BUSCAR
BUSCAR
Medida
Governo federal queria aprovar projeto de redução de salário e carga horária
Sem essa alternativa o governo partiu para um pacote na área econômica com propostas que já tramitam no Congresso, já chamado de “café requentado”
Estadão
22/02/2018 | 09:31

Como alternativa ao fracasso da reforma da Previdência, o governo queria que o Congresso aprovasse uma proposta de redução de jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais e de salários. O apelo foi feito pelo governo ao presidente do Congresso, Eunício Oliveira (MDB-CE), que recusou votar medida nesse sentido. “Sugestão de pauta eu aceito. Não aceito é determinação estranha para pautar”, respondeu Eunício.

Sem essa alternativa o governo partiu para um pacote na área econômica com propostas que já tramitam no Congresso, já chamado de “café requentado” pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A proposta da redução da jornada e dos salários seria apresentada pelo governo caso Eunício topasse colocar o tema na pauta do Congresso. (Andreza Matais)

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.