BUSCAR
BUSCAR
Tecnologia
Inteligência artificial vira aliada de cientistas na luta contra a Covid-19
O sistema combina dois algoritmos e determina, em uma escala de 0 a 100, qual é a probabilidade de um paciente estar contaminado
Jovem Pan
10/08/2020 | 08:37

Um sistema desenvolvido pelo Hospital das Clínicas de São Paulo que identifica lesões pulmonares por meio da inteligência artificial está ajudando médicos a diagnosticar pacientes infectados pelo novo coronavírus. A ferramenta ganhou o nome RadVid-19 e está sendo usada desde abril. O sistema combina dois algoritmos e determina, em uma escala de 0 a 100, qual é a probabilidade de um paciente estar contaminado.  O vice-diretor do Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas, Marcio Sawamura, explica que a análise é feita pela ferramenta a partir de imagens de raio-X e tomografias de tórax que mostram anomalias nos pulmões.

Em casos de pacientes regulares, é possível até comparar a situação atual com exames mais antigos.  A professora do Departamento de Radiologia e Oncologia da Universidade de São Paulo, Cláudia da Costa Leite, diz que a tecnologia tem ajudado a acelerar a descoberta dos casos de Covid-19. O sistema RadVid-19 já está sendo usado em 43 hospitais, 60% deles da rede pública. Depois de fazer o cadastro, que é de graça, os médicos podem subir as imagens do paciente para a plataforma e receber a avaliação.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.