BUSCAR
BUSCAR
Apreciação
Comissão deve analisar nesta terça-feira MP que adia reajuste de servidores
Segundo o governo, se aprovado pelo Congresso Nacional, o adiamento dos aumentos deve gerar uma economia de R$ 4,7 bilhões
Agência Estado
12/11/2018 | 17:09

A reunião para a instalação da comissão especial para analisar a medida provisória 849/2018, que adia o reajuste dos servidores civis federais de 2019 para 2020, foi adiada. Ela estava marcada para esta segunda-feira, 12, mas por falta de quórum, foi remarcada para esta terça, 13.

A comissão deverá escolher o presidente e o relator da proposta, que deverá ser analisada tanto pela Câmara quanto pelo Senado. Ela foi editada pelo presidente Michel Temer em 3 de setembro e é tida como uma das propostas em tramitação no Congresso para ajudar no reequilíbrio das contas públicas.

Segundo o governo, se aprovado pelo Congresso Nacional, o adiamento dos aumentos deve gerar uma economia de R$ 4,7 bilhões.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.