BUSCAR
BUSCAR
Política
Justiça manda Bolsonaro pagar multa a Jean Wyllys por fala de 2017
A determinação envolve um processo de 2017, no qual Bolsonaro processou Wyllys e requereu indenização de R$ 22 mil por danos morais
Jovem Pan
10/08/2020 | 08:26

O presidente da República, Jair Bolsonaro, perdeu processo contra o Jean Wyllys. O presidente terá 15 dias, após a citação, para pagar uma multa de R$ 2.600 ao ex-deputado e honorários de seu advogado. A decisão é do juiz Leonardo de Castro Gomes, da Quadragésima Sétima Vara Cível do Tribunal de Justiça, do Rio de Janeiro. A determinação envolve um processo de 2017, no qual Bolsonaro processou Wyllys e requereu indenização de R$ 22 mil por danos morais.

Na ocasião, o então deputado Jair Bolsonaro moveu a ação sob alegação que Jean Wyllys o chamou de “boquirroto”, “fascista” e “nepotista”. A Justiça não considerou procedente a reclamação e negou o pedido. O presidente foi condenado a pagar multas pelos embargos apresentados e deverá repassar 10% da causa a título de honorário ao advogado de Jean Wyllys. A ação não cabe mais recurso.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.