Aprovação de Dilma supera a de Lula no início do governo

A presidente Dilma Rousseff atingiu no fim do primeiro ano de seu governo um índice de aprovação recorde, maior que o alcançado nesse estágio por todos os presidentes que a antecederam desde a volta das eleições diretas.

Pesquisa Datafolha realizada na última semana mostra que 59% dos brasileiros consideram sua gestão ótima ou boa -um salto de 10 pontos percentuais em seis meses.

Outros 33% classificam a gestão como regular, e 6% como ruim ou péssima -cinco pontos a menos que na pesquisa de agosto. Não responderam 2% dos entrevistados. A nota média do governo é 7,2.

Os números atestam que a presidente não teve a imagem afetada pelos escândalos que marcaram o início de sua gestão. Ela demitiu sete ministros em 2011, seis deles sob suspeita de corrupção.

Ao completar um ano no Planalto, Fernando Collor tinha 23% de aprovação. Itamar Franco contava 12%. Fernando Henrique Cardoso teve 41% no primeiro mandato e 16% no segundo. Luiz Inácio Lula da Silva alcançou 42% e 50%, respectivamente.

Da Folha de S. Paulo

Engenheiro Pedro Terceiro de Melo assume presidência da CODERN

O engenheiro Pedro Terceiro de Melo tomou posse na manhã desta sexta-feira, dia 20 de janeiro de 2012, como Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), empresa de economia mista responsável pela administração do Porto de Natal e do Terminal Salineiro de Areia Branca. Pedro Terceiro substitui o também engenheiro Emerson Fernandes Daniel Júnior, técnico da casa, que retorna à Gerência de Operações (GEOPER) da CODERN após quatro anos à frente das Docas do Estado. “Não temo os desafios porque sei que não posso e não lutarei sozinho em favor da CODERN. Os desafios devem ser enfrentados com entusiasmo pelo Rio Grande do Norte”, disse Pedro Terceiro de Melo, em seu discurso de posse perante um auditório lotado e na presença de representantes da classe política e do setor produtivo estadual.

Atual vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), Pedro Terceiro de Melo é engenheiro industrial do segmento de cerâmica estrutural, ex-presidente do Sindicato da Indústria Cerâmica do RN, ex-diretor Tesoureiro da FIERN, e ex-presidente da Câmara dos Vereadores de Apodi /RN. “Eu me sinto muito honrado em assumir um cargo de tamanha magnitude e como vice-presidente da FIERN acredito que essa posse será muito importante para o setor produtivo industrial”, disse Terceiro.  

A solenidade de posse de Pedro Terceiro de Melo na Presidência da CODERN contou com a presença de diversas autoridades políticas e empresariais do Rio Grande do Norte. O secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Benito Gama, representou a governadora Rosalba Ciarlini. O governo federal foi representado pelo presidente do Conselho Administrativo da CODERN, Wilson do Egito Coelho Filho. Da classe política prestigiaram a solenidade a deputada federal Sandra Rosado (PSB), a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) e a presidente estadual do PSB, Wilma de Faria. Agora no comando da CODERN, Pedro Terceiro de Melo passa a fazer parte da Diretoria como principal executivo, ao lado do Diretor-Técnico Comercial, Hanna Safieh, e do Diretor Administrativo-Financeiro, Gustavo Faria.

Conselho de Medicina protocola ação de despejo contra a Prefeitura

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte -Cremern – protocolou na Justiça Federal do Estado, nessa terça-feira (17), uma Ação de Despejo em desfavor da Prefeitura Municipal de Natal.  O principal motivo é o não pagamento da locação do imóvel, pertencente ao Conselho, localizado na Avenida Presidente Café Filho, 746, Praia do Meio.

Atualmente funciona no imóvel a Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Natal, local onde a Prefeita está despachando desde algum tempo. O atraso no pagamento dos aluguéis é de 8 (oito) meses, e apesar da notificação extrajudicial, feita pelo Cremern a PMN em novembro passado, o município não pagou a dívida. A Prefeitura de Natal é locatária do imóvel desde julho de 2009.

