BUSCAR
BUSCAR
Mãe de primeira viagem
Marília Mendonça abre o coração sobre dificuldades na gestação e autoestima
A mamãe de primeira viagem contou que ainda não enxergou o famoso “brilho” da maternidade
Hugo Gloss
01/08/2019 | 11:37

A diva da sofrência, Marília Mendonça, que está esperando seu primeiro filho, abriu o coração em suas redes sociais sobre como tem sido sua experiência com a gestação. Sempre autêntica, a voz de “Todo mundo vai sofrer” compartilhou um pouco das suas dificuldades com roupas para os shows e a autoestima com sua estética.

Enquanto o pequeno Léo não chega, os papais Marília Mendonça e Murilo Huff têm cumprido uma agenda extensa de shows e compromissos. Mas, para a mamãe sertaneja, o negócio tá ainda mais complicado. Na terça-feira, 30, a cantora contou nos stories do seu Instagram que encontrar roupas confortáveis para se apresentar nos shows é uma missão impossível.

“Quero falar com vocês: preparem-se para me ver repetir roupa durante a gravidez. Nossa agenda tem mais de 22 shows no mês. Junho foi assim, julho também. Graças a Deus. Precisamos comprar muitas fraldas, mas é muito difícil achar roupa para grávida que não aperte a barriga. Roupas para show é difícil encontrar, então vou repetir roupa. A gente lava roupa aqui em casa“, disse aos risos.

A mamãe de primeira viagem também contou que ainda não enxergou o tal “brilho” da maternidade. “Por favor, gente, não vão [aos shows] focados nisso [das roupas], nem na minha beleza extraordinária porque não estou nada linda. Estou com a cara inchada e tudo mais, mas minha voz segue intacta. Acho até que ela melhorou durante a gravidez. Deve ser felicidade desta alegria“, orgulhou-se.

Assim como Tatá Werneck e outras mamães famosas, Marília Mendonça faz questão de ser bem sincera sobre os perrengues da gestação e evita ao máximo romantizar coisas que, na verdade, são bem difíceis de lidar. “Vou falar um trem pra vocês. Acho muito lindo mulheres grávidas que ficam de boa usando salto, com roupa apertada. O máximo que consigo usar mais apertadinho é um vestido e tal. Não dá, incomoda, é muito ruim“, reclamou.

“Eu sempre me incomodei com isso. Para cantar, ficar feliz, sorrir no palco, eu preciso estar confortável, preciso estar bem. Se a calça começar a apertar, vou fazer uma cara feia e as pessoas vão pensar: ‘Quem é essa chata aí?’ Mas eu admiro mães que conseguem usar salto. Nunca consegui usar salto nem quando não estava grávida, imagina agora. A vida não é este mar de rosas, não“, finalizou.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.