BUSCAR
BUSCAR
Educação
MEC amplia prazos do Sisu ao identificar “inconsistências” em 6 mil notas do Enem
Ministério da Educação diz que identificou e promoveu a correção de “inconsistências” em cerca de 6 mil notas do Enem 2019; cadastro no Sisu teve ampliação nas inscrições e ficará aberto desta terça-feira, 21, até as 23h59 do próximo domingo, 26
Redação
21/01/2020 | 06:04

O Ministério da Educação manteve a abertura do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para esta terça-feira, 21. Serão ofertadas 13.351 mil vagas em quatro instituições de ensino superior públicas no Rio Grande do Norte. As inscrições seguem até o domigo, 26.

As inscrições no Sisu acontecem em meio à crise relacionada com a revisão das notas do Enem. Após vários participantes reclamarem das notas nos últimos dias, o Ministério da Educação promoveu ação para recorrigir provas, com prazo de solicitação se encerrando nesta segunda-feira, 20. Ao todo, mais de 75 mil pessoas pediram para que as suas provas fossem corrigidas.

Nesta segunda-feira, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que os erros na correção do Enem atingiram menos de 6 mil provas feitas.

Segundo a pasta, o problema aconteceu no segundo dia de provas e ocorreu em quatro cidades: Alagoinhas (BA), Viçosa (MG), Ituiutaba (MG) e Iturama (MG). A justificativa dada para a “inconsistência” na correção do exame foi por ter havido problemas na impressão da prova.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia responsável pela aplicação do Enem, houve inconsistência na transmissão de dados que a gráfica envia ao Inep para processamento das notas. A ocorrência gera contradições na associação entre o participante e a cor de sua prova, o que causa impacto na média de proficiência.

O MEC também resolveu ampliar o prazo de inscrições no Sisu. Anteriormente, o cadastro poderia ser feito até a sexta-feira, 24, mas foi ampliado para o domingo. O órgão não justificou o motivo da mudança.

O sistema permite a disputa de uma vaga nas universidades públicas participantes. São 237.128 vagas em 128 instituições de todo o país.

Para participar do Sisu, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação. Uma vez por dia, o Ministério da Educação (MEC) divulga na página do Sisu as notas de corte, que são as menores para os candidatos ficarem entre os selecionados na modalidade escolhida. A nota de corte é calculada com base no número de vagas e no total de candidatos inscritos.

A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição. Ela não garante que o estudante seja selecionado.

Cronograma

De acordo com o cronograma atual, as inscrições para o Sisu podem ser feitas de 21 a 24 de janeiro. No dia 28 de janeiro será divulgado o resultado da seleção. Os estudantes que forem aprovados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro.

Aqueles que não forem selecionados poderão ainda participar da lista de espera. O prazo para se candidatar é de 29 de janeiro a 4 de fevereiro. Os candidatos em lista de espera serão convocados pelas próprias instituições de ensino, entre 7 de fevereiro e 30 de abril.

Vagas do Sisu no RN

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – 6.933
Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) – 2.710
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) – 2.430
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) – 1.278

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.