Publicidade
Resposta
Fátima diz que pronunciamento de Bolsonaro foi “um equívoco”; VEJA VÍDEO
Governadora publicou em suas redes sociais um posicionamento sobre as falas do presidente Jair Bolsonaro, durante pronunciamento na TV
Por Redação - Publicado em 25/03/2020 às 06:59
José Aldenir / Agora RN
Governadora Fátima Bezerra
A governadora Fátima Bezerra afirmou que o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (veja o vídeo acima), feito na noite da terça-feira (24) em rede nacional pela televisão, foi "um equívoco". O comentário de Fátima foi feito pelas redes sociais, pouco depois da fala do presidente.

Para a governadora, o pronunciamento do presidente vai em direção contrária ao trabalho feito pelos Estados, pelo Ministério da Saúde e pela população para o combate ao coronavírus.

"Não há neste momento tão delicado o desejo nenhum de politizar a discussão, mas o pronunciamento de hoje do presidente é um equívoco. O pronunciamento dele vai na contramão de todas as medidas defendidas pelos estados e municípios em sintonia com o Ministério da Saúde e pela própria sociedade", explicou.

Durante pronunciamento na TV, Bolsonaro culpou os meios de comunicação por espalharem, segundo ele, uma sensação de "pavor". E disse que, se contrair o vírus, não pegará mais do que uma "gripezinha".

Apesar do posicionamento do presidente, Fátima Bezerra tranquilizou a população potiguar e disse manter o trabalho de prevenção e combate à Covid-19.

"Quero aqui de forma bem direta tranquilizar o povo potiguar. Nós vamos continuar trabalhando firmemente no combate e prevenção do coronavírus. Tanto é que anunciamos um novo decreto com medidas mais duras", publicou.

FHC diz que pronunciamento de Bolsonaro "passou dos limites": "Se não calar estará preparando o fim"
Na TV, Bolsonaro pede “volta à normalidade”, “fim do confinamento” e divide o País; VEJA
Mais duro, novo decreto prorroga fechamento de restaurantes, bares, lanchonetes e inclui lojas; CONFIRA
OMS diz que EUA caminham para ser epicentro da pandemia de coronavírus
Estado não poderá mais executar barreira sanitária no Aeroporto Aluízio Alves
Brasil tem 46 mortes e 2.201 casos confirmados de coronavírus
No RN, número de casos suspeitos de Covid-19 salta de 272 para 478; confirmados são 14
Frota de ônibus de Natal será mantida nesta quarta-feira (25)
Ministério da Saúde promete 22,9 milhões de testes do novo coronavírus
Fátima cancela campanha publicitária sobre coronavírus; verba era de R$ 3 milhões
Publicidade
Publicidade