Pesquisa sugere que cães preferem ouvir mais reggae e rock pop

Os cães aparentemente preferem ouvir reggae e rock leve em vez de outros gêneros musicais, de acordo com pesquisadores.

A organização protetora dos animais SPCA Escocesa e a Universidade de Glasgow publicaram um estudo sugerindo que a música afeta os cachorros.

Os cientistas tocaram uma grande variedade de canções para os animais em um canil em Dumbarton, na Escócia, e perceberam mudanças psicológicas e de comportamento.

Segundo o professor Neil Evans, as mudanças mais positivas foram observadas quando eram tocados reggae e rock leve.

Mas apesar desses gêneros terem sobressaído, Evans explicou que cada cachorro tem seu próprio gosto musical.

“Em geral, a resposta para diferentes gêneros foi misturada, evidenciando a possibilidade de que, como os humanos, nossos amigos caninos têm suas próprias preferências musicais.”

Lista musical para cães

Os cachorros foram submetidos a cinco gêneros musicais: rock leve, motown, pop, reggae e clássico.

O estudo sugere que os cães passaram “significativamente mais tempo deitados e menos tempo em pé” quando música era tocada, independente do gênero.

Medindo os batimentos cardíacos dos animais, os pesquisadores disseram ter percebido uma diminuição do nível de estresse quando a música era tocada, especialmente rock leve e reggae.

A estudante de pós-graduação Amy Bowman, participante do estudo, explicou a análise.

“Nós estávamos interessados em explorar os efeitos de tocar diferentes gêneros de música”, disse. “Estava claro que as mudanças psicológicas e comportamentais observadas eram mantidas durante o teste, quando os cachorros foram expostos a uma variedade de músicas.”

Diante dos resultados, a organização de defesa dos animais SPCA Escocesa disse que agora investirá em sistemas de som para seus canis.

“Nossos centros em Glasgow e Edimburgo têm capacidade para tocar música nos canis hoje”, afirmou Gilly Mendes Ferreira, da SPCA Escocesa.

“No futuro, todos os centros serão capazes de oferecer aos nossos amigos de quatro patas uma lista de músicas aprovadas por cães. E há o objetivo de expandir essa pesquisa para outras espécies sob nossos cuidados.”

 

 

Fonte: Terra

Malásia vai acusar duas mulheres pelo assassinato de Kim Jong-nam

A indonésia Siti Aisyah e a vietnamita Doan Thi Huong serão formalmente acusadas na quarta-feira pelo assassinato do meio-irmão do ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, segundo o procurador-geral do país, Mohamed Apandi Ali. Caso sejam condenadas, podem pegar pena de morte. As duas estão detidas e disseram que participaram do homicídio porque acreditavam que iriam participar de uma “pegadinha” de um reality show.

Kim Jong-nam foi morto em 13 de fevereiro no aeroporto de Kuala Lumpur, na Malásia, após ser atacado com o VX, um poderoso agente nervoso, considerado pela Organização Mundial das Nações Unidas (ONU) uma arma de destruição em massa. Segundo a autópsia, ele sofreu paralisia e morreu cerca de vinte minutos depois que as duas mulheres jogaram a substância sobre ele.

Outros dois suspeitos do homicídio foram detidos – um cidadão malaio, libertado sob fiança, e um norte-coreano, que permanece sob custódia da polícia. Outros sete norte-coreanos que podem estar ligados ao caso foram identificados pela polícia.

Na segunda-feira, a agência de inteligência da Coreia do Sul afirmou que acredita que autoridades ligadas a dois ministérios da Coreia do Norte planejaram a morte de Kim Jong-nam. Em um discurso transmitido pela televisão, o parlamentar Kim Byung-kee afirmou que oficiais dos ministérios de relações exteriores e segurança nacional recrutaram as mulheres envolvidas no assassinato.

De acordo com informações dadas a jornalistas, entre os oito norte-coreanos suspeitos de planejar a morte de Kim Jong-nam, seis são ligados a ministérios da Coreia do Norte. “Entre os oito suspeitos no caso, quatro são do ministério de segurança nacional e dois, que agiram diretamente, são do ministério de relações exteriores”, disse o parlamentar Lee Cheol-woo a repórteres, segundo a Reuters.

