Beto santos faz visita ao ct do américa e define primeiras mudanças

Beto Santos não resiste a pressão e renuncia ao cargo de presidente do América

O que já era esperado aconteceu. Com o clube passando por um péssimo momento dentro de campo, o presidente do América, Beto Santos, oficializou no final da tarde desta sexta-feira, 31, a sua renúncia ao cargo majoritário da equipe Alvirrubra. Com ele, também sai o vice-presidente José de Medeiros Lima Júnior. A informação foi divulgada nas redes sociais oficiais do clube.

Para oficializar a renúncia, Beto Santos e José de Medeiros escreveram e assinaram uma carta (veja abaixo) que já foi encaminhada ao clube da Rodrigues Alves. Nela, o ex-mandatário diz que jamais gostaria de se tornar um empecilho para o fortalecimento do América e que, pelo fato dos resultados na sua gestão não terem sido satisfatórios, a decisão mais sensata a se tomar seria justamente a entrega do cargo.

renuncia-beto-santos

(Foto: Reprodução / Blog do BG)

O empresário também emitiu um comunicado oficial direcionado aos torcedores do América. Entre tantas frases marcantes, Beto reconhece em uma delas que sua permanência como líder do clube havia perdido o sentido depois de tantos maus resultados dentro de campo. Porém, se orgulha de não ter, em nenhum momento, atrasado compromissos administrativos, seja com atletas ou funcionários americanos. A gestão de Beto iria até o final de 2017.

Veja abaixo o pronunciamento do ex-presidente direcionado ao torcedor:

“Pelo bem do América
 
É com este sentimento e com este objetivo que comunico a minha decisão de renunciar ao posto de presidente executivo do América Futebol Cube.
Pelo bem do América sempre atuei e sempre atuarei.
 
Mas minha permanência no cargo para o qual fui eleito perdeu o sentido. As agressões de que tenho sido vítima chegaram a um ponto incontornável: a minha casa e a minha família.
 
Não serei empecilho para o América Futebol Clube. Se existe alguém que reúna melhores condições de fazer com que o clube reaja e saia da situação em que se encontra, estarei disposto a fazer o que for possível para ajudar. Sempre pelo bem do América.
 
Devo dizer que o América deve ser repensado, tanto na parte deliberativa quanto na executiva. Até mesmo pelos próximos presidentes que terão pela frente as mesmas dificuldades que enfrento desde o final de 2015.
 
É preciso esclarecer que, mesmo enfrentando o pior orçamento do América em toda a sua história, deixo a presidência do Clube sem qualquer atraso de salário, desde o início de nossa gestão, e sem nenhum compromisso em aberto com os jogadores e funcionários.
 
Se os resultados não surgiram dentro de campo esta responsabilidade deve ser compartilhada pela diretoria e atletas.
 
As interferências de todo tipo mostram que o jogo de vaidades não pode ser maior do que os interesses do América Futebol Clube. Com a minha renúncia são 12 presidentes em duas décadas que não terminaram seus mandatos. Isso merece uma profunda reflexão dos americanos. Precisamos de mudanças internas rápidas. Somente a saída do presidente e do vice não resolverá estes problemas internos.
 
A todos os americanos, especialmente aos torcedores, peço minhas desculpas por não ter conseguido realizar aquilo a que me propus, dentro de campo.
 
Deixo a presidência mas não deixo de ser americano. E se for preciso contar com a minha ajuda, estarei sempre disposto a colaborar.
 
Pelo bem do América.
Beto Santos”
Pelo estatuto do América, o nome a assumir a presidência em caso de renúncia do presidente e do vice é o titular do Conselho Deliberativo, que hoje é José Rocha. Entretanto, em entrevista recente, Zé disse não ter intenção de assumir o América e afirmou que, caso essa situação ocorresse (renúncia), seriam convocadas novas eleições urgentes para definir o nome do novo mandatário. Ainda não há informação oficial quanto a isso.

Governo reduz juros do consignado para servidores e segurados do INSS

O governo federal decidiu reduzir os juros cobrados nos empréstimos consignados para servidores públicos da União e aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). A medida acompanha a trajetória de queda da taxa Selic e será publicada em portaria do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão nesta sexta-feira (31).

Com isso, o governo implementa a primeira redução na taxa máxima de juros cobrada nas operações de crédito consignado. Para os servidores federais, o teto dos juros cairá de 34,5% para 29,8% ao ano, e de 2,5% e 2,2% ao mês.

