BUSCAR
BUSCAR
Reforma
União vai ajudar Estados, mas contrapartidas são necessárias, afirma Temer
'União está disposta a ajudar os Estados. Para ajudar, precisamos de contrapartida a ser dada pelos Estados', disse
Por Agência Estado
07/03/2017 | 10:56

O presidente Michel Temer reafirmou o discurso que a União poderá ajudar os Estados. Para isso, porém, exige contrapartidas “União está disposta a ajudar os Estados. Para ajudar, precisamos de contrapartida a ser dada pelos Estados”, disse, ao comentar que a crise estadual tem revelado a necessidade de outra reforma: a da Previdência.

Ao citar que a reforma da Previdência é “mais delicada e complicada”, Temer disse que a frágil situação dos Estados deve ser usada como lembrança da necessidade de reforma no tema. Para o presidente, a situação do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais e outros Estados tem raiz na questão previdenciária Na avaliação de Temer, a União tem interesse na melhora da situação fiscal dos Estados e também fará esforço. “Isso vai significar que a União terá de aportar recursos e, quem sabe até, deixar de cobrar dívidas”.

Ainda sobre a reforma previdenciária, Temer defende que a sociedade precisa se conscientizar. “A reforma previdenciária tem como interesse o País e não um interesse político”, disse, ao sugerir que os críticos à reforma deveriam propor outras soluções para o problema.

Temer lembrou que cerca de 66% terão aposentadoria integral – grupo que recebe apenas um salário mínimo. “Quem se opõe é o grupo restante. Quem reclama é quem ganha muito mais, está acima, tem aposentadoria precoce antes da Previdência Geral”, disse o presidente.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.