Publicidade
Legis RH
Assembleia é premiada por projeto que oferece mais transparência
Ferramenta, desenvolvida pela Diretoria de Gestão Tecnológica da ALRN, é utilizada pelo setor de recursos humanos e consiste em sistema informatizado que agrega informações sobre os servidores
Por Redação - Publicado em 19/02/2020 às 04:30
João Gilberto/ALRN
Presidente da Assembleia do RN, Ezequiel Ferreira discursa durante entrega do troféu
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte recebeu nesta terça-feira (18), em solenidade no Palácio José Augusto, em Natal, o troféu de 1º lugar na categoria “Gestão” do Prêmio Assembleia Cidadã, organizado pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale).

Para entregar o prêmio à assembleia potiguar, vieram a Natal a atual presidente da Unale, deputada estadual Ivana Bastos (PSD-BA), e o seu antecessor no cargo, o deputado estadual Kennedy Nunes (PSD-SC).

A Assembleia do RN venceu o prêmio no último dia 23 de novembro, durante a Conferência Nacional da Unale, que aconteceu em Salvador (BA). Na ocasião, a nova diretoria da instituição foi eleita. Ontem, em Natal, aconteceu a entrega oficial do troféu.

O prêmio foi conquistado pela Assembleia do RN por causa do projeto Legis RH, que é adotado pela Casa desde 2017.

A ferramenta, desenvolvida pela Diretoria de Gestão Tecnológica da ALRN, é utilizada pelo setor de recursos humanos e consiste em um sistema informatizado que agrega informações sobre a folha de pessoal dos servidores, tudo integrado ao Diário Oficial do Legislativo e ao Portal do Servidor, que disponibiliza informações detalhadas para os funcionários sobre as remunerações.

“O Legis RH contempla todas as funções que um sistema normal já existente no mercado oferece, mas com diferenciais agregados. Entre eles, está a total integração com o Diário Oficial do Legislativo. Todos os atos administrativos publicados no Diário Oficial refletem no Legis RH de imediato. Isso facilita muito o acesso, pela sociedade, das informações do Legislativo”, ressalta o diretor de Gestão Tecnológica, Mário Sérgio Gurgel.

De acordo com a Assembleia do RN, a adoção do Legis RH levou a uma economia de 75% do que era gasto com outros sistemas, o que possibilitou a destinação de verba para investimentos em insumos e infraestrutura. Segundo Mário Sérgio, em quase três anos, foram aproximadamente R$ 3 milhões poupados.

Além do troféu de reconhecimento, o projeto Legis RH foi contemplado com um valor de R$ 20 mil para desenvolver ações relacionadas ao assunto.

O destaque recebido pelo projeto no Prêmio Assembleia Cidadã da Unale já fez com que outras assembleias legislativas do País procurassem a Assembleia do RN para copiar o projeto. A Assembleia de São Paulo será a primeira a adotar o sistema, mas já há interesse também das assembleias da Bahia, do Rio de Janeiro, de Pernambuco e do Mato Grosso.

Atual presidente da Unale, a deputada baiana Ivana Bastos frisou que o objetivo do Prêmio Assembleia Cidadã é reconhecer bons projetos e estimular uma integração do que tem de melhor nas 27 assembleias do País.

“A nossa intenção é que as 27 casas legislativas do País sejam inteligadas e que o que há de bom em uma Casa seja passado para as outras. Juntos, somos fortes. O papel da Unale é este: representar os 1.059 deputados estaduais existentes neste País e as 27 assembleias”, destacou.

Ex-presidente da Unale e idealizador do prêmio - que teve sua primeira edição realizada em 2019 -, o deputado catarinense Kennedy Nunes enfatizou que o projeto Legis RH dá mais transparência aos atos do Legislativo e representa melhor gestão do dinheiro público.

Além disso, ele frisou que ficou “impressionado” com o fato de a Assembleia do RN ir além de suas atribuições normais, promovendo ações como a oferta de exames de mamografia durante a campanha Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama. “O Poder Legislativo também tem esse papel: de ser um parceiro da comunidade”.

Planejamento estratégico

O presidente da Assembleia Legislativa do RN, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), registrou que o Legis RH faz parte de um planejamento estratégico iniciado pela sua gestão em 2015.

“Além de economicidade e transparência, precisávamos investir na autoestima dos servidores. Esses foram os nossos pilares. Fizemos um time de excelência e esse time começa a colher os louros dessa dedicação e profissionalismo. Divido esse prêmio com os deputados e com todos os servidores desta Casa”, afirmou Ezequiel.

Além dos citados, também participaram da solenidade ontem o procurador-geral do Estado, Luiz Antônio Marinho; o conselheirogeral de Natal, Genildo Pereira; o secretário-geral da Unale, Gustavo Carvalho; o diretor-geral da Assembleia Legislativa do RN, Augusto Viveiros; o diretor-geral da Unale, Germano Stevens; e os deputados estaduais pelo RN Tomba Farias (PSDB), George Soares (PL), Getúlio Rego (DEM), Isolda Dantas (PT), Francisco do PT, Albert Dickson (PROS) e Hermano Morais (PSB).

Publicidade
Publicidade