Tribunal de Contas do Estado fará auditoria em hospitais regionais

Em sessão plenária, a Corte de Contas aprovou requerimento do Ministério Público junto ao TCE, através do procurador chefe, Thiago Guterres, para a realização de auditoria operacional nas unidades hospitalares vinculadas à Secretaria de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Norte. O objetivo é obter um diagnóstico técnico conclusivo acerca do grau de eficiência e utilidade dos gastos estatais atualmente direcionados ao seu custeio.

O pedido tem como base legal o art. 196 da Constituição da República, o qual trata do poder-dever do Estado brasileiro em viabilizar uma regular e eficaz assistência à saúde pública. “Não se admite, em tese, qualquer conduta omissiva ou, quiçá insatisfatória por parte do pertinente gestor público”, relatou o procurador no requerimento.

RN Agora destaca o avanço do Estado com a chegada de novas indústrias

O Governo do Rio Grande do Norte investe para atrair grandes indústrias para o estado, criando novas oportunidades, emprego e renda para população. A governadora Rosalba Ciarlini destacou no programa de rádio desta quarta-feira 18 a instalação de novas indústrias no Vale do Apodi.

“O Vale do Apodi vai receber uma indústria de extração de mármore e granito. É a empresa Limestone, que vai se instalar em Apodi, gerando 300 empregos diretos e até mil indiretos. A empresa vai investir R$ 20 milhões na região, movimentando a economia e abrindo uma nova frente de desenvolvimento da mineração no interior do Estado. O protocolo já foi assinado e eu estou muito feliz de começar 2012 do jeito que terminamos 2011: abrindo novos caminhos para o desenvolvimento industrial e a criação de oportunidades no interior”, comemora a Governadora.

Rosalba Ciarlini fala também sobre o Distrito Industrial de Goianinha e garante que em breve o projeto sairá do papel. “Três empresas – uma de alimentos congelados, outra de embalagens e outra de bebidas – já assinaram o protocolo para se instalar nesse novo Distrito Industrial que está nascendo em Goianinha. Juntas, elas vão investir cerca de R$ 70 milhões e criar cerca de 1.200 postos de trabalho, emprego de carteira assinada. É o começo do desenvolvimento industrial de uma região hoje muito voltada para a agricultura, mas que tem potencial para muito mais”, disse a Governadora, lembrando que a área fica à margem da BR 101, perto da Paraíba e de Pernambuco, e tem acesso direto ao gasoduto da Petrobras, “o que é outra vantagem comparativa”.

“O nosso Governo, junto com a Prefeitura, está sabendo tirar proveito desses diferenciais e conseguiu levar as primeiras empresas, começando a tirar o Distrito Industrial de Goianinha do papel. É um grande avanço para o nosso projeto de interiorizar o setor industrial, tirando proveito de vocações econômicas regionais e criando milhares de oportunidades de trabalho e renda nos municípios”, completa Rosalba.

O programa RN Agora vai ao ar de segunda a sexta, às 7h, em rádios de Natal e do interior do Rio Grande do Norte. Ele também pode ser ouvido no site oficial do Governo do Estado: www.rn.gov.br, onde também é disponibilizado para download.

Prefeitura de São Gonçalo promove o I Fórum de Imunização

A Prefeitura de São Gonçalo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou  ontem, no auditório do teatro municipal,  o I Fórum de Imunização. O evento teve como objetivo capacitar e atualizar os profissionais do setor de enfermagem que atuam na área de imunização na rede básica de saúde.

Para ministrar as palestras a SMS convidou a assessora técnica do Ministério da Saúde, Antônia Maria, e a coordenadora estadual de imunização,  Helena Gomes, que trataram das noções básicas de imunização. Além dos técnicos de São Gonçalo, profissionais de Extremoz, Macaíba e São José de Mipibu também participaram do evento.

Representando a secretária de Saúde, Clotildes Macedo, a subsecretária Francinete Guerra  informou que a capacitação é voltada para os técnicos que foram contratados recentemente pela administração municipal, através do último concurso público, para atuarem na rede de atenção básica. Francinete garantiu que ao longo desse ano os profissionais da saúde receberão atualização em outras áreas.

