sábado,
Conscientização
Prefeitura de Extremoz faz blitz e alerta sobre exploração sexual infanto-juvenil
Segundo a Secretaria de Assistência Social, cerca de 900 carros foram abordados pela equipe
Divulgação
Durante a blitz foram distribuídos mil kits contendo uma lixeirinha com folder informativo e adesivos da campanha

No Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), a Prefeitura de Extremoz parou o trânsito da cidade para alertar a população sobre o tema. Uma blitz foi montada na entrada do município pela Secretaria de Assistência Social para distribuição de folders informativos, lixeiras de automóveis com o tema da campanha, além de água mineral e picolés.

Durante a blitz foram distribuídos mil kits contendo uma lixeirinha com folder informativo e adesivos da campanha. Segundo a Secretaria, a equipe abordou cerca de 900 veículos, incluindo carros, motos e ônibus. Participaram da ação equipes do CRAS, CREAS, Bolsa Família, Assistência Social e Nasf. A blitz também contou com o apoio do Destacamento da Polícia Militar de Extremoz, Polícia Civil e agentes de proteção do Poder Judiciário.

A Prefeitura realizou uma semana de conscientização sobre o assunto. Denominada “É Tempo de Proteger!”, a campanha tratou do tema junto a professores, coordenadores pedagógicos, conselheiros tutelares, agentes de saúde e a população em geral.

A secretária-adjunta de Assistência Social de Extremoz, Andressa Kerley, avaliou a campanha como bem-sucedida uma vez que atingiu o objetivo principal de conscientizar a população. “Fazemos uma avaliação positiva da campanha, pois conseguimos atingir vários públicos, não só os professores, os agentes comunitários, os conselheiros tutelares, mas também a população em geral. Podemos dizer que este foi o grande momento da campanha, quando nós saímos à rua para chamar a atenção da comunidade sobre a prevenção ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil”, disse a secretária-adjunta.