Temporal
Chuva alaga ruas, arrasta carros e deixa trânsito caótico em Natal; VEJA VÍDEO
Algumas ruas e avenidas foram interditadas pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana
Por Redação - Publicado em 09/01/2020 às 10:21
Reprodução / Redes sociais
STTU ressalta o telefone 156 em caso de algum problema constatado no trânsito
Publicidade
A forte chuva que caiu em Natal nesta quinta-feira, 9, causou vários alagamentos e muitos transtornos para quem precisou sair de casa. Ruas e avenidas foram interditadas pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). Carros também foram inundados e arrastados.

http://agorarn.com.br/chamada/zona-sul-de-natal-registra-113-milimetros-de-chuva-em-seis-horas/
https://agorarn.com.br/destaquefotos/chuva-derruba-muro-inunda-pista-e-arrasta-carros-sob-viaduto-em-natal-veja-video/
https://agorarn.com.br/destaquefotos/chuva-abre-cratera-e-quase-engole-caminhao-na-ceasa-em-natal-veja-video/

Segundo a STTU, o trecho entre as avenidas Prudente de Morais e Nascimento de Castro, ficou intransitável logo cedo. Outro fluxo interrompido foi a avenida Hermes da Fonseca, no cruzamento com a Alexandrino de Alencar, sentido centro da cidade.

O trecho da avenida Afonso Pena, com a rua Mossoró, também apresentou situação de alagamento e foi interditado.

Para quem utiliza a ponte velha, como é chamada a Ponte de Igapó, o trânsito registrou lentidão na saída da zona Norte. A STTU recomendou que fosse utilizada a ponte Newton Navarro.

Defesa Civil

A STTU pede que seja acionado o telefone 156 em caso de algum problema constatado no trânsito. Agentes de mobilidade estão de prontidão desde as primeiras horas da manhã.

De acordo com a Defesa Civil, já foram registradas mais de 80 ocorrências, a maioria devido aos alagamentos. Uma reunião com o prefeito já foi solicitada para que seja ativado o plano de contingência.

Confira alguns vídeos enviados pelas redes sociais:

https://youtu.be/weiO6tS_PGU
Vídeos divulgados nas redes sociais
https://youtu.be/R7_pFJYCugs
Alguns carros ficaram presos e perderam o controle durante os alagamentos

Continuar lendo

Publicidade
Publicidade