Arma de destruição em massa

O VX é uma versão mais letal do gás sarin, extremamente tóxico. Os agentes nervosos agem com o estímulo excessivo das glândulas e dos músculos, o que cansa rapidamente as vítimas e ataca a respiração. De acordo com o ministro da Saúde, as causas da morte estão agora “mais ou menos confirmadas”.

Durante a madrugada de domingo, as equipes de defesa civil da Malásia, com trajes de proteção, rastrearam minuciosamente o local do crime, não encontraram nada e declararam que o aeroporto é uma área segura.

 

 

Fonte: Veja

Dan Valente substitui Aviões do Forró após show cancelado: “pauleira”

O sertanejo Dan Valente foi o escolhido pela produção do camarote ‘Harém’ para substituir a banda ‘Aviões do Forró’ na noite desta segunda-feira (27). O grupo cancelou o show que faria em Salvador devido a um problema técnico no avião. O músico baiano lamentou a situação com os colegas de profissão, no entanto, destacou a importância do convite que recebeu.

“Um privilégio muito grande e também uma responsabilidade, afinal segurar um público que estava ali para assistir uma banda como Aviões, é pauleira. Mas foi maravilhoso. Foram mais de 3 horas de show e a galera se entregou. Agradeço muito à diretoria do Harém pela confiança e torço para que Sol e Xand já estejam recuperados do susto”, disse Dan.

A informação do ocorrido com o Aviões foi feita através de uma nota encaminhada à imprensa. “Informamos que hoje, durante o trajeto aéreo privado da banda de Recife para Salvador, houve um problema técnico em uma das turbinas da aeronave, que precisou fazer um pouso de emergência em Maceió. Todos passam bem. Lamentamos o ocorrido e o cancelamento do show desta noite em Salvador, na Bahia. Agradecemos o carinho e a compreensão de todos”, diz o comunicado.

A banda estava em Recife e iria se apresentar em Salvador no Camarote Harém. A agenda do grupo neste Carnaval é a última com a cantora Solange Almeida, que vai seguir carreira solo. Assista abaixo um trecho da apresentação de Dan no camarote ‘Harém’.

 

 

Fonte: iBahia

Usuários passam pelo menos 1 bilhão de horas por dia no YouTube

Usuários do YouTube gastam, em média, 1 bilhão de horas por dia assistindo a vídeos na plataforma. O número, divulgado pelo jornal norte-americano Wall Street Journal nesta segunda-feira, 27, indica uma forte aproximação da plataforma em relação à audiência de televisões nos Estados Unidos, que é assistida 1,25 bilhão de horas diariamente.

“O conteúdo fica mais rico a cada minuto”, afirma o diretor de produto do YouTube, Neal Mohan, ao jornal dos EUA. “Os algoritmos também estão fazendo um trabalho cada vez melhor e mais aprimorado ao escolher o conteúdo que os usuários gostam de verdade.”

De acordo com o Google, responsável pela plataforma de vídeos, o primeiro bilhão de horas foi atingido no final de 2016, registrando um crescimento em mais de 10 vezes na audiência desde 2012, quando o site começou a investir nos algoritmos — inteligência artificial que reconhece o gosto dos usuários e faz sugestões personalizadas.

“Se você assistir a um bilhão de horas de vídeos no YouTube, seria preciso mais de 100 mil anos. Há 100 mil anos, por exemplo, nossos ancestrais estavam criando ferramentas de pedra e migrando para fora da África, enquanto mamutes e mastodontes vagavam por toda a Terra”, disse a empresa, por meio de uma postagem no blog oficial.  “Se você passar 100 mil anos viajando à velocidade da luz,  você poderia viajar de uma extremidade da Via Láctea para a outra.”

A marca chama a atenção, também, ao comparar com outros serviços na internet. O Facebook, por exemplo, afirmou que seus usuários passam 100 milhões de horas vendo vídeos por dia, enquanto o Netflix diz que seu assinantes assistem 116 milhões de horas de vídeos diariamente.

 

 

Fonte: IstoÉ

Tubarão devora cadela em praia de Austrália; banhistas longe do mar

Um tubarão devorou uma cadela que tentava pegar a vara que seu dono havia jogado para ela em uma praia de Sydney, levando as autoridades a pedirem aos banhistas que não entrem na água.

A cadela Molly, uma American Staffordshire terrier, nadava nas águas de Bonna Point Reserve, no sul de Sydney, quando foi atacada por um tubarão.

