuperou a estrutura e dotou o prédio de novo revestimento, pintura, redes hidráulica e elétrica, além de mobiliário e outros equipamentos para a prática de atividades artísticas. Construído em 1875, sediou inicialmente a delegacia local do Ministério da Fazenda e, a partir de 1955, o Quartel General do Exército.

Em 1987, foi incorporado pelo Governo do Estado e transformado em Memorial Câmara Cascudo. Abrigou, então, a biblioteca, cartas, coleções de arte popular e outros objetos e documentos de Luís da Câmara Cascudo, o principal intelectual potiguar.

Com a criação do Instituto Ludovicus pela família do escritor, o acervo foi removido do Memorial, que ainda mantém material sobre a vida e a obra de Cascudo. O prédio integra o chamado Corredor Cultural de Natal, composto por ruas e edifícios de significado histórico nos bairros da Ribeira e da Cidade Alta. É uma das principais atrações turísticas de Natal.


Largo Gumercindo Saraiva

A nova iluminação será acionada às 18h desta quinta-feira. O projeto utiliza 53 refletores com lâmpadas de LED, direcionados para a fachada do prédio e para a estátua de Cascudo. O sistema é automatizado, ligando e desligando conforme a incidência de luz natural.

A estimativa é de economizar até 65% no consumo de energia elétrica. Além da iluminação estilizada, a Fundação José Augusto vai inaugurar também o Largo Gumercindo Saraiva, nos fundos do edifício, para receber saraus e outros eventos de pequeno porte.

O primeiro será o “Quintal de Luís”, encenado pelo grupo Estação de Teatro.