Inquérito do ministério público federal quer apurar doação do petrolão a henrique alves

Inquérito do Ministério Público Federal quer apurar doação do Petrolão a Henrique Alves

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a abertura de um terceiro inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no âmbito da Operação Lava Jato, que apura um esquema de corrupção na Petrobras. A Procuradoria quer saber se ele cometeu os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

A suspeita é de que o parlamentar tenha solicitado e recebido propina do consórcio formado por Odebrecht, OAS e Carioca Christiani Nielsen Engenharia – que atuava na obra do Porto Maravilha – no montante de cerca de R$ 52 milhões.

De acordo com a assessoria de imprensa deEduardo Cunha, o presidente da Câmara ainda não foi informado do pedido do Ministério Público Federal e por isso, não vai comentar. A OAS e a Odebrecht também informaram que não vão comentar porque não foram notificadas.

Os recursos seriam vantagens indevidas pela aquisição de títulos da prefeitura do Rio de Janeiro pelo Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS). Segundo as investigações, Cunha era próximo do então vice-presidente da Caixa Fábio Cleto, que integrava o conselho curador do FGTS. O dinheiro do fundo seria utilizado para permitir as obras do porto. A defesa de Cleto não foi localizada pela reportagem.

Para que o inquérito que investigará Cunha seja aberto, o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo, terá que autorizar a instauração da investigação.

A investigação se baseia nas delações premiadas dos empresários da Carioca Engenharia Ricardo Pernambuco Júnior e Ricardo Pernambuco, filho e pai, respectivamemte. Os dois citaram, além de Cunha, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e o doleiro Mário Góes – as citações sobre os dois são apuradas no Paraná.

Conforme os delatores, Cunha teria recebido propina no valor de 1,5% dos títulos comprados pelo FI-FGTS, paga em 36 parcelas. A primeira transferência de dinheiro teria sido feita no Israel Discount Bank no valor de quase US$ 4 milhões.

Para Janot, as informações apresentadas pelos dois são “robustas” e fundadas. Além dos depoimentos, há documentos bancários que comprovam transferências, extratos de contas na Suíça, e-mails e anotações.

HENRIQUE ALVES
Dentro do mesmo inquérito, o procurador também quer apurar doações intermediadas por Eduardo Cunha feitas supostamente ao ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), quando ele concorreu ao cargo de governador do Rio Grande do Norte, em 2014.

Segundo os delatores da Carioca, Cunha teria pedido doação para sua campanha para deputado federal, mas, diante da impossibilidade apresentada pela empresa, o agora presidente da Câmara solicitou doação para Henrique Alves. A empresa teria repassado R$ 300 mil para a campanha de Henrique Alves de 2014 ao governo do Rio Grande do Norte, segundo os delatores.

A defesa de Henrique Eduardo Alves afirmou que todas as doações para a campanha ao governo do Rio Grande do Norte foram legais e estão disponíveis no Tribunal Superior Eleitoral. Segundo a defesa, o ministro está à disposição para esclarecimentos.

De acordo com a PGR, “além de solicitação de vantagem indevida [por parte de Cunha], [os fatos sobre Hernique Alves] podem constituir, conforme a verdadeira destinação dos recursos, indício de falsidade de prestação de contas à Justiça Eleitoral”.

Lula: “falavam que a dilma era um poste. o poste iluminou este país”

Lula entra com pedido de habeas corpus contra condução coercitiva

Advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ingressaram hoje (29), no Tribunal de Justiça (TJ) do Estado de São Paulo, com pedido de habeas corpus para impedir que ele seja conduzido coercitivamente para prestar esclarecimentos pessoalmente no Ministério Público do Estado de São Paulo sobre a participação na compra de uma cota de apartamento tríplex de Guarujá, em São Paulo.

O Instituto Lula confirmou o pedido de habeas corpus e disse que o ex-presidente já enviou as explicações por escrito e que, na atual fase do processo, é facultada a Lula a apresentação de esclarecimentos pessoalmente.

Em caso de ausência do ex-presidente no depoimento, marcado pelo promotor de Justiça, Cassio Conserino para a próxima dia quinta-feira (3), Lula poderia ser conduzido coercitivamente para prestar informações sobre a compra do imóvel.

Segundo o Instituto Lula, o ex-presidente não considera Cassio Conserino, o promotor “natural” do caso. A defesa de Lula afirma que a Lei Orgânica do Ministério Público do Estado de São Paulo prevê a necessidade de distribuição de representação criminal a um dos promotores de justiça da área.

