Com Arena cheia, América empata sem gols com a Jacuípense-BA

Diante de mais de 13 mil torcedores na Arena das Dunas, o América lutou bravamente diante da Jacuipense-BA mas não conseguiu furar a marcação adversária na tarde deste domingo, 30, em duelo válido pela partida de ida das oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. O placar de 0 a 0 não era o esperado pelos torcedores, que saíram de campo frustrados.

Dentro das quatro linhas, o que se viu foi uma partida muito truncada, mas que também teve seus bons momentos. O América, apesar de ter criado muito pouco se comparado com suas últimas atuações, conseguiu chegar por duas vezes em viás aéreas, mas não conseguiu aproveitar. A Jacuipense, por sua vez, também chegou duas vezes, sendo a melhor delas já no segundo tempo, parando no goleiro rubro Ewerton.

Após o jogo, o técnico americano Moacir Júnior tentou passar tranquilidade aos torcedores. Em entrevista coletiva, disse que a dificuldade da partida já era esperada, embora tenha admitido certa frutração pela falta do gol que poderia ter garantido a vitória e uma vantagem para o duelo de volta, agendado para o próximo domingo, 7, em Riachão do Jacuípe-BA.

“Não esperávamos nada muito diferente do que vimos aqui hoje. O adversário tem qualidade, fez uma marcação alta que dificultou bastante nossas jogadas. Apesar de não ter ganhado esse jogo em casa, vamos pra lá com a possibilidade dos dois resultados: a vitória pra passar direto, e o empate pra levar para os pênaltis. Isso nos dá uma certa tranquilidade”, declarou o comandante.

Reformulado, ABC faz bom jogo e empata com o Náutico em Recife

O ABC enfrentou o Náutico-PE neste sábado, 29, no Estádio dos Aflitos, na cidade de Recife (PE), em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, fez uma boa partida e ficou no empate em 1 a 1. Ivan fez o gol abecedista, enquanto Thiago marcou para os donos da casa.

Com o resultado, o Alvinegro natalense chegou aos seis pontos ganhos e ficou na 10ª colocação na classificação do Grupo A. A próxima partida na competição está marcada para o sábado, 6, diante do Treze-PB, às 18h, no Frasqueirão.

O duelo contra a equipe paraibana será um confronto direto na luta contra o rebaixamento para a Série D. Se vencer, o Alvinegro pode igualar o número de pontos do adversário e ganhar mais confiança para os jogos seguintes da competição.

Criança morre após ser arremessada de prédio que pegou fogo em Curitiba

Um menino de 11 anos morreu neste sábado, 29, após ser arremessado do 6º andar de um prédio durante uma explosão, em Curitiba, no Paraná. A informação foi confirmada pelo Hospital do Trabalhador, onde a criança estava internada.

Mateus Lamb foi jogado do apartamento em que estava com a força da explosão. Outras três pessoas ficaram feridas e estão internadas no Hospital Universitário Evangélico Mackenzie.

De acordo com o hospital, Mateus passou pela segunda cirurgia neurológica, mas não resistiu. Antes de ser internado, ele foi reanimado pelos bombeiros, depois de ter uma parada cardiorrespiratória.

Sua irmã, Raquel Lamb, de 23 anos, que mora no apartamento em que houve a explosão, está em estado grave. O estado de saúde de Gabriel de Araújo, de 27 anos, marido de Raquel, é estável. A terceira vítima é Caio Santos, de 30 anos, técnico que prestava um serviço no imóvel. Ele também está em estado grave.

Uma explosão foi registrada no imóvel e, então, houve o incêndio, segundo Polícia Militar. O apartamento fica no último andar do prédio, localizado no bairro Água Verde. As paredes do apartamento desabaram, e as chamas tomaram conta dos cômodos. A situação aconteceu por volta das 9h30.

