BUSCAR
BUSCAR
Carga clandestina
Receita flagra 1,7 tonelada de cocaína em carga de frutas no Porto de Santos
Ao todo, 14 estrados armazenavam cocaína; destino final seria o Porto de Cartagena, na Espanha, com baldeação no Porto de Algeciras, no mesmo país
Agência Estado
11/03/2019 | 11:28

A Alfândega da Receita Federal apreendeu na sexta-feira, dia 8, mais de 1,7 tonelada de cocaína em carga com destino à Europa no Porto de Santos (SP), na Baixada Santista. De acordo com o órgão, é a maior quantidade de droga encontrada dentro de um contêiner do terminal.

A droga estava escondida dentro de caixas de papelão distribuídas em estrados junto com outras caixas com limões frescos. Ao todo, 14 estrados armazenavam cocaína. O destino final seria o Porto de Cartagena, na Espanha, com baldeação no Porto de Algeciras, no mesmo país.

O contêiner foi escolhido para fiscalização após escaneamento do conteúdo e o apoio de cães farejadores. Segundo a Receita, a suspeita é de que se trata de uma tática conhecida como “rip-on, rip-off”, na qual a droga é inserida numa carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

A cocaína apreendida foi entregue à Polícia Federal (PF), que ficará responsável pelas investigações.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.