“No caso concreto, não houve essa distribuição, como reconheceu o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) em julgamento realizado no dia 23/02/2016. Os advogados do ex-presidente Lula e de D. Marisa farão o questionamento judicial sobre esse aspecto, o que é cabível segundo a própria manifestação do CNMP naquela oportunidade”, dizem os defensores.

Para os advogados, houve prejulgamento ou antecipação de juízo de valor da parte do promotor. “Em entrevista à revista Veja de 22/01/2016, o promotor de JustiçaCássio Roberto Conserino afirmou, de forma incisiva e peremptória, que iria denunciar o ex-presidente Lula e D. Marisa, embora o procedimento investigatório não estivesse concluído e não tivesse sido dada a eles a oportunidade de manifestação.”

Caern retoma abastecimento para bairros da zona leste do natal

Caern instala hidrômetros no bairro Belo Horizonte em Mossoró

 

O bairro Belo Horizonte, em Mossoró, está recebendo a instalação e troca de medidores de água. A previsão é que a empresa contratada pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) distribua 2.305 hidrômetros nos imóveis deste bairro. As ruas que estão recebendo o benefício neste início do trabalho são Dom Helder, Marinho Dantas, Joel Dantas, Vila Projetada 54, Benjamim Constant e Olavo Bilac.

A meta da Caern é atingir 100% de hidrometração no bairro Belo Horizonte. A coordenadora comercial da Regional Mossoró, Diana Guerra, informa que o trabalho em execução está sendo realizado pela HL Engenharia, empresa contratada pela Caern para a instalação dos equipamentos. Estão previstas a instalação de novos 1.635 hidrômetros que serão fixados em habitações que ainda não possuem o medidor. Em outros 429 locais serão substituídos os hidrômetros que são antigos. Também está prevista a remoção de 79 medidores que estão dentro das residências e serão assentados no muro das mesmas para facilitar o trabalho dos leituristas. O trabalho de instalação de hidrômetros será estendido para outros bairros após a finalização no Belo Horizonte.

Em 2015, foram substituídos em Mossoró um total de 3.877 hidrômetros. Eram equipamentos que estavam danificados ou que tinham mais de oito anos de uso. Além desses, foram instalados mais 1.554 medidores em imóveis que ainda não tinham o hidrômetro. Durante a instalação não há qualquer custo para o usuário, mas após o serviço, caso ocorram danos os valores serão cobrados ao cliente. A instalação de medidores é uma forma de diminuir a perda de água do sistema de abastecimento. Isto porque está provado que com o acompanhamento do hidrômetro o usuário tende a estacionar ou até diminuir o consumo.

É comum os usuários apresentarem resistência à instalação de hidrômetros e culparem o mesmo por aumento em conta. Entretanto, o equipamento somente mede a quantidade de água. Ele é importante tanto para o usuário que passa a ter parâmetro do seu consumo, quanto para a Caern que consegue mensurar o uso de água com acompanhamento periódico. A necessidade de hidrometração é fundamental para o bom desempenho do sistema de abastecimento e está prevista em lei. para De acordo com o artigo 40 da Lei 11.445, que estabelece as diretrizes do saneamento básico, a prestação do serviço de fornecimento de água pode ser interrompido caso haja “negativa do usuário em permitir a instalação de dispositivo de leitura de água consumida, após ter sido previamente notificado a respeito”.

CORTE

Os dados fornecidos pelos hidrômetros somam-se a uma série de outras medidas da empresa para combater o desperdício. Paralela a instalação de hidrômetros em Mossoró, a Caern iniciou esta semana a visita de cobrança nos imóveis inadimplentes. A empresa terceirizada Cobrança ADV notifica o devedor e dá um prazo de cinco dias para pagamento sob pena de ter a água cortada. Esta medida aliada também ao trabalho ao Núcleo de Perdas e Combate a Fraudes da Regional Mossoró, que investiga denúncias que chegam à Companhia sobre as ligações irregulares, são ações tomadas pela Caern para combater o desperdício de água.

Ministro diz que crise na petrobras é passageira e que ‘pior já passou’

Petroleiros criticam aprovação de projeto que flexibiliza partilha do pré-sal

A aprovação, pelo Senado, do substitutivo do senador Romero Jucá (PMDB-RR) ao Projeto de Lei 131/2015, de autoria do senador José Serra (PSDB-SP), que revoga a participação obrigatória da Petrobras na exploração de petróleo da camada do pré-sal provocou críticas de entidades de trabalhadores do setor. O substitutivo foi aprovado na última quarta-feira (24) pelos senadores.