Foragido há 39 anos, potiguar é preso no Rio de Janeiro

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), conseguiu localizar o autor de um assassinato cometido em 1980 e que estava foragido da Justiça. João Maria de Almeida Bezerra, de 58 anos, foi preso em uma ação conjunta com o Ministério Público do Rio de Janeiro. Ele é condenado a 12 anos de prisão pelo assassinato de João Zito da Cunha, crime cometido em Natal.

João Maria de Almeida Bezerra e dois irmãos, segundo apurou a polícia potiguar na época do crime, mataram João Zito com socos e chutes após uma discussão na saída de um bar na Praia do Meio.

Os três irmãos foram presos em flagrante, mas fugiram anos depois se aproveitando de uma licença para passar o feriado da Semana Santa em casa. Desde então, os três estavam foragidos.

O Gaeco/MPRN, através de um trabalho investigativo realizado pelo Projeto Memória, localizou João Maria na cidade do Rio de Janeiro. O MPRN enviou ao MPRJ o mandado de prisão expedido contra o autor do assassinato e ele foi detido.

A Guia de Execução Penal Definitiva de João Maria será encaminhada à Justiça do Rio de janeiro, onde dele deverá cumprir a pena a qual foi condenado.

Contatos

A população pode colaborar com o MPRN na localização de criminosos. Para isso, o MPRN oferece um canal direto para denúncias de crimes em geral, o Disque Denúncia 127. A identidade da fonte será preservada. Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para [email protected]. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

G20 alerta para riscos ao crescimento global por tensões geopolíticas

A versão final do documento com as conclusões da cúpula do G20, ocorrida em Osaka, no Japão, destaca que a recuperação do crescimento da economia global está ameaçada pela intensificação de tensões geopolíticas e comerciais.

O documento atesta que “o crescimento global parece estar se estabilizando, e se estima em geral uma recuperação moderada neste ano e em 2020”, mas em seguida reconhece que “o crescimento continua baixo” e que “as tensões geopolíticas e comerciais se intensificaram”. O texto afirma o compromisso dos líderes do G20 em “lidar com os riscos e manter-se de prontidão para tomar novas atitudes”.

O texto reafirma também o “compromisso de usar todas as ferramentas políticas para alcançar o crescimento forte, sustentável, equilibrado e inclusivo”. Entre os desafios, foi citado o envelhecimento da população mundial, “a exigir mudanças estruturais em políticas fiscais e trabalhistas”.

Sem citar a palavra “protecionismo”, o documento frisa o compromisso por um mercado livre, justo e aberto entre os países.

A reunião do G20 ocorreu em meio a uma guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, o que tem afetado os mercados globais. Após uma reunião entre os presidentes dos dois países, neste sábado (29), ambos concordaram em retomar negociações, numa aparente trégua na disputa tarifária.

Outros temas de destaque no documento final do G20 foram a livre circulação de informações entre os países, por meio da inovação digital; os investimentos em infraestrutura; o combate à corrupção e o reforço ao empoderamento das mulheres.

“A igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres são essenciais para se alcançar um crescimento econômico sustentável e inclusivo”, diz o documento.

Um dos temas de maior atenção ao longo da cúpula do G20, o aquecimento global também teve grande destaque no documento final, que ressalta a busca por inovações que resultem na redução das emissões de gases e a geração de energia limpa.

O texto reafirma o compromisso dos países do G20 em cumprir o Acordo de Paris relativo às mudanças climáticas. Em um de seus parágrafos, porém, o documento final atesta a posição dos Estados Unidos de se retirar do acordo, sob a alegação de que prejudica seus cidadãos, conforme decisão tomada pelo presidente Donald Trump desde que assumiu o cargo, em 2016.

Trump propõe encontro a líder da Coreia do Norte neste fim de semana

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, propôs neste sábado, 29, um encontro com o líder norte-coreano, Kim Jong Un, neste fim de semana, na zona desmilitarizada (DMZ) entre as Coreias do Sul e do Norte, que a Coreia do Norte afirmou que seria significativo no avanço das relações, caso realmente aconteça.

