BUSCAR
BUSCAR
Mercado
Varejo de material de construção cresce 6% em fevereiro
Setor de varejo de material de construção tem um índice positivo nos últimos 12 meses com acumulado total de 6%
Redação
06/03/2019 | 12:21

As vendas de material de construção cresceram 6% no mês de Fevereiro, comparado com o mesmo mês do ano anterior, segundo dados da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco).

A pesquisa ainda avaliou a expectativa dos lojistas para mês de março. De acordo com o levantamento, dois terços dos entrevistados (cerca de 65%) está otimista com o comércio neste mês, bem como com as novas estratégias e diretrizes do novo governo. Para 79% dos associados, o ambiente de negócios melhorará no Brasil.

No comparativo com o mês de janeiro, as vendas do setor apresentaram queda de 4%. A redução, segundo Cláudio Conz, presidente da Anamaco, é explicado por conta do calendário de 2019. Ele aponta que como o Carnaval não foi em Fevereiro, como é de costume, toda reforma e construção foi adiada após a folia de momo.

“Em 2018, nós tivemos faturamento recorde de R$ 122 milhões. Estamos vindo de uma crescente, mas pra gente o ano começa mesmo depois do Carnaval, que é quando as pessoas geralmente voltam a pensar em construir e reformar, porque elas demandam tempo e planejamento”, explica.

O setor, ressalta Conz, tem um índice positivo nos últimos 12 meses com acumulado total de 6%. “No bimestre apresentamos 3% de crescimento, na comparação com o mesmo período do ano passado”, completa.

Ainda conforme a pesquisa, as vendas na região norte cresceram 5% em relação a Janeiro. Em termos de volume, a região também apresentou um desempenho diferenciado. Um total de 52% dos lojistas afirmaram que as vendas cresceram 10%, enquanto 30% dos associados afirmaram que as vendas subiram até 20%. Já 17% registram um aumento ainda mais significativo, de quase 30% no volume total do que foi comercializado.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.