Já para os aposentados e pensionistas do INSS, o teto de juros do consignado foi reduzido de 32% para 28,9% ao ano, caindo de 2,34% para 2,14% ao mês. Além disso, a taxa de juros cobrada no consignado por meio do cartão de crédito foi reduzida de 48,7% para 43,6% ao ano, e de 3,36% para 3,06% ao mês.

O crédito consignado é uma das modalidades de menor custo do mercado, e a redução do teto de juros nessas operações permitirá a migração de dívidas mais caras, como as do cartão de crédito, para modalidades mais baratas, como o próprio consignado. Dessa forma, a medida pode ter efeito direto no redução do endividamento das famílias e empresas.

Menos peso na economia

Depois das medidas econômicas adotadas pelo governo federal, o ambiente econômico melhorou e começou a sinalizar um leve avanço no mercado de crédito. Em fevereiro, os juros cobrados dos brasileiros caíram 0,6 ponto em comparação ao mês anterior, segundo dados do Banco Central.

Os juros do cheque especial, uma das operações mais pesadas do mercado, recuaram 1,3 ponto percentual, para 327% ao ano – a menor taxa desde setembro de 2016. No rotativo do cartão de crédito, as taxas diminuíram 5,2 pontos percentual, para 481,5% ao ano.

Dois homens são mortos por raio em salina no Oeste do Rio Grande do Norte

Dois homens foram atingidos por um raio numa salina de Mossoró chamada Salinor na tarde desta sexta-feira 31 e faleceram em decorrência dos ferimentos.

As vítimas foram identificadas como Jonathan Caio Soares de Moura e Francisco Marcelo Alves. A Samu precisou contar com um trator para chegar aos feridos em vista do terreno acidentado, mas eles morreram antes que a ajuda pudesse chegar pela salina São Camilo, único ponto de acesso até o local.

rio center

Rio Center lança Revista Outono Inverno 2017 em evento para imprensa e fornecedores

A Rio Center lançou a Revista Outono Inverno 2017, em evento realizado na Megastore que reuniu imprensa, fornecedores, parceiros e convidados. Produzida pela agência Marca Propaganda, a publicação apostou em pessoas comuns para apresentar a coleção Outono Inverno 2017, que traz o streetwear, a atitude e diversidade muito fortes nas peças. A estrela da capa é a arquiteta potiguar Renata Matos.

O diretor do grupo, Flávio Alcides, destacou que o lançamento desta revista é o pontapé inicial para a comemoração dos 80 anos da Rio Center, celebração que acontece no segundo semestre deste ano e inclui a publicação de uma nova magazine, em outubro.

O evento foi considerado muito prestigiado e contou com ações voltadas para toda a família.

Atletas da equipe sub-19 do Globo realizam “Soccer Test”

A pré-temporada da equipe sub-19 do Globo FC prossegue com intensos trabalhos, sendo para isso, necessária a realização de avaliações físicas.

A sexta-feira, (31) de treinamentos do tricolor se iniciou com uma avaliação antropométrica e em seguida foi realizado o famoso “Soccer Test”, avaliação de resistência realizada nos inícios e meios de temporada. A intenção do Departamento de preparação física é fazer um comparativo individual com os atletas, em relação ao desempenho físico demonstrado no começo das atividades do ano.

Uma das características deste teste de rendimento é que cada atleta é avaliado de acordo com o seu perfil e posição no time. Um lateral, por exemplo, será comparado em como deve ser o comportamento específico de um lateral.

Outro ponto importante é que toda a atividade foi monitorada pelos profissionais da educação física do Clube. O que ajuda a fazer um diagnóstico bem mais completo sobre o desempenho máximo e a atividade como um todo.

O preparador físico da equipe Sub-19 Alcindo Oliveira falou sobre a importância do Soccer Teste neste primeiro momento da pré-tempora; ¨ A aplicação do Soccer Test, além de outras avaliações são de suma importância, para sabermos como os atletas estão fisicamente, para que assim possamos dar prosseguimento as atividades.

Após primeiro trimestre, ABC divulga números da equipe nos torneios

O ABC enfrentou o Globo nesta quarta-feira 29, no estádio Barrettão, na cidade de Ceará-Mirim, em confronto atrasado da 1ª rodada do segundo turno, e conseguiu mais uma vitória, derrotando o adversário por 1 a 0. O gol abecedista foi marcado pelo volante Márcio Passos.