Se Trump e Kim se encontrarem, seria a terceira vez em pouco mais de um ano, e apenas quatro meses depois de a segunda cúpula entre eles terminar sem qualquer progresso na tentativa norte-americana de pressionar a Coreia do Norte a abrir mão de armas nucleares.

A Coreia do Norte disse que um encontro no fim de semana entre Kim e Trump, que deve retornar a Washington no domingo (30), seria “significativo”, embora não tenha recebido uma proposta oficial.

Trump fez a proposta de se encontrar com Kim em um comentário no Twitter sobre sua visita à Coreia do Sul, onde ele aterrissou neste sábado, ao fim da reunião de cúpula do G20, em Osaka, no Japão.

“Uma vez lá, se o presidente Kim, da Coreia do Norte, vir isto aqui, eu o encontraria na Fronteira/DMZ apenas para apertar sua mão e dizer oi!”, disse Trump, dizendo depois que a ideia foi no calor do momento: “Acabei de pensar nisso esta manhã”.

“Se ele estiver lá, vamos nos ver por dois minutos, é tudo que podemos, mas tudo bem”, disse, acrescentando que ele e Kim “se dão muito bem”.

Por volta de cinco horas depois da proposta de Trump, um oficial importante da Coreia do Norte afirmou que uma reunião entre Trump e Kim na DMZ seria “significativa” para avançar as relações.

“Vemos como uma sugestão muito interessante, mas não recebemos uma proposta oficial”, disse a primeira vice-ministra de Relações Exteriores norte-coreana, Choe Son Hui, em um comunicado, segundo a agência de notícias estatal KCNA.

“Se uma cúpula entre RPDC e EUA for realizada na linha de fronteira, como pretende o presidente Trump, serviria como uma outra ocasião significativa para aprofundar as relações pessoais entre os dois líderes e avançar as relações bilaterais”, disse Choe.

Ela se referiu à Coreia do Norte pelo seu nome oficial, República Popular Democrática da Coreia.

Posteriormente, Trump afirmou em entrevista coletiva que “talvez nos reuniremos com o presidente Kim… Kim Jong Un foi bem receptivo”.

Ele acrescentou: “Não vamos chamar de cúpula. Vamos chamar de um aperto de mão”, e disse que ficaria muito confortável em cruzar a fronteira com a Coreia do Norte, caso se encontre com Kim na DMZ.

“Estamos trabalhando nisso no momento”, disse Trump, ao chegar a Seul, ao ser questionado se haveria uma reunião em três vias com Kim e o presidente sul-coreano, Moon Jae-In, no domingo. “Vamos ver”.

Governo Fátima formaliza comitê para negociar dívidas com fornecedores

O Governo do Rio Grande do Norte instituiu neste sábado, 29, em decreto assinado pela governadora Fátima Bezerra (PT), o Comitê de Relacionamento com Fornecedores (Coref) de bens ou serviços ao Poder Executivo.

A medida ocorre após a polêmica portaria do Comitê de Gestão e Eficiência do Estado, publicada no dia 13 de junho, na qual se determina que o Estado não utilizará recursos de arrecadação de 2019 para quitar dívidas de restos a pagar deixadas de governos passados. O valor estimado da dívida é de R$ 2,4 bilhões.

No último dia 15, o comitê de relacionamento com fornecedores foi discutido com as diretorias das federações das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) e do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio).

De acordo com o texto do decreto, o Comitê possui caráter consultivo, tendo como objetivo a orientação de políticas públicas que visem garantir a valorização das empresas potiguares, notadamente quanto ao gerenciamento das relações contratuais entre o Governo do Estado e seus fornecedores de bens ou serviços e das ações e medidas adotadas pelo Poder Executivo que os afetem diretamente.

O colegiado que será chamado para formar o comitê contará com participação, além Fiern e Fecomércio, da Federação do Comércio do RN (Fecomércio-RN), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado (FCDL) e pela Federação da Agricultura do RN (Faern).