“Estávamos jogando a vara. A maré estava muito baixa, havia um declive [onde o mar ficava mais profundo]”, explicou o dono da cadela ao Sydney Morning Herald, apresentando-se como Nigel. “Foi muito rápido. Ele a agarrou e a levou para baixo d’água”.

Molly estava a cinco metros da orla e não voltou a ser vista.

“O tubarão media cerca de 3,5 metros de comprimento, poderia fazer isso com um humano perfeitamente”, acrescentou Nigel.

As autoridades locais confirmaram o incidente.

“Os socorristas estão na praia e aconselham os banhistas e os donos de animais de estimação a se manter afastados da água”, afirmou o Conselho de Sutherland Shire na terça-feira em um comunicado.

Segundo especialistas, os ataques de tubarões são cada vez mais frequentes devido à crescente popularidade dos esportes náuticos. Mesmo assim, os ataques fatais contra humanos continuam sendo raros.

 

 

Fonte: IstoÉ

Deputados gastaram R$ 10 mi com verba da Câmara que custeia propaganda e viagens

Folia parlamentar Em janeiro, mês de recesso em que não houve sequer uma sessão na Câmara, deputados gastaram R$ 10 milhões em recursos da cota parlamentar — verba disponibilizada pelo Legislativo para dar suporte ao trabalho dos congressistas. Mesmo sem atividade nas comissões e no plenário, os 513 deputados desembolsaram R$ 2,7 milhões só para fazer propaganda. Outro R$ 1,3 milhão foi usado para custear passagens de avião e mais R$ 1,1 milhão foi gasto com a compra de combustível.

Traz a conta: O valor total ainda pode crescer. Os deputados têm até 90 dias para apresentar as notas fiscais para que seus gastos sejam reembolsados pela Câmara.

 

 

Fonte: Folha de SP

 

Acidentalmente, policial atira em discurso de Hollande e dois se ferem

Um policial abriu fogo acidentalmente nesta terça-feira (28) durante um discurso do presidente francês, François Hollande, em Charente, na França, e deixou duas pessoas levemente feridas.

Hollande estava no local para fazer a inauguração da linha ferroviária de alta velocidade entre Paris-Tours -Bordeaux.

“Esta primeira inauguração da linha é um evento muito importante”, disse o presidente da Ferrovia Francesa (SNCF), Guillaume Pepy.

A nova linha será aberta ao público no dia 2 de julho e vai diminuir o tempo de viagem para duas horas, percurso que, atualmente, é feito em 3h30.

 

 

Fonte: ANSA

De topless e sem Neymar, Bruna Marquezine curte praia no Caribe

Que vidão! Bruna Marquezine está curtindo muito sua viagem para Turks And Caicos, no Caribe. Nesta terça-feira (28), a namorada de Neymar, postou um clique para lá de sexy em seu Instagram. Na imagem, ela aparece na praia fazendo topless.Viajando na companhia de amigos famosos como Tatá Werneck e Paulo Gustavo, a gata tem registrado vários momentos do passeio em sua rede social.

e6ui

 

Fonte: O Fuxico

Aplicativo chinês de retoque de selfies busca ‘embelezar o mundo’

Passeando por uma rua arborizada de Xangai com amigos, Hu Dongyuan puxa seu smartphone e faz o que milhões de mulheres chinesas fazem diariamente: tira uma selfie, embeleza seus rostos digitalmente e publica a imagem nas redes sociais.

Tal maquiagem virtual, que clareia a pele, suaviza as imperfeições e arredonda os olhos – ideal de beleza das chinesas – levaram o app de edição de selfies Meitu ao topo dos downloads na China.

Com mais de 450 milhões de usuários ativos da China, Meitu também está ganhando força no exterior, usando seus recursos mais avançados para desafiar os concorrentes estrangeiros Instagram e Snapchat, que oferecem pouco mais que filtros e adesivos.

A China tem um recorde de 700 milhões de usuários de internet móvel, e muitos deles usam esses aplicativos para melhorar sua aparência digital.

“É o mesmo que com as roupas e a maquiagem. São todas recursos para as pessoas se apresentarem melhor”, disse Hu, funcionária de uma agência de viagens, que compara o Meitu com uma forma barata e não permanente de cirurgia plástica.

Meitu, que em chinês significa “foto bonita”, lançou um IPO em Hong Kong em dezembro que na época valorizou a empresa em US$ 4,6 bilhões.