Com o término do primeiro trimestre o clube alvinegro divulgou os números do plantel:

Jogos: 22
Vitórias: 10
Empates: 07
Derrotas: 05

Jogos oficiais: 22
Amistosos: 00

– Números gerais –

Jogos em casa: 09
Vitórias em casa: 06
Empates em casa: 03
Derrotas em casa: 00

Jogos fora: 13
Vitórias fora: 04
Empates fora: 04
Derrotas fora: 05

Gols pró: 35
Gols contra: 23
Saldo: 12

Gols pró em casa: 22
Gols contra em casa: 06
Saldo em casa: 16

Gols pró fora: 13
Gols contra fora: 17
Saldo fora: -04

Pontos Ganhos: 37
Pontos disputados: 66

Artilharia:

Nando – 08 gols
Caio Mancha – 04 gols
Gegê e Márcio Passos – 03 gols
Echeverría, Erivélton, Dalberto, Túlio Renan, Marques e Fábio Gama – 02 gols
Romano, Levy, Cleiton, Jamerson (contra) e Richardson (contra) – 01 gol

– Campeonato Potiguar –

Jogos em casa: 04
Vitórias em casa: 04
Empates em casa: 00
Derrotas em casa: 00

Jogos fora: 08
Vitórias fora: 04
Empates fora: 03
Derrotas fora: 01

Gols pró: 25
Gols contra: 09
Saldo: 16

Gols pró em casa: 15
Gols contra em casa: 03
Saldo em casa: 12

Gols pró fora: 10
Gols contra fora: 06
Saldo fora: 04

Pontos Ganhos: 27
Pontos disputados: 36

Artilharia:

Nando – 06 gols
Gegê – 03 gols
Caio Mancha, Echeverría, Dalberto e Fábio Gama – 02 gols
Romano, Erivélton, Levy, Cleiton, Marques, Márcio Passos, Jamerson (contra) e Richardson (contra) – 01 gol

– Copa do Nordeste –

Jogos em casa: 03
Vitórias em casa: 02
Empates em casa: 01
Derrotas em casa: 00

Jogos fora: 03
Vitórias fora: 00
Empates fora: 00
Derrotas fora: 03

Gols pró: 06
Gols contra: 08
Saldo: -02

Gols pró em casa: 05
Gols contra em casa: 01
Saldo em casa: 04

Gols pró fora: 01
Gols contra fora: 07
Saldo fora: -06

Pontos Ganhos: 07
Pontos disputados: 18

Artilharia:

Nando e Túlio Renan – 02 gols
Caio Mancha e Marques – 01 gol

– Copa do Brasil –

Jogos em casa: 02
Vitórias em casa: 00
Empates em casa: 02
Derrotas em casa: 00

Jogos fora: 02
Vitórias fora: 00
Empates fora: 01
Derrotas fora: 01

Gols pró: 04
Gols contra: 06
Saldo: -02

Gols pró em casa: 02
Gols contra em casa: 02
Saldo em casa: 00

Gols pró fora: 02
Gols contra fora: 04
Saldo fora: -02

Pontos Ganhos: 03
Pontos disputados: 12

Artilharia:

Márcio Passos – 02 gols
Erivélton e Caio Mancha – 01 gol

Geraldo Ferreira: “Espero que direção eleita da Unimed administre com competência”

Presidente do Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed-RN), Geraldo Ferreira comentou acerca dos resultados das eleições para a presidência da Unimed Natal, que culminaram na escolha do médico-cirurgião Fernando Pinto, da chapa Unimed em Boas Mãos.

“A Unimed é importantíssima para os médicos. Passada a eleição, que é sempre um momento de tensão e disputa, convém que todos os médicos se unam na mesma direção, um mercado de trabalho sólido, com condições de exercer dignamente nosso mister, justamente remunerado. Espero que a Direção eleita possa administrar com muita competência, nesse ambiente altamente competitivo de planos de saúde, para que a categoria possa ter um padrão de trabalho e uma remuneração que sirvam de norte nas lutas e negociações com os outros convênios de saúde”, disse Geraldo.

Fernando Pinto foi eleito com 522 votos, ele disputava a presidência com Edaílna Melo, da chapa Sou Mais Unimed, que, por sua vez, contabilizou 385 votos dos cooperados.

TRT decide que Sintro deve garantir 70% dos serviços caso paralisem as atividades

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Rio Grande do Norte (Sintro) deve se abster de promover a paralisação total do Sistema de Transportes Públicos Urbanos – este é o entendimento do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN).

Caso os trabalhadores decidam paralisar o serviço nesta sexta-feira, conforme anunciado, o Sintro deve garantir minimamente o funcionamento desse serviço essencial, com 70% da frota circulando nos horários de pico (6 às 9h da manhã e 17 às 20h) e de 50% nos demais horários.