Durante a solenidade de abertura, que contou com a participação dos secretários municipais de Comunicação, Ledson França, e de Relações Institucionais, Magnus Kébio, a assessora técnica do Ministério da Saúde, Antônia Maria da Silva Teixeira, destacou a importância do evento para os profissionais da saúde que atuam com imunização na rede básica de saúde. Para ela, é preciso que os técnicos e os enfermeiros já comecem a trabalhar com imunização sabendo fazer direito, para que sejam minimizados os riscos de erros, ressaltou.

Segundo a enfermeira, Renata Teixeira, recém contratada e que trabalha na unidade de saúde da comunidade de Igreja Nova, o evento é fundamental para capacitar as pessoas que chegaram agora no serviço de saúde e que ainda não tinham conhecimento sobre imunização. “Esse é um momento muito importante e proveitoso para os técnicos, pois une a gestão e os profissionais que estão atuando na rede de saúde”, declarou a técnica.

O prefeito Jaime Calado deu boas vindas aos novos profissionais da saúde, destacando a importância de cada um deles na prevenção de uma série de doenças, que podem acometer as pessoas. “A imunização é importante em todo o lugar do mundo, mas em São Gonçalo tem uma importância significativa bem maior, porque o município já passou por epidemias no passado, e hoje o trabalho desses profissionais irá garantir a prevenção às doenças e a saúde da população”, ressaltou.

Ampliação do sistema adutor Monsenhor Expedito beneficiará 30 municípios

O secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Gilberto Jales, visitou na manhã de ontem, a área das obras de ampliação do sistema adutor Monsenhor Expedito em Nísia Floresta. O objetivo da obra é ampliar a oferta de água em uma vazão de aproximadamente 900 mil litros por hora.  Um total de 12 novos poços serão perfurados e a obra beneficiará diretamente 30 municípios.

Gilberto Jales esteve nos locais onde foram perfurados os poços 1, 3, 5 e 7. Além de conferir a obra de assentamento dos tubos da adutora. Cerca de 90% do assentamento de tubulação da adutora, num total de 20 quilômetros está concluída. Falta concluir a obra física da Estação Elevatória de Água Bruta, conclusão de casas para operação dos poços e subadutoras. Dos 12 poços, oito foram concluídos e mais quatro serão perfurados.

A obra tem o objetivo de reforçar a quantidade de água distribuída pela adutora Monsenhor Expedito. Os doze novos poços levarão água por subadutoras até a Estação Elevatória de Água Bruta. Desta estação por meio de adutora a água chegará até a Estação Elevatória 1, que fica próximo à Lagoa do Bonfim. Deste ponto ela é distribuída às cidades beneficiadas pela adutora.

A obra no valor de R$ 11 milhões é um convênio entre o Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos com o Banco Mundial dentro do Programa Semiárido Potiguar (PSP). Atualmente, a adutora Monsenhor Expedito tem sua captação de água na Lagoa do Bonfim e em outros oito poços já existentes.

Para o secretário Gilberto Jales a obra é de grande importância pela ampliação da oferta de água atendendo a uma população expressiva de 240 mil pessoas. A previsão de conclusão da obra é outubro deste ano. As cidades beneficiadas pela adutora são: Barcelona, Boa Saúde, Bom Jesus, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Ielmo Marinho, Jaçanã, Japi, Lagoa D´Anta, Lagoa de Pedras, Lagoa de Velhos, Lagoa Salgada, Lajes Pintadas, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Passa e Fica, Rui Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, São Bento do Trairí, São José de Campestre, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Tomé, Senador Elói de Souza, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serrinha, Sítio Novo e TangaráJuntamente com o secretário Gilberto Jales, participaram da visita técnicos do Programa Semiárido Potiguar e da Coordenadoria de Hidrogeologia (Cohidro) da Semarh. Além de representantes do Consórcio responsável pela obra formado pelas empresas Proseng, GM e Cesan, além de representantes da empresa supervisora da obra a Thecne.