Analistas qualificam o Meitu de um caso de teste do potencial global dos aplicativos chineses, particularmente aqueles voltados para mulheres, uma poderosa força de consumo.

“O Meitu realmente compreendeu os conceitos de beleza dos jovens chineses”, diz William Chou, analista de internet da Deloitte China.

“O compartilhamento de fotos é um fenômeno global, mas a China é sem dúvida o líder planetário neste âmbito”, acrescentou.

A mania de editar selfies mostra como os chineses vivem cada vez mais on-line, de modo que a aparência virtual se tornou tão importante quanto a real, disse o professor de psicologia Yu Feng, da Universidade Jiaotong de Xian.

“A sociedade moderna passou de uma comunicação cara a cara a uma principalmente via Internet”, disse Yu.

Dificuldade de gerar lucros

Fundado na cidade de Xiamen, o Meitu inicialmente oferecia softwares de edição de fotos para computadores, e em 2013 lançou seu primeiro aplicativo para selfies.

A companhia afirma que trata metade das imagens publicadas nas redes sociais chinesas, e que seu aplicativo foi usado para retocar cerca de seis bilhões de fotos no mês de outubro passado.

Sua meia dúzia de aplicativos, incluindo um para alterar vídeos, estão regularmente entre os apps fotográficos mais baixados no exterior, principalmente em países como Rússia, Japão, Índia e Malásia.

Gigantes chineses da internet como Tencent e Alibaba têm lutado para replicar seu domínio doméstico no exterior.

Enquanto isso, o Meitu disse que tinha 430 milhões de usuários fora do país em outubro do ano passado, em comparação com os cerca de 500 milhões do Instagram.

No entanto, ainda há uma pendência: gerar lucros. O Meitu perdeu 2,2 bilhões de yuans (US$ 320 milhões) no primeiro semestre de 2016.

“O grande problema do Meitu é que eles têm esse aplicativo genial (…) mas nunca tiveram um modelo de negócios claro por trás disso”, disse Jeffrey Towson, professor de investimentos na Universidade de Pequim.

A empresa não respondeu à solicitação da AFP para comentar o assunto.

Para tentar resolver o problema, em 2013 o Meitu lançou seus próprios smartphones especializados em selfies, mas vendeu apenas 650.000 aparelhos nos primeiros 10 meses do ano passado, uma pequena quantidade na escala do mercado chinês.

As vendas de telefones, no entanto, ainda representam mais de 95% da receita do grupo.

Diante dessa situação, a companhia pretende agora construir um “ecossistema” on-line de aplicativos e dispositivos baseados no tratamento de selfies, que poderia incluir a venda de espaço publicitário, como faz o Instagram, e está estudando a viabilidade de lançar uma plataforma de comércio eletrônico especializada em moda.

“Nossa missão é tornar o mundo mais bonito”, se orgulha a empresa em um dos seus folhetos publicitários.

 

 

Fonte: Terra

Xuxa desabafa sobre a Rede Globo e diz: ‘não gosto mais de carnaval’

Xuxa fez várias revelações pouco antes de desfilar pela Grande Rio, na noite de domingo (26). A apresentadora, que se apresentou em enredo que homenageava Ivete Sangalo, contou o motivo para ter passado tanto tempo longe da Sapucaí.

“Não gosto mais de Carnaval. Porque o Carnaval é a melhor festa para a minha mãe e como ela agora não tá mais curtindo, eu deixei de… Hoje ela está acamada [com mal de Parkinson], não fala, não anda, não vê direito mais as coisas. Ela via todas as escolas. Meu pai também tá no hospital. Só tô vindo por causa dela [Ivete]”, disse, em entrevista à coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

A apresentadora disse, ainda, que Ivete é uma das poucas amizades que ela mantém entre artistas. “Eu tô aqui para ela. Tenho paixão. É minha única amiga no mundo artístico. Porque é um querendo derrubar o outro”, afirmou.

A eterna rainha dos baixinhos também comentou sua relação com Rede Globo. Ela disse que não acreditava que a emissora a mostraria durante a exibição do desfile (Xuxa apareceu durante oito segundos). Depois, emendou: “Vinte e oito anos guardados. Guardados, numa caixinha. “Chateada” não é a palavra. Eu respeito”.

 

 

Fonte: Notícias ao Minuto