Liminar neste sentido foi concedida nesta sexta-feira 31 pela presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, desembargadora Auxiliadora Rodrigues, no julgamento de uma Ação Declaratória de Abusividade de Greve, impetrada pelo Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município de Natal (SETURN).

O Sintro também deve permitir “a livre movimentação dos empregados que não desejem aderir ao possível/pretenso movimento paredista veiculado nos últimos dias pela imprensa, sob pena de multa diária de R$ 20 mil para cada tipo de descumprimento”, decidiu a desembargadora.

Terceirização de atividade-fim deve ser decidida no STF, diz presidente do TST

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra, disse hoje (31) que a regulamentação da terceirização da atividade-fim de empresas deve ser decidida no Supremo Tribunal Federal (STF). “Nós temos dois projetos que tratam da mesma matéria. Se os dois conseguirem ser aprovados você pode sim criar uma lei que assimile as vantagens de cada um. Acho que a questão vai acabar sendo resolvida pelo próprio STF”, disse.

No dia 22 de março, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto que trata da terceirização para qualquer tipo de atividade de empresas privadas e do setor público. Mas também está em tramitação no Senado Federal uma alternativa ao projeto de lei aprovado pelos deputados.

A aprovação do projeto pelos deputados ocorreu sob forte protesto de representantes de centrais sindicais e de parlamentares da oposição, que tentaram sem sucesso obstruir a votação. Como o projeto já tinha sido analisado pelo Senado, o texto aprovado pelo plenário seguiu direto para a sanção presidencial.

“Está se pensando realmente no projeto do Senado ser utilizado para uma espécie de híbrido, pegando um pouco de cada um. Eu acho muito difícil conseguir isso”, disse o ministro.

Ives Gandra participou hoje, em Brasília, do 9º Encontro Interempresarial de Jurídico Trabalhista, em que especialistas e representantes de empresas de mais de 30 setores da economia discutiram a reforma trabalhista. O evento foi organizado pelo Grupo Interempresarial de Jurídico Trabalhista em parceria com o Instituto Via Iuris de Direito de Trabalho.

REFORMA TRABALHISTA

O presidente do TST voltou a defender uma legislação trabalhista enxuta, com direitos constitucionais garantidos, e que prestigie as negociações coletivas. “Se fossemos pensar em uma CLT [Consolidação das Leis do Trabalho] ideal seria com os direitos comuns a todos os trabalhadores, e tudo o que diz respeito a condições de trabalho de cada setor, aí teríamos as negociações coletivas, acordo e convenções que são estabelecidas entre sindicatos e cada uma das empresas dos setores de produção específicos”, disse.

Para o ministro, a flexibilidade da legislação é a garantia de emprego, principalmente em épocas de crise. “Nesses momentos, o trabalhador quer uma proteção real. Se deixar uma legislação muito rígida, o empregador não tem condições de manter o trabalhador. Se conseguir uma flexibilização através de negociação coletiva, vai se resolver muito a questão da empregabilidade. Não se dá, por exemplo, um reajuste da inflação, mas se consegue a garantia de emprego”, disse.

Segundo ele, às vezes, as indenizações deferidas aos trabalhadores em processos trabalhistas e os direitos criados pela jurisprudência acabam onerando de tal forma a empresa que muitas vezes ela pensa duas vezes antes de contratar o trabalhador. Gandra explicou que, como está sendo proposto, a cada norma flexibilizada há uma vantagem compensatória para o trabalhador. “O patrimônio jurídico do trabalhador como um todo é mantido”, ressaltou Gandra.

O Projeto de Lei 6.787/2016 altera a CLT e outros dispositivos possibilitando que, nas negociações entre patrão e empregado, os acordos coletivos tenham mais valor do que o previsto na legislação, permitindo, entre outros pontos, o parcelamento de férias e mudanças na jornada de trabalho.

A proposta enviada pelo Executivo recebeu mais de 800 emendas na comissão especial da Câmara dos Deputados criada para analisar a matéria. A previsão é de que a proposta seja apreciada na primeira quinzena de abril.

Para o conselheiro jurídico do Instituto Via Iuris de Direito de Trabalho, Adalto Duarte, o número de emedas é um sinal da importância do tema, mas que não é o momento de uma grande reforma e sim de focar nas ações emergenciais.

“O governo estava certo, enviou uma proposta de minirreforma. O desafio agora é conseguir organizar tudo isso e, em vez de aproveitar mais de 800 emendas, fazer com que sejam cerca de 30, mas que tenha impacto na geração de emprego e renda, que para as empresas signifique segurança jurídica e para o trabalhador que não está empregado signifique a possibilidade de retornar rapidamente ao mercado de trabalho”, disse Duarte.