Uma viagem de 45 anos é o tema do novo livro do médico Tarcísio Gurgel

Janela aberta para o mundo é o novo livro do médico e escritor Tarcísio Gurgel, que será lançado no próximo dia 28 de Janeiro, às 17 horas, na Livraria Siciliano do Shopping Midway Mall em Natal-RN. O livro, bilíngue – português e inglês – trata do ano que o autor passou nos Estados Unidos como estudante e das experiências que vieram em seguida. Ele mostra como conheceu outras partes daquele país, com o que traz importantes informações, orientações, vivências e fatos hilários que viveu no decorrer destes anos, que não são poucos: faz 45 anos que ele concluiu os estudos proporcionados através do intercâmbio do American Field Service.Com uma memória privilegiada e um senso de organização raro, o autor resgata momentos, fatos, informações e fotografias, que com o passar do tempo vão se revelando preciosidades, e que vale à pena ler e ver. Cada pagina da obra traz uma síntese madura e qualificada do pensamento sobre intercâmbio estudantil e os valores sociais e humanos que o autor tão bem soube adquirir e cultivar durante todas essas décadas. Trata-se de uma leitura que com certeza vai valer à pena.

Trata-se de uma espécie de viagem no tempo e no espaço, que começa com a narração sobre “West Chicago – Intercâmbio em Illinois, EUA (1965/1966)”; descreve em seguida como se sentiu “Vivendo nos EEUU – Uma experiência ímpar, singular, exclusiva e diferente”; fala sobre “O American Field Service (AFS) – Promovendo a formação do cidadão pleno”; detalha a “Convivência na Família Americana – Morando com a minha família norte-americana e estudando em West Chicago”; cita – “Letras de Saudade – As cartas que enviava e recebia – palavras de parentes e amigos”; e conta viagens que fez posteriormente ao ano do intercâmbio, a Denver, que descreve como “Um retorno emocionante e compensador”; Nova Iorque e Flórida (Miami, Kennedy Space Center e Disney World).

Tarcísio Gurgel tem 63 anos, é médico e perito aposentado do INSS. Em fins do ano passado foi aos EUA, onde, em West Chicago, lançou o livro para colegas de High School e foi orador da festa, que reuniu estudantes da época. Foi da segunda turma de brasileiros a participar do American Field Service – AFS. Foi intérprete no navio americano HOPE, que passou um ano em Natal, nos idos de 1971. Depois da viagem aos EUA, onde ficou um ano, tomou gosto por viagem e em todas as férias ou recesso está de mala na mão.

O autor já conhece mais de 50 países, de todos os continentes. Em suas viagens, viveu os episódios mais variados e surpreendentes. Na viagem mais recente, em Nova Iorque foi recebido pelo diretor do AFS, a quem entregou um exemplar do seu livro e deixou outros para a biblioteca. Em 2007, ao completar 60 anos, contava 32 países e lançou seu primeiro livro – Batendo asas, onde e como. Agora lança Uma janela para o mundo em português e inglês.

Sesap dá continuidade à implantação da Rede Cegonha no RN

O grupo condutor da implantação da Rede Perinatal (Rede Cegonha) no Rio Grande do Norte esteve reunido na manhã desta quarta-feira, dia 18, na Sede da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Na pauta da reunião o fechamento do Plano de Ação que será enviado ao Ministério da Saúde.

Cláudia Frederico, membro do Grupo Condutor, explica que os serviços existem de forma isolada, e a formação de uma rede fará com que eles trabalhem de forma interligada. “Desta forma a paciente será encaminhada para os serviços específicos de acordo com a sua necessidade e terá a assistência em todas as fases, desde a gestação até os dois primeiros anos de vida da criança, que é o período que engloba a Rede Perinatal”.

Das cinco fases previstas para implantação da Rede Cegonha, duas já foram cumpridas e outras duas estão em fase de conclusão. De início foi formado o grupo condutor e construída uma matriz diagnóstica, que elegeu a Região Metropolitana de Natal como área prioritária. “Foi determinada uma prioridade por ser a região que recebe a maior demanda, mas a atenção será voltada para todo o Estado”.

Na terceira e quarta fase estão sendo estabelecidos, junto com os municípios, em quais serviços serão investidos os recursos. A fase final será a da certificação feita por uma equipe enviada pelo Ministério da Saúde. A previsão é de que os recursos sejam liberados ainda este ano.