BUSCAR
BUSCAR
Preocupação
Rio tem casos de coronavírus em 100 bairros, com Barra e Leblon no topo e chegada à Rocinha
No domingo, capital fluminense atingiu a marca de mil casos confirmados. Secretário estima que o número pode ser até dez vezes maior
G1
06/04/2020 | 09:09

A cidade do Rio de Janeiro ultrapassou a marca de mil casos confirmados de coronavírus no último domingo (5), com 1.068 em mais de 100 bairros. São 64 mortes.

A orla das zonas Oeste e Sul concentra a maioria dos registros, liderados por Barra da Tijuca (102), Leblon (61), Copacabana (53) e Ipanema (24).

A Rocinha, maior favela da cidade, registrou os primeiros casos no último domingo: quatro, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde.

Há também registros nas comunidades de Vigário Geral (2), Cidade de Deus (1), Complexo do Alemão (1) e Vidigal, por exemplo.

O número de casos em favelas não é preciso, já que na contagem das autoridades alguns bairros inteiros levam os nomes das comunidades.

covid 3
Casos de coronavírus na cidade do Rio até 5 de abril — Foto: Reprodução

Especialista teme efeito ‘devastador’

No fim do mês passado, especialistas manifestaram preocupação com a chegada do Covid-19 nas áreas mais pobres.

“Os primeiros casos no Rio ocorreram de pessoas que estavam circulando no exterior, que são, normalmente, as pessoas com mais poder aquisitivo. Agora, há pessoas que trabalham nessas casas na Zona Sul e na Barra. Babás, empregadas, diaristas, motoristas que vem de regiões mais pobres e que vão levar o vírus para suas casas”, diz o infectologista Edimilson Migowski.

A chegada do vírus às favelas tende a fazer com que os casos de doença se multipliquem, afirmam os especialistas. O motivo são as condições de moradia e a falta de saneamento básico oferecido pelo poder público.

“É uma situação preocupante porque, se o vírus entrar numa comunidade mais pobre vai ser devastador. Serão muitos casos”, conclui ele.

Na semana passada, o secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, estimou que o número de casos pode ser até 10 vezes maior. Isso porque o estado ainda não consegue fazer testes em massa e, segundo ele, há de 60% a 70% de casos assintomáticos.

Lista por bairros

  1. Barra da Tijuca 102
  2. Leblon 61
  3. Copacabana 53
  4. Ipanema 48
  5. Botafogo 36
  6. Lagoa 30
  7. Tijuca 29
  8. Flamengo 23
  9. São Conrado 21
  10. Jardim Botânico 19
  11. Jacarepaguá 17
  12. Laranjeiras 16
  13. Vila Isabel 13
  14. Gávea 11
  15. Humaitá 8
  16. Recreio 8
  17. Centro 7
  18. Grajaú 7
  19. Maracanã 7
  20. Irajá 6
  21. Leme 6
  22. Manguinhos 6
  23. Méier 6
  24. Bangu 5
  25. Campo Grande 5
  26. Freguesia (Jacarepaguá) 5
  27. Itanhangá 5
  28. Recreio Bandeirantes 5
  29. Benfica 4
  30. Bonsucesso 4
  31. Cosmos 4
  32. Outra cidade 4
  33. Realengo 4
  34. Rocinha 4
  35. São Cristóvão 4
  36. Taquara 4
  37. Bento Ribeiro 3
  38. Cosme Velho 3
  39. Curicica 3
  40. Engenho novo 3
  41. Guadalupe 3
  42. Inhaúma 3
  43. Lins de Vasconcelos 3
  44. Marechal Hermes 3
  45. Padre Miguel 3
  46. Quintino Bocaiuva 3
  47. Rio Comprido 3
  48. Santa Teresa 3
  49. Anchieta 2
  50. Anil 2
  51. Cachambi 2
  52. Catete 2
  53. Catumbi 2
  54. Coelho Neto 2
  55. Colégio 2
  56. Del Castilho 2
  57. Deodoro 2
  58. Engenho da Rainha 2
  59. Estácio 2
  60. Estrangeiro 2
  61. Guaratuba 2
  62. Higienópolis 2
  63. Jardim Guanabara 2
  64. Joá 2
  65. Olaria 2
  66. Parada de Lucas 2
  67. Pavuna 2
  68. Pechincha 2
  69. Piedade 2
  70. Santa Cruz 2
  71. Turiaçú 2
  72. Urca 2
  73. Vargem Grande 2
  74. Vigário Geral 2
  75. Vila da Penha 2
  76. Vila Valqueire 2
  77. Vista Alegre 2
  78. Andaraí 1
  79. Bancários 1
  80. Brás de pina 1
  81. Caju 1
  82. Camorim 1
  83. Cascadura 1
  84. Cidade de Deus 1
  85. Cidade nova 1
  86. Complexo do Alemão 1
  87. Freguesia (Ilha do Governador) 1
  88. Inhoaíba 1
  89. Jardim Sulacap 1
  90. Madureira 1
  91. Paciência 1
  92. Pilares 1
  93. Portuguesa 1
  94. Praça da Bandeira 1
  95. Praça seca 1
  96. Ramos 1
  97. Riachuelo 1
  98. Rocha 1
  99. Rocha Miranda 1
  100. Santíssimo 1
  101. Saúde 1
  102. Senador Camará 1
  103. Sepetiba 1
  104. Vaz lobo 1
  105. Vidigal
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.