sexta, 26 de maio de 2017
Incrível
Idoso recupera a visão após implante de seu próprio dente no olho
Cirurgia bizarra fez com que australiano voltasse a enxergar perfeitamente após anos vendo vultos
Divulgação
Entenda como é feito o implante de dente no olho

Uma cirurgia radical nunca antes realizada no Hemisfério Sul devolveu a visão a um australiano que já não podia enxergar há muitos anos. O paciente John Ings, de 72 anos, estava ansioso para poder ver sua esposa novamente depois de mais de uma década.

Uma cirurgia radical nunca antes realizada no Hemisfério Sul devolveu a visão a um australiano que já não podia enxergar há muitos anos. O paciente John Ings, de 72 anos, estava ansioso para poder ver sua esposa novamente depois de mais de uma década.

Ings, que vive em Goulburn, na Austrália, perdeu a visão do olho direito em um acidente, quando era criança, e passou a enxergar cada vez menos pelo olho esquerdo ao longo dos últimos 16 anos por causa de um vírus.

Mas, a cirurgiã buco-maxilo-facial Shannon Webber e o oftalmologista Greg Moloney uniram esforços para realizar o procedimento. O estranho procedimento nunca tinha sido realizado na Austrália e poderia resultar na cegueira completa de Ings, que ainda era capaz de enxergar vultos pelo olho esquerdo.

Como funciona?

Na primeira etapa da cirurgia, um dente e um pedaço do osso maxilar de Ings foram retirados. Em seguida, foi implantada uma lente no tecido retirado e o conjunto foi costurado no interior da bochecha do paciente.

Uma membrana mucosa foi costurada no olho do senhor, deixando-o completamente cego por três meses. Nesse tempo, o dente com a lente, que foi implantado na bochecha, criou seus próprios tecidos e foi irrigado por sangue.

Passados mais três meses, o dente foi retirado da bochecha e colocado no olho por baixo da membrana mucosa. Um buraco foi aberto no tecido para permitir a entrada de luz na lente,  fazendo com que o paciente voltasse a enxergar perfeitamente.

Até os médicos acharam o procedimento ousado quando souberam da ideia. “Parecia maluquice para nós também quando ouvimos falar pela primeira vez”, disse Webber. “É uma ideia bizarra, mas que funciona”.

Resultado

Quando finalmente pôde olhar para sua esposa pela primeira vez depois de tantos anos, Ings ficou emocionado e garantiu que valeu a pena o risco. “Voltar a ter boa visão valia o risco de perder o pouco que eu tinha”, disse.

John Ings agora pode enxergar perfeitamente por seu olho esquerdo e, mais do que nunca, percebe a sorte que tem. “Não costumamos valorizar a nossa visão. É preciso perdê-la para notar o quanto é importante”, concluiu.

 

 

Fonte: iG