Pelo governo do Estado, estarão no grupo representantes do Gabinete Civil e das secretarias de Planejamento (Seplan), Administração (Sead), Procuradoria-Geral do Estado e Controladoria-Geral do Estado.

Senador Jean Paul Prates critica a venda de subsidiária da Petrobras

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) reiterou as críticas à política de privatizações do governo, principalmente a venda das refinarias da Petrobras e da Transportadora Associada de Gás (TAG).

As críticas foram feitas durante a audiência da Comissão de Infraestrutura do Senado, que o novo mercado de gás brasileiro com o ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque. Segundo o ministro, a venda das subsidiárias foi uma escolha da diretoria da Petrobras.

Vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras, Jean Paul questionou o ministro se a venda da TAG teria sido uma decisão tomada pela estatal ou pelo governo.

O parlamentar advertiu que há aspectos controversos e legais quanto à venda da TAG, uma rede com 4,5 mil quilômetros de extensão de tubulações de gás no Nordeste, cujo controle acionário foi vendido por US$ 8,6 bilhões ao grupo francês ENGIE e ao fundo canadense CDPQ.

“Essa foi uma decisão da própria empresa? O Ministério jamais deu ordem para que vender a TAG?”, indagou. “Para quê vender a malha do gasoduto inteiro do Nordeste? Por quê a Petrobras tinha que fazer isto? Quem garante que o Estado Brasileiro terá a competência de regular o livre acesso?”, completou.

Em resposta, Albuquerque esclareceu que a decisão foi adotada pela Petrobras. “É política da empresa. Está no plano de negócios da Petrobras, aprovado pelo Conselho de Administração”, afirmou o ministro. “Não tem nada a ver com o ministério. A Petrobras tem interesse de propriedade e nós temos interesse público”, completou a informação o secretário-executivo do MME, Bruno Eustáquio de Carvalho.

Quebra do monopólio

O parlamentar e o ministro debateram também sobre a resolução aprovada, ontem, pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), que liberou o mercado de gás natural do país para a iniciativa privada operar no mercado nacional. A ação quebra o monopólio de gás natural no país, hoje de exclusividade da Petrobrás.

Jean Paul criticou a proposta apresentada pelo CNPE. Ele destacou que, nem todo monopólio é maligno. “Quando o ministro Paulo Guedes diz que está em guerra contra os monopólios e aponta para o monopólio natural de transporte de gás, eu vejo um Dom Quixote ali lutando contra moinhos de vento que não são ofensivos”, afirmou.

Para o parlamentar, a Agência Nacional do Petróleo deveria regular o problema do direito a passagem para outros operadores. “Qual é a novidade? Estamos agora discutindo a reinvenção da roda, tudo que vocês estão propondo já está posto e só colocar para funcionar, à exceção da quebra do monopólio locais e de transporte do gás, que é inquebrável”, criticou.

Ainda segundo Jean Paul, as projeções de queda de preço apresentadas pelo ministro Paulo Guedes são profecias que se autor realizam. “O ministro Paulo Guedes está fazendo uma profecia que vai se cumprir por si mesma. Bastar ver o gráfico de entrada do pré-sal: a partir de 2020 e 2021 vai triplicar a produção de gás no mercado. Isso é presepada, pra inglês ver”, criticou.

Paulinho Freire faz avaliação das atividades da Câmara Municipal

O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Paulinho Freire (PSDB), fez nesta sexta-feira, 28, um balanço das ações do Poder Legislativo durante o primeiro semestre de 2019.

Segundo ele, se a Casa conseguiu estabelecer uma conexão positiva com a população, não foi por excelência de um, mas de todos os parlamentares e servidores.