Para o secretário-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), José Maria Rangel, a aprovação do substitutivo foi um “desastre” para o país, uma vez que desobriga a Petrobras de se comprometer com o percentual mínimo de 30% nos investimentos dos consórcios de exploração na região. De acordo com ele, a alteração foi negociada pelo governo federal, sem esgotar a participação dos parlamentares da base no Senado, que poderiam impedir a aprovação.

“É um projeto mentiroso que, com a atual situação do petróleo em nível mundial, em qualquer país minimamente sério, Parlamento e governo, com o barril a US$ 30, diriam para não mexer em nada. Deixa tudo como está e vamos ver como a geopolítica vai se movimentar. Lá na frente, a gente vai ver o que pode ser feito”, defendeu Rangel.

Com o substitutivo, a Petrobras deixa de ser a operadora de todos os blocos contratados sob o regime de partilha de produção. A estatal não é mais obrigada a participar de todos os consórcios de exploração com percentual mínimo de 30%. A proposta aprovada diz que a Petrobras terá a prerrogativa de escolher se quer ser operadora do campo ou se prefere se abster da exploração mínima de 30%. O texto ainda será votado na Câmara dos Deputados.

O secretário-geral da FUP contesta que, com a revogação, empresas estrangeiras aumentariam os investimentos na área de petróleo no Brasil. Segundo Rangel, não houve, no período de 20 anos, grandes investimentos externos. “É uma série de equívocos que, lamentavelmente, o governo entrou. A questão do petróleo, a nosso ver, não pode ser tratada como uma política de governo. Tem que ser tratada como uma política de Estado. O que foi delegado agora, com o substitutivo, é que tira da mão do Estado e coloca na mão do governo. O que para nós é um outro equívoco”.

Vazamento de tubulação inunda saguão do aeroporto de são gonçalo; veja vídeo

Vazamento de tubulação inunda saguão do Aeroporto de São Gonçalo; veja vídeo

Um vazamento na tubulação de água do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante causou uma verdadeira inundação no saguão do térreo. Num vídeo, que está circulando pelos grupos de Whatsapp, é possível observar o transtorno causado aos comerciantes que atuam no equipamento.

Segundo a Inframerica, consórcio responsável pelo aeroporto, o acidente ocorreu durante um procedimento de manutenção e que o problema teria sido rapidamente resolvido.

“Hoje, às 12h15, durante o procedimento de manutenção do sistema contra incêndio do Aeroporto de Natal ocorreu um vazamento que foi rapidamente sanado e controlado, não comprometendo a operacionalidade do Terminal”, informou a Inframerica, em nota.

Nova tributação sobre chocolate, sorvete e cigarro vai aumentar arrecadação

Rede atacadista reforça o estoque para a Páscoa e espera crescer 20% em vendas

A Páscoa é a segunda data mais importante em vendas para o Assaí Atacadista, perdendo apenas para o Natal. Isso porque a rede é parceira dos pequenos e médios comerciantes e disponibiliza produtos para que eles possam abastecer seus estabelecimentos para a data. Com o aumento no movimento das lojas em todo o País, a rede já está abastecendo os estoques para atender a demanda e espera aumentar em 20% as vendas na comparação com o mesmo período do ano passado.

Este ano, a grande aposta da rede será a venda de coberturas – barras de chocolate maiores ideais para quem pretende investir na produção própria de Ovos de Páscoa. A expectativa é vender aproximadamente 500 toneladas deste produto em todo o Brasil. “Estamos apostando nas coberturas. Isso porque, com o cenário econômico mais desafiador, as pessoas estão procurando alternativas para complementar a renda. A venda de Ovos de Páscoa caseiros pode ser uma opção interessante nesse sentido. E o Assaí, como parceiro dos empreendedores, preparou seu estoque para atender essa demanda”, explica Wlamir dos Anjos, diretor comercial da rede.

Além disso, há uma grande expectativa para caixas de bombons para quem não pretende gastar muito para presentear – já são milhares de unidades à venda nas unidades do grupo. E os tradicionais Ovos de Páscoa também não ficam de fora. A expectativa da rede para esta categoria é vender 20% a mais do que no ano passado. Neste caso, a aposta também se estende para produtos licenciados e com brinquedos, que sempre têm uma boa aceitação dos clientes.

Pescados

Além do chocolate, a Páscoa também é uma data na qual os pescados fazem grande sucesso. Na Semana Santa, as vendas desta categoria tendem a aumentar significativamente. Para este ano, a expectativa é vender 20% a mais do que o ano passado. Para isso, a rede negociou com os fornecedores e vai disponibilizar um bom sortimento de peixes como atum, sardinha, tilápia e o tradicional bacalhau. “As pessoas estão em busca de alternativas para economizar e a nossa ideia é oferecer um vasto sortimento de pescados para quem quer manter a tradição sem gastar muito. Por isso, nossas opções serão variadas e terão preços competitivos”, diz Anjos.

