BUSCAR
BUSCAR
Efeito Covid-19
10 milhões de crianças podem abandonar a escola, aponta ONG
Pandemia agrava a situação dos mais vulneráveis com aponta o relatório global do grupo britânico de direitos humanos Save the Children
Redação
13/07/2020 | 15:31

A ONG britânica de direitos humanos Save the Children apresentou nesta segunda-feira (13) um relatório global em que aponta que, por conta da pandemia do novo coronavírus, 9,7 milhões de crianças correm o risco de não retornarem à escola.

De acordo com o relatório, as crianças mais pobres e em situação de maior vulnerabilidade correm um risco maior de evasão escolar. A ONG considera que estamos vivendo um momento de “Urgência Educacional Mundial”.

Somente no mês de abril, mais de 1,6 bilhões de estudantes estavam fora da escola, “pela primeira vez na história da humanidade uma geração inteira viu o retorno escolar suspenso,” destaca o relatório. Antes da pandemia, segundo estudo da ONG, 258 milhões de crianças não estavam estudando.

A Save the Children alerta para o risco da pandemia agravar ainda mais o financimaneto da educação, as desiguldades sociais e também as desigualdades de acesso escolar entre meninos e meninas. 

Em 12 países, principalmente no centro e no oeste da África, assim como no Iêmen e no Afeganistão, as crianças enfrentam um “risco muito grande” de não voltar à escola após o confinamento, especialmente as meninas.

*Com informações do R7

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.