De acordo com Paulinho, tramitaram na Câmara 158 projetos e 2.054 requerimentos. “O parlamento teve um semestre intenso de trabalho, motivado pelas ações propostas pelos vereadores. A boa notícia é que chegamos ao final do período com 61 leis já sancionadas e promulgadas pelo Executivo. Para completar, foram realizadas 32 audiências públicas com o objetivo de debater assuntos de interesse da sociedade, além de reuniões deliberativas, seminários, solenidades, cursos e eventos externos”, elencou.

Entre as matérias apreciadas, o parlamentar destacou a aprovação do Substitutivo ao Projeto de Lei nº 103/2016 que regulamenta o transporte de passageiros por aplicativos, como a Uber e 99, e o parecer favorável à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020, acatada em duas sessões. A LDO formata e orienta a elaboração do Orçamento do Município e serve como uma ponte entre os programas do Plano Plurianual e a materialização deles na Lei Orçamentária Anual (LOA) .

Na sequência, Paulinho Freire lembrou as atividades das comissões temáticas do Legislativo natalense e parabenizou a atuação dos edis pelo apoio aos trabalhos, avaliação das propostas e condução dos pareceres técnicos. Ele ressaltou as inúmeras reuniões promovidas por esses colegiados para discutir temas relevantes com a participação de organizações e movimentos sociais.

À frente da Câmara Municipal pela terceira vez, o presidente reafirmou o compromisso com austeridade e eficiência como um dos principais pilares da sua gestão. “O atual momento econômico do país exige adequações. Para tanto, adotamos medidas para enxugar gastos e melhorar a eficiência do poder público, como a valorização dos servidores e otimização dos recursos. Trata-se de administrar com responsabilidade o dinheiro do contribuinte”, explicou Paulinho.

“Certamente, no segundo semestre, continuaremos com práticas voltadas para a transparência no trato do erário público, com método, eficácia e participação popular. As ações realizadas pela Casa do Povo foram produtivas. Todos os vereadores, os novos e os experientes, trabalharam em prol da cidade. Bons projetos foram criados, aprovados e sancionados. Quanto à prefeitura, esperamos continuar com o tom de harmonia entre os poderes”, completou.

Governo empossa novos membros do Conselho da Criança e do Adolescente

A governadora Fátima Bezerra empossou nesta sexta-feira, 28, os membros do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Consec). O conselho é composto por 14 membros titulares e 14 suplentes, metade indicados por instituições representantes da sociedade e a outra metade por órgãos do Governo – SEEC, Sesap, Sesed, Sethas, Semjidh, Fundase e UERN.

As instituições representantes da sociedade foram escolhidas por votação neste mês de maio, são elas: Associação de Pais e Pessoas com Síndrome de Berardinelli do RN, Caritas Diocesana de Caicó, Casa do Menor Trabalhador, Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Casa Renascer, ONG Policiais Agentes da Paz, Pastoral da Criança e Fundação Fé e Alegria do Brasil. Estas instituições atuam na promoção, atendimento, defesa e controle social dos direitos da criança e do adolescente.

Por decisão de Governo do Estado, a política de atenção à criança e ao adolescente, antes sob a responsabilidade da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), agora passa para a Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (SEMJIDH).

“Este é um momento muito importante. Significa que o governo trata o Consec como instância popular de participação da sociedade. Precisamos estar unidos e cientes das dificuldades atuais de violação dos direitos humanos. Os conselhos são instâncias da sociedade. Através deles os vários segmentos sociais se fazem ouvir e podem exercer o controle social e o acompanhamento das políticas públicas em prol da cidadania”, disse a governadora.

Fátima Bezerra observou que a atenção à criança e ao adolescente deve estar diretamente ligada à educação. “Muitas crianças estão deserdadas de direitos, inclusive à educação. Exemplo é a falta de vagas em creches e na educação infantil. Isto tem consequências severas para a sociedade. Também precisamos estar atentos e lutar pelo novo Fundeb, que sustenta a educação básica no Brasil. O Fundeb deve ser agenda prioritária na pauta do Consec como política permanente e com maior participação do Governo Federal. Hoje os estados e municípios são responsáveis por 90% do Fundeb e o Governo Federal por apenas 10%. Precisamos equilibrar esta participação”, alertou.

