quarta, 26 de abril de 2017
Orientação
Coordenador do Procon esclarece dúvidas sobre direitos do consumidor
Segundo Benavides, o maior índice de reclamações é em relação aos serviços prestados pelas TV’s por assinatura e contratação de serviços de telefonia
2
Reprodução
Cyrus Benavides, coordenador-geral do Procon

O coordenador-geral do Procon, Cyrus Benavides, falou, em entrevista ao “Agora RN Live”, produção do Portal Agora RN, sobre a atuação do órgão em 2016. Ele também aproveitou para comentar sobre os direitos dos consumidores, apresentou algumas das ações previstas para o início deste ano e ainda falou sobre as principais metas do órgão para o novo ano; dentre elas, resolver o máximo de processos que estão em andamento, e também, continuar aperfeiçoando a política de valorização do consumidor.

De acordo com o coordenador, “o consumidor de estado está bem mais esclarecido sobre seus direitos e como deve proceder, caso haja algum problema em relação a produtos e serviços ofertados”.

Em 2016, o órgão atendeu mais de 40 mil pessoas em todo o Rio Grande do Norte, um bom número segundo Cyrus. “Analisando esses números, podemos ver a importância da assistência do órgão juntamente a sociedade, com a realização de aberturas de processos, esclarecimentos e outros serviços disponibilizados pelo órgão”.

O Procon atua no auxílio ao consumidor nas compras de produtos ou contratação de serviços, a fim de ampará-los caso haja algum impedimento na prestação do serviço adquirido. “O órgão realiza a proteção do consumidor frente à grandes empresas, fazendo com que o mesmo não seja tenha nenhum prejuízo”.

Ao todo, 15 unidades do Procon estão espalhadas pelo estado, sendo 13 nos interiores e duas nas zonas Norte e Sul da Capital. Segundo Benavides, o maior índice de reclamações dos consumidores é em relação aos serviços prestados pelas TV’s por assinatura, seguidas pela contratação de serviços de telefonia.