Combate
Saúde de Parnamirim faz capacitação para projeto Resposta Rápida à Sífilis
Dados apresentados por Glauber Lucena durante o treinamento mostraram que até o dia 22 de agosto foram registrados 43 casos de sífilis adquirida
Assessoria de Imprensa
Treinamento foi realizado na Associação dos Moradores do Jockey Clube

A Prefeitura de Parnamirim promoveu uma capacitação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) que serão polos de atendimento para administração da penicilina benzatina – tratamento da Sífilis. O treinamento foi realizado na Associação dos Moradores do Jockey Clube com a participação de Gerlane Alves, coordenadora do IST/Aids; Chyrly Elidiane apoiadora do Ministério da Saúde no Projeto de Resposta Rápida à Sífilis nas Redes de Atenção e Glauber Lucena, da Vigilância Epidemiológica.

A UBS do Jockey Club será referência para o tratamento da Sífilis. De acordo com Gerlane Alves a descentralização na administração da penicilina benzatina se faz necessária porque o País vive um surto da doença. Dados apresentados por Glauber Lucena durante o treinamento mostraram que até o dia 22 de agosto foram registrados 43 casos de sífilis adquirida, 29 de sífilis gestante, 12 sífilis congênita, conforme fonte do Sinan.

O projeto “Resposta Rápida à Sífilis nas Redes de Atenção” é uma estratégia de cooperação técnica que envolve o Ministério da Saúde, Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte e a Organização Panamericana da Saúde (OPAS).

A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST), curável e de caráter sistêmico, causada pela bactéria Treponema Pallidum. A infectividade por transmissão sexual é maior (cerca de 60%) nos estágios iniciais (primária, secundária e latente recente), diminuindo gradualmente com o passar do tempo (latente tardia e terciária). Pode ser transmitida também da mãe para o feto, causando consequências, como aborto, natimorto, parto pré-termo, retardo do desenvolvimento neuropsicomotor, lesões de pele e malformações, com mortalidade em torno de 40% nas crianças infectadas. Segundo a OMS, a sífilis atinge mais de 12 milhões de pessoas em todo o mundo. Uma de suas manifestações mais danosa, a sífilis congênita, contabiliza 1,6 milhões de casos.

CRONOGRAMA DE CAPACITAÇÃO (Unidades Básicas de Saúde)

PRIMAVERA

10/09/2018

13h30 às 17H

PARQUE INDUSTRIAL

11/09/2018

13h30 às 17H

PASSAGEM DE AREIA I

13/09/2018

13h30 às 17h