BUSCAR
BUSCAR
Liminar
Justiça de Curitiba proíbe ações de população por conta de depoimento de Lula
Acampamentos em ruas e praças da cidade foram proibidos; liminar vale desta segunda-feira, 08, até quarta, 10, quando ex-presidente será interrogado por Moro
Redação
08/05/2017 | 10:38

A Prefeitura de Curitiba conseguiu uma liminar na Justiça que proíbe acampamentos em ruas e praças da cidade, além da passagem de pedestres e veículos em locais específicos. A razão da medida ter sido tomada, é o depoimento do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que ocorrerá às 14h de quarta-feira,10, no prédio da Justiça Federal. Lula será interrogado pela primeira vez por Sérgio Moro, juiz responsável por processos da Operação Lava Jato.

A juíza Diele Denardin Zydek, da 5ª Vara da Fazenda Pública, afirmou que a proibição vale entre as 23h desta segunda-feira, 08, até às 23h de quarta-feira, 10. No caso de montagem de estruturas e de acampamentos nas ruas e praças da capital paranaense, haverá multa diária de R$ 50 mil.

Já a pena para pedestres e veículos que adentrarem a zona delimitada, é uma multa diária de R$ 100 mil ou de R$ 50 mil, com exceção de moradores e trabalhadores que estiverem cadastrados. Segundo a administração municipal, a medida de proibir os acampamentos, visa garantir a segurança da população no entorno do prédio da Justiça Federal e assegurar a segurança pública.

A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) do Paraná já havia determinado bloqueios em um raio de 150 metros da sede da Justiça Federal e separado os espaços para as manifestações favoráveis e contrárias a Lula. Na decisão, a juíza citou o “Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), demais movimentos e indivíduos que se encontrarem nos locais indicados”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.