BUSCAR
BUSCAR
Suplementação
Aminoácidos trazem diferentes benefícios para a saúde
Entre eles, a Glutamina e a Arginina são úteis para esportistas, mas também tem benefícios a quem não pratica atividade física
Redação
27/01/2020 | 16:34

Entre os atletas e para as pessoas que buscam o corpo ideal, musculoso e sem gorduras, é importante ressaltar a importância do consumo de proteína para conseguir os melhores resultados físicos. As proteínas, responsáveis pela construção dos músculos, que aumentam o metabolismo e contribuem para a queima de gordura, são fundamentais na fisiologia e na formação celular do nosso corpo.

Essas proteínas são formadas pela união de aminoácidos, que são os nutrientes construtores do organismo. Por causa disso, é normal que praticantes de musculação ou outras atividades físicas consumam as doses diárias recomendadas de aminoácidos.

Existem vários tipos de aminoácidos no organismo que são encontrados em diferentes fontes e com propriedades muito particulares. Algumas delas são inclusive ingeridas na forma de suplementos: comprar L-Glutamina 500 mg, por exemplo, é uma opção comum entre quem pretende levar um estilo de vida mais saudável. O mesmo se aplica à Arginina – que, apesar de igualmente benéfica, tem um efeito diferente sobre o organismo.

Glutamina e Arginina são bons suplementos para atletas

Seja entre pessoas empenhadas em ter o corpo dos sonhos ou atletas de elite, o consumo de suplementos é comum. Os aminoácidos estão entre os mais populares, já que eles são famosos por auxiliar na recuperação e no aumento da massa muscular. Quando usados junto com uma boa rotina de exercícios e a uma alimentação balanceada, eles de fato são úteis para se obter melhores resultados.

Apesar disso, antes de começar a consumir qualquer aminoácido, é preciso definir seus objetivos e conhecer seus efeitos. Desse modo, é possível escolher o melhor suplemento.

Arginina melhora a circulação

A circulação é uma das funções mais importantes para o corpo. No caso de quem pratica atividades físicas, ela é essencial para distribuir tanto oxigênio quanto nutrientes ao tecido muscular, evitando lesões e melhorando os resultados.

O aminoácido mais indicado para quem pretende melhorar a circulação é a Arginina. Por ser vasodilatadora, ela aumenta o aporte de nutrientes distribuídos pelo organismo, melhorando o quadro geral de saúde. Ela pode ser encontrada em alimentos como ovos, grãos, carnes e alho.

Glutamina atua na função intestinal e promove renovação celular

O intestino pode ser um dos grandes inimigos de quem sonha em ter uma barriga chapada. Isso pois, quando o trânsito intestinal não é eficiente, há um aumento no volume do abdômen, dando a impressão de ganho de peso.

Felizmente, existe um aminoácido que pode ajudar com isso: a glutamina. Responsável por fornecer combustível a diversas células do organismo, essa substância ajuda o corpo a manter suas funções normalmente, mesmo em época de estresse. Portanto, é útil para melhorar tanto a performance de atletas quanto os resultados de quem frequenta a academia.

Como a Glutamina atua nas funções básicas do organismo, nota-se que ela serve de apoio para a renovação celular. Assim, ela é uma boa forma de acelerar a cicatrização após uma cirurgia, por exemplo.

Além disso, o processo de recuperação muscular, também acontece por meio da renovação das células. Após o rompimento de fibras causado pela atividade física, a estrutura se regenera, resultando em fortalecimento e em aumento de massa. Por conta disso, a glutamina é aliada de quem tem a hipertrofia como meta.

Aminoácidos podem ser obtidos pela alimentação e suplementos

Via de regra, boa parte das pessoas consome a dose necessária de aminoácidos a partir da alimentação. Isso acontece especialmente quando o cardápio é elaborado por um nutricionista: esse profissional é treinado para fazer esse tipo de cálculo.

Entretanto, há pessoas cuja rotina faz com que o corpo tenha necessidades energéticas acima da média. Há, ainda, aqueles que têm um cotidiano sem tempo para cozinhar refeições completas, fazendo com que haja danos à saúde e/ou uma alimentação inadequada para o atingimento de suas metas físicas.

Nesses casos, arcar com o preço da L-Arginina e de outros aminoácidos é um investimento importante e bem aplicado. Tais produtos permitem ingerir essas substâncias de uma forma mais concentrada, ajudando a atingir os níveis mínimos recomendados por profissionais de saúde de uma forma mais rápida e prática.

Ingestão de suplementos deve ser acompanhada por profissional de saúde

Por mais que, via de regra, os suplementos sejam benéficos para a saúde, é fundamental que o seu consumo seja acompanhado por um profissional da área. Além de assegurar melhores resultados, isso evita efeitos adversos, incluindo aqueles que representam graves danos ao corpo.

Por exemplo: se o poder de renovação celular da glutamina é útil para boa parte das pessoas, ele pode representar um grave risco as pessoas com câncer, já que a substância tende a acelerar a proliferação de todas as células, inclusive as doentes.

Além disso, é essencial que todo e qualquer suplemento seja comprado em um estabelecimento de confiança. Do contrário, existe o risco de adquirir um produto adulterado, que não surtirá o efeito desejado e poderá até mesmo causar danos à saúde.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.