BUSCAR
BUSCAR
Previsível
Mais cara, arrecadação da Mega cai 31% em 2016; prêmios ficam em R$ 1,2 bi
A crise econômica foi usada como justificativa pela Caixa Loterias, promotora da Mega, para a queda
Redação
29/12/2016 | 20:15

A Caixa Loterias viu sua arrecadação com a Mega-Sena cair 31% em relação a 2015. Com seus 114 concursos regulares realizados entre 2 de janeiro e 24 de dezembro, a Mega obteve R$ 4,37 bilhões neste ano, o que equivale a uma média de R$ 38,5 milhões por sorteio.

A queda aconteceu apesar de este ano ser o primeiro em que as apostas em todos os concursos custavam o mesmo valor: R$ 3,50. Em 2015, um jogo simples da Mega era feito com R$ 2,50 nos primeiros cinco meses do ano. No dia 24 de maio, passou a vigorar o reajuste de 40%, que acabou interferindo até no aumento da inflação no país na ocasião.

Mesmo assim, a quantidade arrecadada foi maior no ano passado. Em 2015, foram gastos R$ 6,33 bilhões em apostas em 109 concursos, uma arrecadação de cerca de R$ 58,1 milhões por sorteio.

Até em 2014, quando a aposta era mais barata (R$ 2,00) e foram feitos 104 concursos, a arrecadação foi maior que a de 2016: R$ 5,37 bilhões.

Para o cálculo, não foi considerada a “Mega da Virada” de 2015 porque a regra é diferente, já que o prêmio não acumula para o concurso seguinte. Neste caso, se não há acertador da sena, a premiação é dividida entre quem adivinhou os números da quina, o que não aconteceu nos sorteios comuns.

É a crise

A crise econômica foi usada como justificativa pela Caixa Loterias, promotora da Mega, para a queda. “A variação da arrecadação guarda relação com o momento macroeconômico atual do país, tal como diversos segmentos do mercado”, disse, por e-mail, o gerente nacional de Produtos Lotéricos da Caixa, Edilson Carrogi.

Ele preferiu não mencionar qual era a arrecadação esperada para 2016, mas disse que as “estimativas vão sofrendo reprogramações ao longo do ano, para mais ou para menos, de acordo com diversas variáveis, tais como acumulações de prêmios, quantidade de concursos”.

Carrogi, porém, vê um fator positivo a partir das apostas mais caras. “Os realinhamentos de preço havidos foram benéficos para o produto e para o próprio apostador na medida em que o volume de prêmios ofertados também cresceu na mesma medida.”

É possível compreender a fala do gerente da Caixa Loterias na prática ao se observar os dez maiores prêmios da história dos concursos regulares da Mega-Sena [veja a lista abaixo]. De todos eles, quatro foram registrados depois que as apostas passaram a custar R$ 3,50.

 

 

Fonte: Terra

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.