BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Editorial: Brasil das oportunidades
A intenção de Rodrigo Maia é estreitar laços com líderes mundiais ignorados ou atacados pelo presidente Jair Bolsonaro
Redação
12/12/2019 | 05:00

Com uma política externa desastrosa sob todos os sentidos e sem base de sustentação no Congresso, é natural que os vácuos de poder sejam ocupados tendo em vista a sucessão de 2022, por mais prematura que seja esse debate num país normal. Não é o caso do Brasil.

Momento certo para que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), saia em tour pela Europa, onde o aguarda uma série de compromissos como representantes de organismos internacionais.

Interlocutores do presidente da Câmara ouvidos pelo jornal Globo confirmam o óbvio: a intenção de Maia é estreitar laços com líderes mundiais ignorados ou atacados pelo presidente Jair Bolsonaro.

A programação começa esta semana em Genebra, na Suíça, onde o filho de César Maia tem encontros com representantes da Organização Mundial do Comércio (OMC) e a ex-presidente do Chile Michelle Bachelet, atual comissária da Organização das Nações Unidas (ONU) para direitos humanos.

Espaços a ocupar não faltam.

Desancada por Bolsonaro nos primeiros dias de governo, a China é hoje o grande cliente do agronegócio brasileiro e cultiva a ideia de ter no país um grande comprador de sua tecnologia 5G, o que é estratégico em sua guerra comercial contra os EUA.

Com a birra de Bolsonaro contra a Argentina, por conta de seu presidente eleito com viés de esquerda, o Brasil já começou a perder dinheiro, tendo em vista ser o país vizinho o nosso grande parceiro comercial no Continente.

Obcecado pelo tal “globalíssimo”, o presidente dá chances generosas para atores influentes como Maia e outros encenem passos que lembrem as de um primeiro-ministro em pleno regime presidencialista.

Outro problema para Bolsonaro tem nome: Sérgio Moro e sua popularidade, maior que a do chefe, fortemente presente no bolsonarismo.

Tudo isso abre oportunidades de ouro para uma monumental disputa de poder na qual, infelizmente, neste momento, só o Brasil perde.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.