A governadora ainda enfatizou que “não há como tratar sobre criança e adolescente sem falar em educação por que quanto mais creches, mais ensino fundamental, mais educação de qualidade em tempo integral. Tudo isso somado estaremos proporcionando desenvolvimento social, redução das desigualdades e construindo tempos de paz”.

NOTA POTIGUAR

Fátima Bezerra chamou atenção ainda para a importância do programa Nota Fiscal Potiguar. Através da inclusão do CPF na nota fiscal, o cidadão estará contribuindo para evitar sonegação fiscal e passa a ter direito a redução de 10% no IPVA, trocar pontos acumulados por ingressos para jogos de futebol e direcionar aporte financeiro a instituições sociais de sua escolha. “Com a participação da população no programa Nota Potiguar estaremos também beneficiando instituições que trabalham no apoio à criança e ao adolescente. Também por isso é importante e necessário o engajamento de todos”.

A secretária da Semjidh – Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, Armelli Brennand, destacou o papel do Consec na luta pela dignidade às crianças e adolescentes. Lembrou que a Constituição Federal assegura a participação popular através de colegiados que devem assumir suas funções de construção e acompanhamento das políticas públicas visando a redução das desigualdades sociais e, no caso do Consec, garantir que o Estatuto da Criança e do Adolescente seja efetivamente cumprido.

SOBRE O CONSELHO

• O Consec-RN é órgão deliberativo responsável por formular as diretrizes da política estadual de atendimento à criança e ao adolescente;

• O conselho foi instituído formalmente em fevereiro de 1992, através da lei nº 6262, que foi alterada em julho de 2002;

• A formação de parcerias e a gestão do Fundo para a Infância e Adolescência também é responsabilidade do Consec, assim como o acompanhamento da execução de políticas públicas;

• O Consec tem a prerrogativa de incentivar a criação e fazer o acompanhamento de Conselhos Tutelares;

• Em novembro de 2018, o Governo lançou o Plano Decenal de Direitos

direitos de crianças e adolescentes, proteção e defesa dos direitos, protagonismo e participação, controle social da efetivação dos direitos e gestão da política dos direitos humanos de crianças e adolescentes.

COMPOSIÇÃO DO CONSEC – Titular e suplente

SEEC – João Maria Mendonça de Moura e Zacarias Anselmo da Silva

SEMJID -Maria Luíza Quaresma Tonelli e Sandra Regina Freire Pequeno

SESAP – Maria Aparecida da Silva e José Cláudio Galvão

SETHAS – Janine Evangelista Baltazar e Elizama Evangelista Barbosa

FUNDASE – Tomazia Isabel Fernandes de Araújo e Washington Carlos de Lima

UERN – Rouseane da Silva Paula Queiroz e Maria Aldenora das Neves Silva Martins

SESED – Igara Maria Pinheiro Rocha e Soraia Maria Bezerril Castelo Branco

ASPOSBERN – Márcia Maria Guedes Vasconcelos Fernandes e Adna Lígia Martins

CÁRITAS DIOCESA DE CAICÓ – José Carlos Martins da Silva e Gilvânia Medeiros Vasconcelos

CASA DO MENOR TRABALHADOR – Márcia Belarmino dos Santos e Iêda Fernandes de Macedo Gomes

CEDECA (CASA RENASCER) – Jessica Bianka Basílio Moreira e Ana Carolina Galvão

ONG POLICIAIS AGENTES DA PAZ – Adaildo Benedito dos Santos e Geonardo Salustiano Abdias

PASTORAL DA CRIANÇA – André Rafael da Silva e Maria Graciete da Silva

FUNDAÇÃO FÉ E ALEGRIA DO BRASIL – Lailde da Silva e Carmem Sabrina Tavares.