 

Prefeitura de são gonçalo do amarante faz levantamento para abrir concurso

Prefeitura de São Gonçalo do Amarante faz levantamento para abrir concurso

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante anunciou na manhã desta segunda-feira (29) que está realizando um levantamento dos cargos para lançar ainda neste ano edital para concurso público. Contudo, ainda não há previsão de quando será iniciado o processo seletivo para cargos efetivos.

O último certame foi realizado no ano de 2011 e sua prorrogação perdeu o prazo de validade no mês de novembro de 2015. A Secretaria de Administração e Recursos Humanos do município esclareceu ainda que está circulando nas redes sociais uma postagem que divulga a publicação do edital do concurso público da Prefeitura de São Gonçalo, cidade localizada no Estado do Rio de Janeiro.

O compartilhamento desta postagem tem causado equívocos para os internautas que não perceberam se tratar de um concurso do município carioca, que tem o nome semelhante ao da cidade de São Gonçalo do Amarante do Rio Grande do Norte.

Orquestra sinfônica da ufrn divulga horário das provas da seleção para temporada 2016

Orquestra Sinfônica da UFRN divulga horário das provas da seleção para temporada 2016

A Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (OSUFRN) divulgou os horários das provas para os candidatos inscritos na audição da temporada 2016. Todos os candidatos devem chegar pelo menos 30 minutos antes da prova, que será realizada no Auditório Onofre Lopes.

Os que farão a seleção no turno da manhã devem chegar às 8h30 e os do turno da tarde, às 13h30. A prova é feita com biombo, onde a banca não sabe quem está tocando e o candidato que falar algo que o identifique poderá ser desclassificado. A prova também é fechada para os demais candidatos e pessoas externas.

Abaixo, as datas com os seus respectivos horários:

Terça-feira (1º)

–  9h

Percussão

Violino

– 14h

Trompa

Trompete

Trombone

Tuba

Playstation tv será descontinuada pela sony

Playstation TV será descontinuada pela Sony

A Sony está planejando acabar com um equipamento que lançou em 2013. Trata-se da Playstation Vita TV, ou simplesmente Playstation TV. Em nota ao site AV Watch, empresa japonesa confirmou que irá cessar o envio do equipamento ao Japão.

De acordo com o site, a empresa fabricante não vê tanta utilidade para o produto uma vez que o Playstation 4 consegue desempenhar funções semelhantes. O console mais moderno, aliás, está com bons resultados e pode ser o sexto videogame a alcançar 100 milhões de unidades vendidas na história.

Outra fonte que dá a entender que a Sony não irá mais enviar o equipamento ao Japão é o próprio site japonês da Playstation Vita TV. O portal traz a informação de que “o envio foi concluído”. Fora isso, não há qualquer esclarecimento sobre o fim do produto.

A notícia também segue a mesma linha para os consumidores ocidentais. O AV Watch informa que a Sony não irá mais tentar empurrar o produto para essa região.

 

Universidade privada lança mestrado acadêmico em administração

Universidade privada lança Mestrado Acadêmico em Administração

Em 2016 a Universidade Potiguar lança o Mestrado Acadêmico em Administração, consolidando em definitivo o seu programa de pós-graduação Stricto Sensu. O novo curso possui Área de Concentração em Estudos Organizacionais, com duas Linhas de Pesquisa, e acaba de divulgar o edital do primeiro processo seletivo, que pode ser consultado no unp.br/maa.

As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 30 de março. São oferecidas 20 vagas, sendo 10 para a Linha de Pesquisa “Empreendedorismo e Inovação” e o restante aos interessados em investigarem o tema “Estratégias e Organizações”.

O processo seletivo será dividido em duas etapas. A primeira é eliminatória e consiste em uma prova de conhecimentos gerais em Administração, redação e língua inglesa. Já a segunda, classificatória, contemplará a análise de Curriculum Vitae, do Projeto de Pesquisa Preliminar e entrevista.

A taxa de inscrição é de R$ 50 e, seguindo o cronograma, a seleção será realizada no período de 4 a 8 de abril. O curso terá início no dia 2 de maio e as aulas ocorrerão na Unidade Roberto Freire, no Campus Natal, nas segundas e terças-feiras, sempre no turno matutino. Mais informações sobre o Mestrado Acadêmico em Administração podem ser consultadas na página unp.br/maa ou diretamente na Secretaria do Mestrado, pelo telefone (84) 3216-8616 ou e-mail [email protected].