sexta,
Publicidade
x fechar anúncio
Previsão
“Se o orçamento para a Saúde neste ano não bastou, imagine em 2017”, disse Lucena
Para tentar remediar a situação, o parlamentar contou que está em reunião com os outros vereadores para conseguir um emenda de R$ 41 milhões
Reprodução
Vereador Fernando Lucena (PT)

A situação da Saúde em Natal é motivo de preocupação para o vereador Fernando Lucena (PT). Uma vez que neste ano o setor recebeu um orçamento de R$ 345 milhões e, ainda assim, passou por dificuldades, o parlamentar avalia que em 2017 a área sofrerá mais, já que o prefeito Carlos Eduardo (PDT) deseja implantar uma estimativa de R$ 275 milhões.

“Fizemos uma emenda coletiva proposta pelo Ministério Público da Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Comissão de Saúde, Sindsaúde e o secretário de Saúde. O orçamento de R$ 345 milhões que foi feito pela secretaria é de 2016. O prefeito mandou um orçamento para a Câmara de R$ 275 milhões para o ano que vem. Se neste ano não foi suficiente, imagine para o ano que vem com um corte de R$ 100 milhões. Será um caos total”, avaliou em entrevista concedida ao programa “Agora RN Live”, uma produção do Portal Agora RN.

Para tentar remediar a situação, o parlamentar contou que está em reunião com os outros vereadores para conseguir um emenda. “Estamos tentando um emenda de R$ 41 milhões da Comissão de Saúde com 21 assinaturas, mas temos informações de que os 29 vereadores vão assinar. A Câmara vai aprovar os cortes que fizemos, e se for para derrubar o veto, vamos derrubar. A Câmara de Natal tem que ser a casa do povo e tem que representá-lo neste momento muito difícil. Há uma previsão de que 30% das pessoas que perderam o plano de saúde vão migrar para o SUS. Vai haver uma demanda maior de 30% com a redução de mais de 40% do orçamento. É praticamente impossível se governar a saúde”, explicou o vereador.

Confira a entrevista com Lucena na íntegra abaixo: