BUSCAR
BUSCAR
Entenda
Ministério da Educação divulga regras para o Fies do segundo semestre de 2019
Estudantes interessados no auxílio devem se inscrever no processo seletivo a partir do dia 25 de junho até 1º de julho, exclusivamente na página do Fies
Agência Estado
31/05/2019 | 14:40

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta segunda-feira, 31, o regulamento do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) referente ao segundo semestre de 2019. O edital foi publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Os estudantes interessados no auxílio devem se inscrever no processo seletivo a partir do dia 25 de junho até 1º de julho, exclusivamente na página do Fies.

O resultado da pré-seleção na modalidade Fies ou na P-Fies será divulgado em 9 de julho. No primeiro caso, o resultado será constituído de chamada única e de lista de espera. Já o P-Fies terá apenas a primeira chamada.

Os candidatos pré-selecionados na modalidade Fies deverão acessar o FiesSeleção e complementar sua inscrição para contratação do financiamento no referido sistema, no período de 10 a 12 de julho de 2019. A pré-seleção dos participantes da lista de espera ocorrerá no período de 15 a 23 de julho.

Regras
Para concorrer a uma vaga é necessário que o estudante tenha feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e obtido nota acima de zero na redação.

Para obter o financiamento, o interessado deve possuir renda familiar mensal bruta per capta de, no máximo, três salários mínimos por membro, além de estar matriculado em um curso superior cadastrado no programa e que seja reconhecido pelo MEC. Candidatos inadimplentes com o programa ou que já tenham sido contemplados anteriormente não podem participar.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.