Concessão
Em Baraúna, governo entrega abatedouro esperado há dez anos
Na construção do novo prédio Governo investiu R$ 668,9 mil; obras foram iniciadas em 2007, ficando paradas de 2008 a 2016, quando atual gestão fez nova licitação para conclusão
Rayane Mainara
Robinson Faria entregou abatedouro nesta terça-feira, 30

Foi entregue, nesta terça-feira, 30, o novo prédio do abatedouro de Baraúna, município da região Oeste com 25 mil habitantes e distante 322 quilômetros de Natal. Participou da solenidade o governador do estado, Robinson Faria.

Na construção do novo prédio o Governo do Estado investiu R$ 668,9 mil. As obras foram iniciadas em 2007, mas ficaram paradas de 2008 a 2016, quando a atual gestão fez nova licitação para a conclusão.

O prédio atende às normas técnicas vigentes e irá beneficiar toda a região Oeste. A capacidade de abate é de 30 animais por dia, entre bovinos, ovinos, caprinos e suínos.

“Este abatedouro vai beneficiar principalmente o pequeno pecuarista que agora terá a sua produção certificada, comprovada sua qualidade e poderá, inclusive, fornecer para os programas sociais do Governo, ampliando o mercado consumidor”, afirmou Robinson Faria.

A líder comunitária Ivanise Oliveira destacou que o abatedouro “vai estimular a cadeia produtiva da carne em nosso município e nossa região. Vamos dar qualidade ao nosso produto, apoio ao produtor e a população terá acesso a carne de qualidade garantida”, considerou, acrescentando que os pecuaristas tiveram reconhecidas suas necessidades e agora podem trabalhar mais organizados.

A obra é fruto de convênio entre o Governo do Estado, por meio da Emater-RN (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural), com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (atual Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário) e Prefeitura de Baraúna.

Oficialmente o abatedouro se chama Unidade de Processamento de Carnes de Baraúna e possui área administrativa, abatedouro, câmara frigorífica, equipamentos para processamento de carnes, banheiros, vestuário, bloco com compressor e caldeira, curral e uma lagoa para pré-tratamento do esgoto e da água utilizada no abatedouro.

Outros abatedouros

O Governo está executando mais sete obras de abatedouros em Angicos, Ceará-Mirim, Acari, Florânia, Pedro Avelino, São José do Seridó e Santa Cruz. E ainda está prevista a construção de mais onze abatedouros no Estado.

Abastecimento de água

Também em Baraúna, Robinson Faria visitou a implantação de sistemas de abastecimento de água na comunidade do Juremal. Ele destacou a importância para aquelas famílias que agora passam a ter água de qualidade perto de casa, para consumo e para a produção. “Serão beneficiadas 5.900 pessoas e 1.025 residências com água boa, tratada e de qualidade”, afirmou. O investimento no sistema de abastecimento é no valor de R$ 4,5 milhões e vai atender ainda as localidades de Campestre, Vertentes, Assentamento e Primavera, que atualmente dependem de carros-pipa. A obra está 80% executada.

Estrada do melão

O Governo do RN ainda está trabalhando para atender uma antiga reivindicação dos produtores rurais em Baraúna. A construção e pavimentação da estrada do melão, um investimento de R$ 16 milhões e que está com a licitação em fase de homologação.