Investimento
Restaurante Popular em Baraúna oferece 500 almoços à população por dia
São oferecidos 500 almoços diariamente e 10 mil por mês, pelo preço de R$ 1,00, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 11h às 14h, na rua Francisco Abreu Santiago, 552
Demis Roussos
População lota restaurante popular, em Baraúna

A 44ª unidade do Restaurante Popular foi inaugurada no município de Baraúna nesta terça-feira, 3. Esta é a vigésima unidade aberta na atual administração do Governo, representando um investimento de R$ 766.920,00 por ano. São oferecidos 500 almoços diariamente e 10 mil por mês, pelo preço de R$ 1,00, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 11h às 14h, na rua Francisco Abreu Santiago, 552, Centro.

“Quem sabe a importância destes programas é quem mais precisa, é a dona de casa, o trabalhador, que tem pouca renda e dificuldade para garantir sua alimentação diária”, disse o governador Robinson Faria.

O Programa Restaurante Popular existe para garantir a segurança alimentar da população mais necessitada. Possui outras 43 unidades no RN, em 29 municípios, e oferece por dia 30.189 almoços (603 mil por mês). Em Baraúna também funciona uma unidade do Café Cidadão, na Avenida Jerônimo Rosado, Centro, que serve diariamente 200 cafés da manhã (4 mil por mês).

No total, somando almoços, cafés e sopas, o programa de Segurança Alimentar do governo serve mensalmente 799.500 refeições.

A previsão do Governo do RN é inaugurar mais oito unidades até julho em Natal (Santos Reis e Quintas), Macaíba (Vila São José), Parnamirim (Passagem de Areia, Rosa dos Ventos), Caraúbas, Ceará-Mirim (Coqueiros) e Extremoz (Pitangui). Um aumento de 111 mil almoços por mês.

Além do Restaurante Popular, o programa de Segurança Alimentar do Governo do RN conta com 27 unidades do Café Cidadão em 21 municípios potiguares e oferece por dia 6.325 cafés da manhã (126.500 cafés por mês). A Sopa Cidadã conta com 10 unidades, em sete municípios e oferece por dia três mil sopas (cerca de 60 mil por mês).